Proteção SolarProtetor Solar

PROTETOR SOLAR RESISTENTE A ÁGUA: IMPORTÂNCIA E COMO USAR

Se você adora estar em contato com a água, seja em piscinas ou na praia, não há motivo para colocar sua rotina de proteção solar em risco, afinal, não há nada melhor do que não se preocupar com reaplicações de protetor solar não é mesmo?

protetor solar resistente a agua

Mas se você não tiver cuidado, mesmo um dia relaxante pode levar a queimaduras solares e danos à pele, que podem te deixar lutando contra as manchas ou rugas por anos futuros. Por sorte, há uma solução fácil: protetores solares resistentes à água. Continue lendo este post e entenda tudo sobre uma proteção solar completa sem a necessidade de reaplicações constantes!

Como funcionam os protetores solares?

A aplicação diária do protetor solar é um fator muito importante na preservação da saúde da pele, isso porque os raios solares podem trazer diversos prejuízos e danos à pele, tais como o envelhecimento precoce, surgimento de rugas, linhas de expressão e flacidez cutânea, vermelhidão e queimações, além de causar alguns tipos de manchas, como o lentigo solar e o melasma, e até mesmo o câncer de pele.

Os raios ultravioleta (UVA, UVB e UVC) emitidos pelo sol são os grandes causadores de malefícios para a pele. Para impedir que esses danos atinjam nossa pele, devemos utilizar protetores solares de qualidade, que dispõe de filtros (químicos ou físicos) que absorvem essa radiação UV, impedindo-os de penetrar em nossa pele e causar danos.

Qual a diferença entre raios UVB, UVA e UVC?

A radiação ultravioleta faz parte do espectro eletromagnético da luz emitida pelo sol, que pode ser separada em três categorias: UVA, UVB e UVC.

UVA

A radiação UVA é mais nociva, respondendo por 95% da radiação solar que atinge a superfície da terra, com comprimentos de onda maiores que a luz UVB e UVC, atingindo mais profundamente a pele, a chamada derme. Essa radiação chega até nós todos os dias, independentemente do clima, e afeta a pele desde o nascer do sol, causando danos ao DNA mesmo em ambientes fechados ou em escritórios com janelas com película. Os raios UVA podem causar envelhecimento precoce, manchas escuras e outras doenças, como câncer de pele.

UVB

Menos nociva que a UVA, a luz UVB, que responde por 5% da radiação do sol que atinge a superfície da terra, tem comprimento de onda menor que a dos raios UVA e penetra apenas na epiderme, camada mais superficial da pele. Esses raios se intensificam entre 9h e 17h, mas atingem apenas a superfície da pele e são a causa da conhecida queimadura solar.

UVC

Os raios UVC são mais curtos que os raios UVB, mas têm comprimentos de onda mais longos que os outros dois raios. Entretanto, essa radiação não atinge a pele, pois é 100% absorvida pela camada de ozônio.

Todo protetor solar é resistente a água?

Nem todos os protetores solares são resistentes a água. Muitos deles saem ao entrarmos em piscinas ou no mar, deixando a pele desprotegida e refém dos perigos dos raios do sol. O contato com a água, além da alta sudorese (suor excessivo), podem remover o protetor solar da nossa pele. Para que isso seja evitado, uma excelente opção são os protetores solares com resistência à água e ao suor, pois esses protetores, mesmo na presença de água, são capazes de aderir à pele e protegê-la por muito mais tempo. Dentre esses protetores, temos dois tipos:

Resistentes à água e ao suor: significa que ele consegue permanecer de forma eficaz na pele molhada, durante 40 minutos sem alteração do valor de FPS. Após esse tempo, o protetor pode sofrer uma alteração e perder até 50% do valor do seu FPS, se a exposição à água continuar.

Muito resistente à água e ao suor: significa que o protetor solar é capaz de permanecer de forma eficaz na pele molhada, por até 80 minutos na água, sem alteração de FPS. Após esse tempo, o protetor pode sofrer uma alteração e perder até 50% do valor do seu FPS, se a exposição à água continuar.

Melhores protetores solares resistentes a água

Entre tantos tipos de protetores solares da Ada Tina, alguns se destacam pelo seu diferencial de resistência a água. Entre eles estão o Normalize Solar Matte Intense FPS 80, um protetor solar ultra matificante criado especialmente para peles oleosas, que controla intensamente o brilho excessivo da pele com textura extrasseca e 12 horas de proteção solar, tudo isso com resistência à água.

Outro protetor solar capaz de resistir à água é o Biosole Fluid FPS 90, um produto anti-melasma e anti-manchas com ação antioxidante, muito resistente à água e ao suor, possuindo toque seco, não oleoso e textura leve com 12 horas de proteção solar.

+ Clique aqui e saiba a diferença entre protetor solar e filtro solar!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.