Categoria: Tipos de Peles

Por que é Importante Usar Protetor Solar em Pele Oleosa

Você já notou como sua pele tende a ficar mais oleosa durante os dias quentes? E como o rosto pode ficar significativamente mais brilhoso após um dia de exposição ao sol na praia? Se você possui pele oleosa e/ou acneica, é provável que já tenha tido dúvidas ou até mesmo receios em relação ao uso de protetor solar, com preocupações sobre o aumento da oleosidade ou surgimento de mais espinhas. No entanto, é fundamental ressaltar que a proteção solar desempenha um papel crucial na rotina de cuidados e tratamento para a acne.

Veja as dicas essenciais que preparamos para sanar essa questão.

O poder transformador do protetor solar na pele oleosa e acneica é inegável. Muitas vezes, as pessoas com esse tipo de pele hesitam em adicionar mais produtos à sua rotina de cuidados, temendo que possam piorar a condição já existente. No entanto, compreender a importância e os benefícios do filtro solar é crucial para alcançar uma pele saudável e protegida.

Quais características da pele oleosa/ acneica?

A pele oleosa e acneica é caracterizada pela produção excessiva de sebo e propensão a cravos, espinhas e outras formas de acne. A exposição solar sem proteção não só aumenta o risco de danos à pele, como também pode agravar esses problemas.

Quais os principais danos para a pele acneica/ oleosa sem proteção solar?

Primeiramente, os raios ultravioleta (UV) são uma das principais causas de danos à pele, podendo resultar em queimaduras solares, vermelhidão, descamação e até mesmo bolhas. Além disso, a exposição solar sem proteção ao longo do tempo pode levar ao envelhecimento precoce da pele, manifestado por rugas, linhas finas, manchas escuras (hiperpigmentação), melasma e perda de elasticidade.

Outro risco significativo é o aumento do desenvolvimento de câncer de pele, incluindo carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma. Os raios UV danificam o DNA das células da pele, o que pode levar ao crescimento descontrolado e à formação de tumores cancerígenos. O melanoma, em particular, é um tipo agressivo de câncer de pele que pode se espalhar rapidamente para outras partes do corpo, tornando essencial a proteção solar para prevenir sua ocorrência.

Além disso, a exposição solar sem proteção também pode agravar problemas dermatológicos existentes, como acne, rosácea e eczema. Os raios UV podem irritar a pele sensível e inflamar ainda mais essas condições, tornando-as mais difíceis de controlar e tratá-las.

É aqui que entra o papel fundamental do protetor solar:

Ao escolher um filtro solar adequado para pele oleosa/acneica, é essencial optar por produtos formulados para não obstruir os poros e não causar acne. Esses produtos oferecem uma camada protetora contra os raios ultravioleta do sol, prevenindo danos como queimaduras, manchas, melasma, efeito rebote e envelhecimento precoce da pele.

Os protetores solares da Ada Tina são formulados com ingredientes que ajudam no controle da oleosidade e tratamento da acne, proporcionando benefícios adicionais além da proteção solar. Utilizando a Tecnologia Solent®, traz em sua fórmula uma inovação proporcionando uma proteção solar mais duradoura e eficaz, com não somente 12 horas de proteção solar, mas com 12 horas de fotoestabilidade.

Esses produtos podem ajudar a manter a pele livre de brilho excessivo ao longo do dia e a reduzir a incidência de novas erupções acneicas.

3 Protetores Solar Ada Tina para peles oleosas/ acneicas

  1. Normalize Matte Intense FPS 50 é um protetor solar matte desenvolvido para pele mista e oleosa, que oferece 12 horas de proteção tripla. Ele é resistente ao sebo e ao suor, proporcionando um toque seco e um efeito matte prolongado ao longo do dia. Além disso, é capaz de controlar de forma intensa o brilho e a oleosidade da pele.
  2. Normalize Oil Control FPS 50 é um protetor solar para peles oleosas e com excesso de brilho, que controla a oleosidade o dia todo com toque extrasseco, deixando a pele sequinha e com menos oleosidade e brilho, além de 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade.
  3. Normalize Pore Control FPS 50 é um protetor solar para peles com acne, cravos, poros dilatados e oleosidade excessiva com toque extrasseco que deixa a pele sequinha, com menos brilho e poros contraídos o dia todo, além de 12 Horas de Proteção Solar e 12 horas de fotoestabilidade.

Além disso, os protetores Ada Tina, com tecnologia SOLENT, são testados segundo as normas COLIPA, padrão Europeu, e seguindo as normas ISO 24.442 e ISO 24.444, ambas reconhecidas pela ANVISA, e por isso são muito mais concentrados, sendo que 1 dedo basta para a proteção correta e adequada de todo o rosto – 1 dedo equivale a 1g do produto.

Informações de acordo com as normas europeias da COLIPA, reconhecida pela ANVISA.

Protetor Solar com Acabamento Matte para Pele Oleosa

Por que usar Efeito Matte na Pele Oleosa?

A pele oleosa é um tipo de pele caracterizada pela produção excessiva de óleo pelas glândulas sebáceas. Esse excesso de produção de óleo pode resultar em uma pele com brilho excessivo, poros dilatados e propensa a acne e cravos. Esse tipo de pele é comum em pessoas com uma predisposição genética, mas também pode ser influenciado por fatores como hormônios, clima e uso de certos produtos de cuidados com a pele.

O efeito matte, por outro lado, refere-se a um acabamento opaco e sem brilho na pele. Os produtos de cuidados com a pele e maquiagem com efeito matte são formulados para ajudar a controlar o excesso de oleosidade e proporcionar uma aparência mais uniforme.

Eles geralmente contêm ingredientes que ajudam a absorver o excesso de óleo e a manter a pele com uma aparência mais suave e mate ao longo do dia. O efeito matte é especialmente popular entre aqueles com pele oleosa, pois ajuda a minimizar o brilho indesejado e a manter a pele com uma aparência fresca por mais tempo.

Proteção Solar e Efeito Matte em um único Produto

Normalize Matte Intense FPS 50 é um protetor solar especialmente formulado para peles mistas a oleosas, oferecendo uma proteção completa e duradoura contra os raios UVA e UVB. Com sua tecnologia Solent®, ele proporciona uma tripla proteção solar por até 12 horas, incluindo resistência ao sebo e ao suor. Sua fórmula com Microssílicas Secativas absorve o excesso de oleosidade, proporcionando um efeito matte prolongado e toque super seco ao longo do dia. Além disso, sua textura leve e extrasseca é rapidamente absorvida pela pele, garantindo uma aplicação fácil e uma sensação confortável sem deixar a pele pegajosa.

Com 81% menos oleosidade na pele do rosto, Normalize Matte Intense FPS 50 é uma escolha ideal para aqueles que buscam um protetor solar com alta eficácia antioleosidade.

Sua fórmula oil-free e sua ação matificante intensiva garantem uma pele livre de brilho e um toque seco por horas a fio. Graças à sua tecnologia de fotoestabilidade, este protetor solar oferece uma proteção de longa duração, sem a necessidade de reaplicações frequentes ao longo do dia, mantendo a pele protegida e matte por mais tempo.

Além disso, os protetores Ada Tina, com tecnologia SOLENT®, são testados segundo as normas COLIPA, padrão Europeu, e seguindo as normas ISO 24.442 e ISO 24.444, ambas reconhecidas pela ANVISA, e por isso são muito mais concentrados, sendo que 1 dedo basta para a proteção correta e adequada de todo o rosto – 1 dedo equivale a 1g do produto.

Ficou com dúvida sobre qual seu Tipo de pele ?

Aqui na Ada Tina, oferecemos dermoconsulta online e gratuita com especialistas que realizam atendimento personalizado para cada tipo de pele e para qualquer pessoa. Basta enviar uma mensagem no WhatsApp: (11) 94373-0011.

Qual protetor solar ideal para cada tipo de pele?

Você conhece qual é o seu tipo de pele? No universo vasto dos cuidados com a pele, identificar suas características específicas é o primeiro passo para uma rotina de skincare eficiente. Neste guia, desvendaremos os diferentes tipos de pele e apresentaremos os protetores solares ideais para cada necessidade. Garanta uma proteção solar personalizada e potencialize a saúde e a beleza da sua pele. Vamos explorar juntos o caminho para uma pele radiante e bem-cuidada!

Quais os Tipos de Pele?

Entender o seu tipo de pele é o primeiro passo para escolher o protetor solar perfeito. Aqui estão alguns tipos comuns e suas características:

Pele Oleosa:

Tende a produzir mais óleo, resultando em um brilho excessivo.

Propensa a poros dilatados e acne.

Pele Mista:

Algumas áreas podem ser mais oleosas, como a área T (testa, nariz e queixo) enquanto outras permanecem equilibradas.

Textura mais uniforme em comparação com a pele oleosa.

Pele Acneica:

Propensa a acne e imperfeições.

Também pode ser oleosa ou mista.

Pele Seca:

Tende a sentir-se áspera e pode descamar.

Menos propensa a acne, mas pode ser sensível.

Pele Sensível:

Pode reagir facilmente a determinados produtos e condições ambientais.

Propensa a vermelhidão e irritação.

Compreender as características específicas da sua pele ajudará a escolher um protetor solar que atenda às suas necessidades individuais.

Protetor Solar Ideal para Cada Tipo de Pele

Escolher o protetor solar certo é essencial para uma rotina de skincare eficaz. Aqui estão algumas opções ideais para cada tipo de pele:

Pele Oleosa: Normalize Solar Oil Control FPS 50

Pele Mista: Biosole BB FPS 60

biosole BB
  • Protetor solar com cor, toque seco e aveludado.
  • Defesa 155% mais eficaz contra a Luz Azul e Visível.
  • Alto fator de proteção UVA, auxiliando na redução de manchas e melasma.
  • 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade.

Pele Acneica: Normalize Pore Control FPS 50

  • Controla a acne e reduz poros com eficácia antiporos comprovada.
  • Desenvolvido com Silicas Globulares para redução e disfarce de poros abertos.
  • 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade, com controle duradouro da oleosidade.

Pele Seca: Normalize Hydra Comfort FPS 90

  • Antimanchas solares e hidratante.
  • Textura leve, confortável e não oleosa.
  • Protege peles sensíveis ao sol, melasma e envelhecidas.
  • 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade.

Pele Sensível: Soleize Mineral FPS 66

Soleize Mineral
  • Protetor solar físico anti-melasma com textura mousse.
  • Ideal para peles com sensibilidade e sinais de vermelhidão
  • Muito alta proteção UVA e UVB, Luz Azul e Visível.
  • Cor universal adaptável, ideal para fototipos 1, 2, 3 e 4.
  • 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade.

Garanta a proteção perfeita para sua pele com a linha diversificada de protetores solares da Ada Tina, cuidadosamente formulados para atender às necessidades específicas de cada tipo de pele.

Guia Completo: Como Escolher o Protetor Solar Ideal para Seu Tipo de Pele

Para cuidar da pele é importante que, primeiramente, implemente a proteção diária como um ritual sagrado na sua rotina, não apenas com filtros solares, mas com roupas de proteção UV e hidratação a qual ajuda a manter a pele saudável. Confira as dicas que preparamos exclusivamente para vocês!

Dicas essenciais para o cuidado diário:

A importância do uso diário de protetor solar é crucial para preservar a saúde e a beleza da pele ao longo do tempo. Além de proteger contra os raios UV, que podem causar envelhecimento precoce e outros danos cutâneos, os protetores solares desempenham um papel vital na prevenção do câncer de pele. Ao optar pelos produtos de ADA TINA, você não apenas investe em uma alta defesa contra os efeitos nocivos do sol, mas também desfruta da tecnologia Solent®.

Essa inovação exclusiva oferece 12 horas de proteção solar contínua, eliminando a necessidade de reaplicações frequentes. Com essa abordagem avançada, os protetores solares de ADA TINA garantem uma defesa prolongada, permitindo que você aproveite o dia com tranquilidade, sabendo que sua pele está protegida de maneira eficaz. Faça da proteção solar diária uma parte essencial da sua rotina de cuidados com a pele, garantindo não apenas uma aparência radiante, mas também um escudo confiável contra os danos solares.

Além disso, o fator de proteção solar (FPS) é crucial; recomenda-se um FPS entre 30 e 50 para uso diário e um FPS mais alto para ambientes com alta exposição solar. Outro ponto importante é entender a diferença entre protetores físicos e químicos, compreendendo como cada tipo funciona e seus benefícios específicos.

Certifique-se de escolher um protetor solar de amplo espectro para proteção contra raios UVA e UVB, Considere também a textura e acabamento do protetor solar, optando por aquele que melhor se adapta à sua preferência e rotina, seja em gel, creme, loção ou spray.

Muitos protetores solares oferecem ingredientes adicionais, como antioxidantes e hidratantes, que podem agregar benefícios extras à sua pele. Não hesite em buscar orientação profissional, consultando um dermatologista para obter recomendações personalizadas. Essas etapas garantem que você escolha o protetor solar mais adequado para suas necessidades e garante uma proteção eficaz contra os danos causados pelos raios UV.

Pele saudável é pele protegida no verão

Durante o verão, é essencial adotar cuidados especiais com a pele para garantir sua saúde e beleza. Além da aplicação regular de protetor solar, é importante evitar a exposição direta ao sol durante os horários de pico, usar roupas leves e de algodão, e manter-se hidratado.

Após a exposição solar, é fundamental realizar cuidados pós-sol para ajudar a pele a se recuperar dos efeitos nocivos do sol. Isso inclui o uso de produtos calmantes e hidratantes, como loções ou géis pós-sol, que ajudam a acalmar a pele irritada e a repor a hidratação perdida. Além disso, é recomendável evitar esfoliações agressivas e tomar banhos mornos para não ressecar ainda mais a pele. Incorporar esses cuidados pós-sol à rotina de cuidados com a pele no verão ajuda a manter a pele saudável, radiante e protegida dos danos causados pela exposição ao sol.

*Além disso, os protetores Ada Tina, com tecnologia SOLENT, são testados segundo as normas COLIPA, padrão Europeu, e seguindo as normas ISO 24.442 e ISO 24.444, ambas reconhecidas pela ANVISA, e por isso são muito mais concentrados, sendo que 1 dedo basta para a proteção correta e adequada de todo o rosto – 1 dedo equivale a 1g do produto.

*Informações de acordo com as normas europeias da COLIPA, reconhecida pela ANVISA.

7 produtos ADA TINA que vão deixar sua pele espetacular

NORMALIZE OIL CONTROL FPS 50 PELE OLEOSA

Normalize Solar Oil Control FPS 50 é um protetor solar facial especialmente formulado para peles oleosas, com eficácia clinicamente comprovada de seis vezes mais antioleosidade. Ele proporciona uma ação imediata e duradoura, deixando a pele seca e sem brilho, além de oferecer 12 horas de proteção solar e fotoestabilidade. Sua fórmula contém Microssílicas Secativas, que combatem a oleosidade e proporcionam um toque seco prolongado, mantendo a pele sequinha ao longo do dia. Com a tecnologia Solent®, oferece uma proteção tripla contra raios UVA, UVB e Anti-UVA1 Longo, garantindo máxima proteção sem a necessidade de reaplicações frequentes.

BIOSOLE BB FPS 60 PELE MISTAS E NORMAIS COM IRREGULARIDADES E DIFERENÇA DE TONALIDADES 

Biosole BB FPS 60 é um protetor solar com cor e textura seca, oferecendo uma proteção muito elevada contra os raios solares UVA e UVB, além de uma defesa 155% mais eficaz contra a Luz Azul e Visível. Sua alta cobertura e fácil espalhabilidade garantem uma pele homogênea e uniforme, disfarçando eficazmente as imperfeições, incluindo manchas solares. Com toque seco e não oleoso, é indicado para todos os tipos de pele, proporcionando uma aparência mais lisa e saudável. A tecnologia Solent® garante uma proteção solar duradoura de 12 horas, enquanto o Difendiox® oferece uma potente ação antioxidante, protegendo contra o melasma, manchas escuras e envelhecimento precoce causado pelos raios UV. Desenvolvido em parceria com a Università di Pisa, na Itália, o Biosole BB FPS 60 deixa a pele radiante, rejuvenescida e livre de manchas.


NORMALIZE PORE CONTROL FPS 50 PELE ACNEICA E POROS ABERTOS

Normalize Solar Pore Control FPS 50 é um protetor solar especialmente formulado para peles acneicas e oleosas, com eficácia comprovada no controle da acne, redução dos poros e oleosidade. Desenvolvido com Silicas Globulares, reduz e disfarça os poros abertos, conferindo toque seco prolongado e resistência ao sebo. Com tecnologia Solent®, oferece uma proteção solar duradoura de 12 horas contra raios UVA, UVB e Anti-UVA1 Longo, deixando a pele sequinha, livre de oleosidade e brilho ao longo do dia.

BIOSOLE OXY FPS 85 MANCHAS E MELASMA

Biosole Oxy FPS 85 Ultra Proteção 15 Tipos de Manchas é um protetor solar recomendado para peles com manchas escuras e melasma de grau 1 a 4. Com sua fórmula enriquecida com Vitamina C, Niacinamida Concentrada e DIFENDIOX® Antioxidante, proporciona resultados clareadores visíveis em apenas 7 dias de uso. Além de oferecer uma alta proteção contra 15 tipos de manchas e fotoenvelhecimento, este protetor solar promove um clareamento progressivo da pele, deixando-a renovada, iluminada e radiante, enquanto protege contra os danos causados pelos raios UVB e UVA. Ideal para peles sensíveis ao sol, este produto proporciona uma aparência mais clara e protegida com o passar do tempo.


BIOSOLE AV FPS 50 ANTIENVELHECIMENTO E ANTIOXIDANTE

O Biosole AV FPS 50 é um protetor solar anti-idade e antioxidante que protege o DNA e o colágeno tipo I e III da pele. Além de proporcionar uma aparência mais jovem com aumento da firmeza da pele e redução de rugas, ele protege contra as radiações UVA, UVB e infravermelho (calor), combatendo o fotoenvelhecimento e prevenindo rugas, manchas e flacidez. Desenvolvido em parceria com a Università di Pisa, na Itália, sua fórmula exclusiva protege também contra os danos causados pela luz azul e visível, deixando a pele radiante, firme e protegida contra os sinais do envelhecimento precoce.

SOLEIZE MINERAL FPS 66 PELES SENSIBILIZADAS

Soleize Mineral FPS 66 é um protetor solar físico com cor, formulado com filtros minerais para proporcionar uma proteção eficaz contra os raios UVA, UVB, Luz Azul e Visível. Com textura mousse, efeito matte e toque seco, este protetor previne manchas escuras e melasma, oferecendo 12 horas de proteção solar e fotoestabilidade.

Sua cor universal adaptável torna-o ideal para uma ampla gama de fototipos, enquanto sua textura leve e matificante se adapta facilmente a diferentes tipos de pele, uniformizando o tom e proporcionando um efeito natural e instantâneo.

Além disso, oferece uma dupla proteção solar mineral, utilizando micro partículas minerais para absorver e refletir os raios solares, tornando-o indicado para peles delicadas, sensíveis, com rosácea ou vermelhidão, assim como após procedimentos estéticos e dermatológicos.Com benefícios adicionais como ação antioxidante, proteção contra luz azul e visível, cobertura natural e efeito iluminador, este protetor solar não apenas protege, mas também uniformiza e rejuvenesce a pele, reduzindo linhas de expressão e proporcionando uma aparência mais jovem e saudável.

Manchas na Pele e Protetor Solar para Peles Sensíveis: Opções e Recomendações

A busca por uma pele saudável e radiante é uma jornada única para cada pessoa, especialmente para aqueles com peles sensíveis. No universo dos cuidados com a pele, a proteção solar desempenha um papel crucial, não apenas na prevenção de danos causados pelos raios UV, mas também na minimização do risco de irritações e manchas. Neste guia, exploraremos a melhor opção de protetor solar da Ada Tina, desenvolvidos especialmente para peles sensíveis. Descubra como garantir uma pele protegida, sem comprometer a delicadeza que ela merece.

O que causa as manchas na pele?

As manchas na pele podem ser desencadeadas por uma variedade de fatores, sendo a exposição solar desprotegida uma das principais vilãs. Para pessoas com peles sensíveis, a situação pode se agravar, uma vez que a intolerância a certos ingredientes pode contribuir para irritações e hiperpigmentação. Além da radiação UV, outros elementos como inflamações, reações alérgicas e alterações hormonais também podem influenciar na formação de manchas. Nesse cenário, é fundamental escolher cuidadosamente os produtos de skincare, especialmente o protetor solar, que desempenha um papel crucial na prevenção dessas marcas indesejadas.

O que são as peles sensíveis?

As peles sensíveis caracterizam-se por uma resposta reativa a diversos estímulos, tornando-se propensas a irritações, vermelhidão e desconforto. Essa sensibilidade pode ser causada por fatores genéticos, condições ambientais adversas, como exposição excessiva ao sol ou vento, ou o uso inadequado de produtos cosméticos. Indivíduos com peles sensíveis muitas vezes enfrentam desafios ao encontrar produtos de skincare, pois ingredientes agressivos podem desencadear reações indesejadas. No contexto do protetor solar, é essencial escolher formulações especificamente desenvolvidas para peles sensíveis, visando minimizar o risco de irritações e manchas.

Qual a importância do protetor solar para peles sensíveis?

Para peles sensíveis, o uso de protetor solar não é apenas uma medida de prevenção contra os danos causados pelos raios solares, mas também uma necessidade para minimizar o risco de irritações e manchas. A sensibilidade cutânea torna a pele mais suscetível a reações adversas, tornando essencial escolher cuidadosamente os produtos de proteção solar. Protetores solares formulados especificamente para peles sensíveis oferecem uma barreira eficaz contra os raios UV, ao mesmo tempo em que incorporam ingredientes suaves que ajudam a acalmar a pele propensa a irritações. A exposição solar sem proteção pode desencadear respostas inflamatórias em peles sensíveis, contribuindo para o surgimento de manchas e vermelhidão. Portanto, investir em protetores solares especialmente desenvolvidos para atender às necessidades específicas de peles sensíveis é um passo crucial para garantir uma rotina de cuidados com a pele que promova a saúde e evite potenciais desconfortos. Na Ada Tina, reconhecemos a importância de cuidar das peles sensíveis, oferecendo opções de proteção solar que equilibram eficácia e suavidade para uma experiência positiva e protetora.

Melhor protetor solar Ada Tina para peles sensíveis

Descubra o Soleize Mineral FPS 66, um protetor solar 100% mineral especialmente formulado para atender às necessidades das peles sensíveis. Com uma textura mousse que proporciona um efeito matte e toque seco, este protetor solar conta com filtros minerais que oferecem muito alta proteção UVA e UVB, além de proteção contra Luz Azul e Visível. Prevenindo manchas escuras e melasma, o Soleize Mineral FPS 66 destaca-se por suas 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade da tecnologia Solent®.

Soleize Mineral Fps 66

O Soleize Mineral FPS 66 apresenta uma cor universal adaptável, tornando-o ideal para fototipos 1, 2, 3 e 4. Sua dupla proteção solar mineral utiliza micropartículas que absorvem e refletem os raios solares, proporcionando uma defesa prolongada para a pele. Indicado para peles sensíveis e delicadas, como as propensas a rosácea, e ideais para uso pós-procedimentos estéticos ou dermatológicos, como laser, microagulhamento, peeling, depilação e tatuagem. Sua fácil espalhabilidade, toque macio e aveludado complementam a experiência sensorial deste protetor solar. Além disso, ele incorpora a poderosa combinação de DIFENDIOX® e a tecnologia Solent®, reforçando sua eficácia na proteção e cuidado da pele sensível.

Cuidados com a Pele Oleosa e Acneica Durante a Menstruação

A acne é, também, uma condição desencadeada por variações hormonais que ocorrem em momentos específicos da vida. 

Durante a puberdade, tanto os meninos quanto as meninas passam por um aumento na produção de testosterona, resultando em desequilíbrio hormonal, excesso de produção de sebo na pele, poros obstruídos e o desenvolvimento de espinhas. 

Mulheres passam por oscilações hormonais em diferentes fases da vida, como no período menstrual, após interromper o uso de pílulas anticoncepcionais, durante a gravidez e na perimenopausa e menopausa. 

O tratamento da acne hormonal pode ser abordado com tratamentos tópicos específicos. Para mulheres, uma opção eficaz é o uso da pílula anticoncepcional oral, que reequilibra os hormônios, promovendo uma pele mais limpa.

IMPACTO DOS HORMÔNIOS NO SURGIMENTO DA ACNE

O óleo na superfície da pele, conhecido como sebo, é controlado por hormônios, principalmente andrógenos como a testosterona. Quando esses hormônios predominam em relação a outros, como estrogênio e progesterona, a pele produz mais sebo, obstruindo os poros e criando condições favoráveis para o crescimento de bactérias, resultando em inflamação, cravos e espinhas.

DISTÚRBIOS HORMONAIS EM DIFERENTES FASES DA VIDA

  1. ACNE DURANTE A ADOLESCÊNCIA:

Aumento da testosterona durante a puberdade afeta meninos e meninas, desencadeando o desenvolvimento de características sexuais secundárias e o aumento da produção de sebo.

  1. ESPINHAS ANTES DA MENSTRUAÇÃO:

Variações hormonais mensais durante o ciclo menstrual podem levar ao surgimento de espinhas. Até 85% das mulheres adultas relatam piora nas espinhas nos dias anteriores à menstruação.

  1. MOTIVOS PARA ESPINHAS ANTES DA MENSTRUAÇÃO:

Na semana anterior à menstruação, a produção de sebo aumenta devido a alterações hormonais. Os níveis de estrogênio caem, permitindo que a testosterona predomine, resultando em poros obstruídos e ambiente propício para o surgimento de espinhas.

  1. ACNE DURANTE A GRAVIDEZ:

O primeiro trimestre pode apresentar uma acne mais severa devido às oscilações hormonais. No entanto, a pele geralmente melhora ao longo da gravidez devido às mudanças nos níveis relativos de estrogênio e progesterona.

  1. MENOPAUSA E SURGIMENTO DE ESPINHAS:

No período da menopausa, a redução dos níveis de estrogênio pode estimular a produção de sebo, levando ao surgimento de acne.

  1. TRATAMENTOS PARA ACNE HORMONAL:

O uso da pílula anticoncepcional é eficaz no controle de espinhas, neutralizando os efeitos dos andrógenos na pele. A pílula reduz a produção de sebo, minimizando poros obstruídos e espinhas.


ps: No entanto, é importante notar que o uso de pílulas anticoncepcionais para o controle da acne deve ser feito sob a supervisão e prescrição de um profissional de saúde. Cada pessoa pode reagir de maneira diferente aos medicamentos, e é crucial considerar outros fatores de saúde ao decidir sobre a utilização da pílula anticoncepcional para fins além da contracepção.

Cuidados essenciais para uma pele saudável na TPM.

Lavar o rosto de maneira apropriada com produtos específicos para peles oleosas e acneicas representa um dos cuidados fundamentais com a pele durante esse período.

É viável reduzir o aparecimento de cravos e espinhas durante a TPM com alguns cuidados adicionais. O primeiro deles é familiar: higienizar o rosto com um sabonete adequado ao seu tipo de pele e, de preferência, utilizando água fria. Essa etapa do ritual de beleza ganha ainda mais relevância nesse momento, contribuindo para regular a oleosidade cutânea. Caso prefira, busque por produtos que contenham ácido salicílico em sua composição, uma substância com propriedades secativas que pode auxiliar no tratamento das imperfeições faciais.

Dado que a pele torna-se mais sensível durante a TPM, é crucial remover a maquiagem com produtos mais suaves.

Com cravos e espinhas mais proeminentes devido à TPM, é compreensível sentir o desejo de camuflar as imperfeições com maquiagem. Contudo, é importante ressaltar que, devido à sensibilidade aumentada da pele no período pré-menstrual, retirar a maquiagem antes de dormir assume uma importância ainda maior, é crucial limpar bem a pele com produtos bons para evitar que obstrua os poros e piore a pele. Para evitar agressões à pele, evite produtos que contenham álcool em sua composição e opte por alternativas de limpeza mais suaves, como a água micelar.

Uma alimentação equilibrada pode contribuir para melhorar a aparência da pele durante a TPM.

Quem nunca experimentou uma forte vontade de consumir doces durante a TPM? Esse anseio é desencadeado pela queda nos níveis de serotonina, o hormônio do bom humor. No entanto, chocolates e outros petiscos podem estimular um aumento na produção de óleo na pele, e consequentemente, aumentando as espinhas e cravos. Dado que a alimentação exerce influência na aparência da pele, torna-se ainda mais crucial adotar refeições balanceadas nesse período! Evitar alimentos processados, como laticínios, açúcares e óleos, auxilia no controle da produção de sebo na pele. Buscar por alimentos ricos em magnésio, que ajudam a aliviar os sintomas da TPM, é uma recomendação valiosa.

Durante esse período, aumente a ingestão de água.

Beber água deve ser uma prática diária para alcançar uma pele mais saudável e bonita, especialmente durante os períodos marcados pelos efeitos da TPM. A hidratação é essencial para controlar a oleosidade da pele, além de ser crucial para o adequado funcionamento do organismo.

Para um bom controle de acne e espinhas, é indicado um protocolo de skincare completo, desde a tonificação com um tônico que retire todas as impurezas da pele, e tenha algum tipo de ácido. Até a lavagem com sabonetes específicos para esse tipo de pele, o tratamento com séruns anti-acne, e a matificação com um hidratante matificante com sílicas secativas.

Qual é o melhor hidratante facial para pele oleosa com efeito matte?

No universo da skincare, encontrar o hidratante facial perfeito para pele oleosa com efeito matte pode ser um desafio, mas a Ada Tina, pioneira em inovações para a saúde da pele, apresenta uma resposta eficaz. Neste guia, exploraremos os benefícios do efeito matte e como conquistar a matificação desejada enquanto nutre e equilibra a sua pele com o melhor hidratante facial para pele oleosa. Prepare-se para desvendar os segredos de uma pele radiante, livre do excesso de oleosidade e com um toque suave e aveludado.

Quais as características da pele oleosa?

A pele oleosa é caracterizada por uma produção excessiva de óleo, conhecido como sebo, pelas glândulas sebáceas. Essas glândulas, responsáveis por lubrificar a pele, podem se tornar hiperativas e superprodutivas, resultando em um brilho mais pronunciado, especialmente na zona T (testa, nariz e queixo), onde são mais concentradas. Além do brilho, a pele oleosa frequentemente apresenta poros dilatados, propensão à acne e, paradoxalmente, pode sofrer com a desidratação.

Encontrar produtos adequados para controlar a oleosidade, sem comprometer a hidratação, é essencial para manter o equilíbrio e garantir uma pele saudável e radiante. O desafio é oferecer uma hidratação eficaz que não aumente a produção de óleo, proporcionando uma sensação de frescor e um efeito matte duradouro. Portanto, escolher produtos formulados especificamente para pele oleosa, como os desenvolvidos pela Ada Tina, é fundamental para uma rotina de cuidados eficaz e equilibrada.

E a pele mista?

A pele mista é uma combinação intrigante de características da pele oleosa e seca ou normal, apresentando desafios únicos de cuidados com a pele. Geralmente, a zona T tende a ser mais propensa à oleosidade, enquanto outras áreas do rosto podem manifestar sinais de ressecamento. Essa dualidade requer uma abordagem equilibrada para garantir que as necessidades de todas as regiões sejam atendidas adequadamente.

A complexidade da pele mista vai além da observação superficial, envolvendo um entendimento profundo das necessidades específicas de cada parte do rosto. Controlar o brilho excessivo na zona T sem desidratar as áreas mais secas é o desafio que enfrentamos ao escolher os produtos adequados. A busca pelo equilíbrio se torna uma jornada delicada, e é aqui que produtos formulados para peles mistas e oleosas desempenham um papel essencial.

O que é o efeito matte e qual a sua importância para pele oleosa?

No universo dos cuidados com a pele, o termo “efeito matte” tornou-se uma referência essencial, especialmente para aqueles que enfrentam o desafio constante da pele oleosa. Mas afinal, o que é o efeito matte e por que ele desempenha um papel crucial na busca por uma pele impecável?

O efeito matte refere-se a uma textura que proporciona um acabamento opaco e sem brilho à pele. Para quem lida com a oleosidade excessiva, esse efeito se torna um aliado valioso, pois ajuda a controlar o resplendor indesejado ao longo do dia. Essa característica não apenas confere um visual mais uniforme e suave, mas também contribui para a durabilidade da maquiagem, evitando o temido brilho excessivo que pode comprometer a aparência.

A importância do efeito matte vai além da estética. Ele se traduz em conforto e confiança para quem busca manter a pele oleosa ou mista sob controle. Ao optar por produtos formulados com esse efeito, é possível desfrutar de uma sensação duradoura de frescor, sem se preocupar com a oleosidade prejudicando a maquiagem ou causando desconforto ao longo do dia.

Os hidratantes faciais com efeito matte da Ada Tina apresentam uma solução inteligente e eficaz para atender às necessidades específicas da pele oleosa. Formulados com ingredientes avançados, como Zinco PCA e Niacinamida, esses produtos não apenas fornecem a hidratação necessária, mas também controlam o brilho excessivo, oferecendo uma experiência completa de cuidados com a pele. A presença de Zinco PCA ajuda a normalizar a secreção sebácea e reduzir a proliferação das bactérias que podem causar a acne, enquanto a Niacinamida ajuda a controlar a oleosidade excessiva, resultando em uma pele equilibrada e livre de brilho excessivo. Descubra como incorporar o poder do efeito matte, enriquecido por esses ingredientes, pode transformar a maneira como você vive e aprecia a jornada em direção a uma pele oleosa impecável.

Pele oleosa precisa de hidratação?

Sim, a pele oleosa também precisa de hidratação, e encontrar o hidratante facial certo pode fazer toda a diferença. Ao contrário do mito comum de que a pele oleosa não precisa de hidratação, ela precisa ser adequadamente hidratada para manter o equilíbrio natural. A falta de hidratação pode levar a um aumento na produção de óleo, já que a pele tenta compensar a falta de umidade. Optar por um hidratante facial específico para pele oleosa, como os oferecidos pela Ada Tina, ajuda a controlar a oleosidade, fornecendo a hidratação necessária sem obstruir os poros. Esses produtos são formulados para equilibrar a pele, proporcionando uma sensação de frescor e mate, sem comprometer a saúde e o aspecto geral da pele oleosa.

Qual é o melhor hidratante facial para pele oleosa com efeito matte?

O Depore Mat Extreme da Ada Tina se destaca como o melhor aliado para quem busca um hidratante facial para pele oleosa com efeito matte. Este gel creme ultra matificante é projetado para proporcionar resultados rápidos e eficazes. Em apenas 10 minutos, sua fórmula inovadora, enriquecida com a Tecnologia de Tripla Ação Secativa e Zinco PCA, reduz significativamente a oleosidade da pele, oferecendo um toque seco e aveludado.

Depore Mat Extreme

A tecnologia ultra matificante do Depore Mat Extreme combina três tipos de sílicas secativas, Zinco PCA e Niacinamida, atuando sinergicamente para controlar a oleosidade, tanto presente quanto prevenindo o excesso de secreção sebácea. Além disso, seu efeito secativo imediato proporciona uma pele mais sequinha e uniforme, controlando poros dilatados.

Com toque seco, oil-free e confortável, este gel hidratante não apenas matifica a pele, mas também reduz poros de forma contínua, deixando-a mais equilibrada, sem brilho excessivo e uniforme. Se você busca um produto eficaz para peles oleosas, acneicas e com poros dilatados, o Depore Mat Extreme é a escolha ideal para conquistar uma pele matificada, saudável e com poros controlados.

Como identificar peles sensíveis? Um guia para reconhecer e cuidar adequadamente

A pele sensível pode apresentar sintomas como vermelhidão, irritação, coceira e até descamação. Esses sinais podem gerar dúvidas e incertezas sobre a natureza da sua pele, mas entender se você possui pele sensível pode ser o primeiro passo para uma rotina de skincare mais adequada. Continue lendo e compreenda melhor a sua pele.

O Que é uma Pele Sensível?

A pele sensível é um tipo de pele que pode se manifestar desde a infância até a velhice. Caracterizada por uma maior suscetibilidade a vermelhidão, irritação, inflamação e ressecamento, a pele sensível possui uma barreira cutânea mais frágil em comparação com outros tipos de pele. Essa barreira é crucial para proteger a pele de reações alérgicas, irritações e infecções, além de manter a hidratação. Vale ressaltar que a pele sensível pode coexistir com outros tipos de pele, como oleosa, seca, mista ou normal.

Como Saber se Tenho Pele Sensível?

Se você perceber pequenas alterações irritativas durante atividades comuns, como lavar o rosto, aplicar hidratante ou protetor solar, como ardência, coceira, pele repuxada, vermelhidão ou espessamento da pele, esses podem ser indícios de que sua pele é sensível. Esses sinais de irritação podem indicar uma reatividade maior da sua pele a diversos fatores ambientais e cosméticos.

Além disso, a pele sensível pode manifestar-se não apenas por meio desses sintomas imediatos, mas também por uma propensão maior a reações alérgicas, inflamações crônicas e até mesmo o surgimento de condições dermatológicas específicas, como eczema, rosácea ou psoríase. É importante observar essas reações ao longo do tempo e, se os sintomas persistirem ou se agravarem, buscar a orientação de um dermatologista.

Diferença entre Pele Sensível e Sensibilidade Temporaria

É essencial compreender a distinção entre pele sensível e sensibilizada temporariamente. Enquanto a pele sensível é um tipo de pele, a sensibilização temporária é um estado causado por fatores externos e é uma condição passageira. Banhos quentes, exposição solar excessiva, uso excessivo de produtos de skincare de má qualidade e com a presença de substâncias tóxicas, ou até mesmo procedimentos estéticos podem levar à sensibilização temporária. A suspensão temporária do uso desses produtos e a observação da melhora dos sintomas podem indicar que a pele estava temporariamente sensibilizada.

Como prevenir a pele sensível?

Para evitar as manifestações de pele sensível, deve-se ter 4 cuidados fundamentais:

-Acalmar a pele

-Restaurar a barreira de proteção da pele

-Equilibrar novamente o microbioma

-Ter uma rotina de skincare focada em peles sensibilizadas

Cuidados Adequados para Pele Sensível

Uma abordagem cuidadosa e personalizada é essencial ao lidar com a pele sensível. Optar por produtos desenvolvidos exclusivamente para peles sensíveis é crucial para evitar possíveis irritações e reações adversas. Esses produtos costumam ser formulados com ingredientes suaves e hipoalergênicos, proporcionando uma experiência de cuidado suave e eficaz. Além disso, a aplicação diária de protetor solar com alto FPS, especialmente +50, é uma etapa fundamental na rotina de cuidados para peles sensíveis. Escolher protetores solares especialmente projetados para atender às necessidades dessas peles é uma medida preventiva que ajuda a proteger contra os danos causados pelos raios UV, mantendo a pele sensível resguardada e minimizando o risco de reações indesejadas. Ao incorporar produtos específicos e a aplicação diligente do protetor solar na sua rotina diária, você contribui para uma pele mais saudável e protegida contra os desafios do ambiente externo.

Melhores produtos para peles sensíveis

Descubra os melhores produtos formulados para acalmar e cuidar delicadamente das peles mais sensíveis:

Sérum B12 Ultra Reparador

Sérum B12

É o 1º sérum com Vitamina B12 Pura de uso diário que acalma a pele e reduz a vermelhidão já na 1ª aplicação, graças à alta concentração de vitamina B12 Puríssima que reforça a barreira cutânea da pele, reduz os sinais de inflamação, acalma a pele e hidrata profundamente dia após dia. Indicado para todos os tipos de pele para reparar e proteger contra os danos do cotidiano, reduzindo os sinais de desconforto e ardência também na rosácea, psoríase e pós procedimentos dermatológicos.

Sérum Bright Peptide

Bright Peptide

Sérum Daily Use que combina a Novíssima Tecnologia de Peptídeos Ultra Clareadores somada à potência da Niacinamida Ultra Concentrada e do Ácido Hialurônico de baixíssimo peso molecular, criando assim uma sinergia completa com potente ação iluminadora que penetram profundamente na pele deixando-a mais radiante e com melhor aparência, com resultados percebidos já na 1ª aplicação. Seu uso diário previne manchas solares, clareia manchas da acne e da idade e mantém a pele sempre iluminada. Bright Peptide pode ser usado diariamente por todos os tipos e tons de pele, desde a pele mais clara até a pele negra, inclusive pela manhã antes da aplicação do protetor solar.

Biosole Extreme FPS 99

biosole extreme fps99

É um protetor solar com Tecnologia Solent®, exclusiva da ADA TINA, assegura tripla proteção altamente duradoura para a pele. Com extrema eficácia de 12H de proteção UVA, UVB e Tinosorb® M Anti-UVA1 Longo, além de também contar com 12 horas de fotoestabilidade. Isso porque, sua combinação sinérgica de filtros solares intensamente fotoestáveis garantem máxima proteção para a pele sem que sejam necessárias tantas reaplicações ou retoques durante o dia, salvo em contato com água ou sudorese intensa. Além disso, os protetores solares ADA TINA são muito mais concentrados!* A aplicação de apenas 1 dedo, equivalente a 1g de produto, é suficiente para proteger todo o rosto e atingir o FPS declarado na embalagem do produto, ou seja, para conseguir a proteção exata e perfeita!

* Informações de acordo com as normas europeias da COLIPA, reconhecida pela ANVISA.

Soleize Mineral FPS 66

Soleize Mineral Fps 66

Soleize Mineral FPS 66 com cor é um protetor solar físico e anti-melasma, formulado com filtros minerais e muito alta proteção anti UVA e UVB, luz azul e visível, com cor universal adaptável que previne e cobre manchas escuras e melasma. indicado para as peles mais delicadas, como as peles com rosácea, peles sensibilizadas e com sinais de vermelhidão, além de possuir a tecnologia Solent ® de 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade. Também protege o DNA com Ação Anti-idade, Contra Luz Azul e Visível e auxilia no Clareamento da Pele.

5 hábitos do dia a dia que podem causar espinhas

5 hábitos do dia a dia que podem causar espinhas

Você sabia que alguns hábitos podem causar espinhas na sua pele? Confira no texto a seguir 5 hábitos do dia a dia que podem causar espinhas!

1. A mão suja no rosto

As nossas mãos carregam bactérias o tempo todo. Agora imagina essas mãos em contato com o seu rosto. 

Pois é, essas bactérias que vão para o seu rosto através das suas mãos podem sim causar espinhas, infecções ou irritações. Por isso é sempre bom se policiar, pois quando você fica com a mão no rosto por muito tempo, acaba entupindo os poros e gerando assim acne (espinhas).

2. Fazer esfoliação com a pele suja

Quando você esfolia a sua pele sem limpá-la antes, você está empurrando a sujeira para dentro dela através da esfoliação, o que pode gerar inflamação, lesões e consequentemente espinhas.

Por isso, antes de esfoliar a pele faça a limpeza com um sabonete, gel ou água micelar.

3. Cutucar a pele

Parece elementar, mas espremer espinhas é prejudicial para a pele, pois promove a disseminação da inflamação, além de  provocar cicatrizes e mais  lesões.

Além disso, se você espremer a espinha com a pele e as mãos sujas, as bactérias podem entrar na lesão, aumentando ainda mais a inflamação e deixando o local mais dolorido e inchado.

4. Não limpar a pele devidamente

O cuidado com a limpeza da pele é fundamental, a falta desse hábito pode provocar o aumento da oleosidade da sua pele causando mais inflamação e espinhas. Porém se atente ao exagero, limpar a pele excessivamente pode causar o temido efeito rebote.

Higienizar a pele duas vezes ao dia, pela manhã e à noite, é o ideal e suficiente.

5. Toalhas e travesseiros: sempre limpos!

Existem pessoas que até reservam uma toalha específica para a pele do rosto, além de trocá-la regularmente, e isso faz total sentido! Desta forma a concentração de bactérias não se acumula e não se transfere para a sua pele.

E a mesma coisa vale para fronhas de travesseiro, principalmente para quem tem cabelo e pele oleosos, trocar a fronha pelo menos uma vez por semana é fundamental para evitar bactérias e consequentemente as espinhas.

Passo a passo da skincare para peles oleosas e acneicas

A limpeza da pele oleosa e acneica é talvez o passo importante na rotina e cuidados da pele oleosa, além de ser essencial para mantê-la saudável e controlar a produção excessiva de óleo na pele. 

Algumas dicas para a limpeza da pele oleosa incluem:

  • Lavar o rosto duas vezes ao dia com um gel de limpeza específico para esse tipo de pele;
  • Evitar produtos com álcool ou outros ingredientes secantes, pois eles podem agravar a oleosidade da pele ao invés de ajudar a controlar;
  • Usar um bom um tonificante sem álcool após lavar o rosto, isso ajuda a equilibrar o pH da pele e a remover resíduos de maquiagem ou sabão.

O gel de de limpeza da Ada Tina  para peles oleosas e acneicas limpa e purifica profundamente sem ressecar a pele. Com pH fisiológico e fórmula inovadora livre de sabão, Depore Concentrate é rico em Ácido Sebácico e Zinco com ação matificante e antioleosidade. 

Séruns para skincare de pele oleosa e acneica

Os séruns são uma ótima opção para quem tem pele oleosa, pois são mais concentrados do que os hidratantes convencionais e oferecem resultados mais efetivos, além de resultados surpreendentes. Indicados para o tratamento de problemas de pele como acne, manchas, rugas e linhas de expressão.

Os séruns próprios para as peles oleosas contém ingredientes específicos para controlar a produção de óleo, esses podem ser ácido salicílico e a niacinamida por exemplo. Além disso, eles também podem conter vitaminas e antioxidantes para proteger a pele contra os danos causados pelo sol e também pelo envelhecimento.

Aplica-se o sérum logo após a limpeza da pele e ela precisa já estar seca. 

Para aplicar, basta colocar uma pequena quantidade nas pontas dos dedos e massageá-lo suavemente na pele, pois esse veículo cosmético possui uma ótima espalhabilidade. Mas atenção, a aplicação em excesso pode piorar a oleosidade da pele, por isso use exatamente o indicado na embalagem.

Além disso, escolher um sérum adequado para a pele oleosa faz toda a diferença, e essa escolha pode ser feita aqui na Ada Tina, com o X-Peel Acne Pore Peeling, conheça logo abaixo.

X-Peel Acne Pore Peeling

sérum

X-Peel Acne Pore Peeling é um peeling antiacne e anti oleosidade em sérum, formulado com uma exclusiva combinação de alfa-hidroxiácidos AHA e beta-hidroxiácidos BHA, que em sinergia, reduzem em 85% a acne, cravos, poros, oleosidade e o brilho excessivo da pele, além de estimular a renovação celular, deixando-a livre de acne, cravos, brilho e oleosidade.

Protetor solar para skincare de pele oleosa

O uso de protetor solar é essencial para todos os tipos de pele, incluindo a pele oleosa. 

Aqui estão algumas dicas para escolher o protetor solar ideal para pele oleosa:

  • Escolha um protetor solar com FPS alto (50 ou mais), pois isso ajuda a proteger a pele dos danos causados pelos raios UV emitidos pelo sol;
  •  Opte por protetores solares oil-free, afinal eles não obstruem os poros e evitam o surgimento de espinhas;
  •  Procure protetores solares com textura leve e fórmula enriquecida com ingredientes hidratantes e matificantes.

Não se esqueça de escolher um protetor solar que se adapte ao seu tipo de pele, eficaz para protegê-la contra os danos causados pelo sol. 

O uso regular e diário do protetor solar pode ajudar a prevenir manchas, envelhecimento precoce da pele e outros problemas relacionados à exposição solar.

Nossa dica fica para a linha Normalize da Ada Tina, que possui uma variedade de protetores solares especialmente formulados para peles oleosas.

Normalize Extreme Protection FPS 99 – Especialmente formulado para peles oleosas – Textura leve e toque seco

Pensado e formulado especialmente para peles oleosas Normalize Extreme Protection  FPS 99 conta com um incrível toque seco e uma textura levíssima que não pesa na pele.

Mesmo com um fator de proteção solar (FPS) alto, esse poderoso protetor solar consegue deixar a pele sequinha quando aplicado no rosto, pois seu toque não é oleoso, não é pegajoso e não estimula a produção de sebo na pele. Sendo ideal também para as peles mistas e acneicas, pois sua formulação rica em sílicas matificantes não pesa na pele deixando-a com acabamento invisível.

normalize extreme protection FPS 99

Passo a passo para manter a pele negra radiante e saudável!

Confira o passo a passo para manter a pele negra radiante e saudável!

A pele negra possui maior quantidade de melanina, proteína que age como proteção natural para a pele. No entanto, este tipo de pele também precisa de cuidados diários para se manter saudável e radiante.

Listamos no texto abaixo todos os cuidados necessários para manter sua pele sempre em dia com a saúde e beleza, confira!

Quais são as características da pele negra?

A pele negra possui mais melanina, que é a responsável pela nossa pigmentação. E esse fator isolado já é por si só um motivo para o uso do protetor solar diariamente neste tipo de pele, pois, a maior produção de melanina pode causar a hiperpigmentação (manchas).

Na pele negra a fotoproteção natural pode chegar a 13.4, mas, apesar disso, a pele negra também possui mais oleosidade e com isso está mais sujeita a algumas condições, por isso, precisa sim de cuidados especiais e proteção extra para se manter saudável, radiante e livre de manchas. A radiação solar é um agressor real da pele, inclusive da pele negra.

Portanto, nada de pular o protetor solar na sua rotina de skincare, ok? A proteção é essencial para todos os tipos de pele.

Já falamos ali em cima que, justamente por possuir mais melanina, a pele negra acaba tendo mais facilidade de sofrer com melasma  e outras manchas, que podem ser agravadas com a exposição solar sem proteção adequada. E além disso, a tendência à oleosidade da pele negra também vai favorecer o surgimento da acne, mas acaba amenizando os sinais do envelhecimento. 

A pele negra  também tem menor incidência de doenças, como o câncer de pele, quando comparada aos demais fototipos.

Quais são os tipos de manchas na pele negra?

As manchas que podem se formar na pele negra são diversas.Vamos conferir as mais comuns logo abaixo.

  • Manchas da acne: as espinhas e os cravos podem deixar a pele negra com manchas de acne depois que ela desaparece. Isso acontece, pois no local onde a acne se formou ocorre uma pequena inflamação, e como vimos acima, inflamações  formam manchas em peles de fototipos mais altos. O ideal é tentar evitar espremer a área para que a situação não piore;
  • Foliculite: a foliculite geralmente deixa uma vermelhidão em peles mais claras, porém na pele negra ela pode resultar em uma pele manchada. A foliculite, como já vimos por aqui, é uma pequena infecção dos bulbos dos pelos que pode melhorar sozinha ou necessitar de tratamento, dependendo da gravidade;
  • Melasma: essa é a mancha mais comum em todos os tipos de pele. Porém, o melasma na pele negra pode ser ainda mais evidente. As manchas podem acontecer devido à exposição ao sol sem proteção adequada, e por ser uma pele com maior quantidade de melanina, a hiperpigmentação pode acontecer com maior facilidade.

Afinal, qual o passo a passo para manter a pele negra radiante e saudável!

protetor solar

Assim como todos os outros tipos de pele, a pele negra também precisa de uma rotina de cuidados para radiante e, principalmente, saudável. E proteger a pele é o segredo?

Sim, mil vezes sim, não cansamos de frisar que a proteção solar diária é fundamental para a saúde de qualquer tipo de pele!

Montamos um protocolo de rotina de cuidados com a pele negra para que você possa manter a radiância e saúde da sua pele sempre em dia, confira a seguir!

1. Limpeza

Por ser mais oleosa, a pele negra necessita de uma limpeza diária para evitar a formação da acne.

E para esse primeiro e importante passo, recomendamos o Depore Concentrate da Ada Tina, um gel de limpeza para peles oleosas e acneicas que limpa e purifica profundamente sem ressecar. Com pH fisiológico e fórmula inovadora livre de sabão e rico em Ácido Sebácico e Zinco, Depore Concentrate possui ação matificante e anti oleosidade.

2. Hidratação e tratamento

Por ser oleosa, o ideal é optar por uma hidratação livre de óleo e, com a presença de ativos em sua fórmula que vão além de manter a pele hidratada, também tratar inclusive as manchas. É extremamente necessário fazer a recuperação da barreira cutânea (hidratação) da pele. E para esse passo indicamos o sérum de tratamento da marca Ada Tina Clarivis Nia 10. Sérum clareador, anti manchas, ultra concentrado, formulado com Niacinamida Pura 10% + Ácido Hialurônico, rico em agentes de permeação que previne, trata e clareia manchas escuras, melasma grau 1, sardas, imperfeições e manchas de acne.

3. Proteção solar

Como dissemos até mais de uma vez aqui neste texto, mesmo com mais resistência à exposição solar por conta da maior concentração de melanina, a negra também necessita de fotoproteção. 

Quem possui este fototipo de pele precisa usar protetor solar diariamente, mesmo em dias nublados ou quando está em ambientes fechados.

Neste passo recomendamos o protetor solar FPS 99 da Ada Tina Biosole Extreme. Protetor solar com máximo bloqueio anti-melasma, 12HS de proteção UV, com Tinosorb® M Anti-UVA1 Longo. Biosole Extreme FPS 99 previne manchas, melasma e fotoenvelhecimento. Além de possuir toque seco, não oleoso, textura leve e invisível, podendo assim ser usado por todos os tipos e tons de pele. Desde o fototipo 1 até o  6.

Finalizando nossas dicas de passo a passo para manter a pele negra radiante e saudável, indicamos a hidratação corporal. Isso porque, apesar de a pele negra apresentar oleosidade na pele do rosto, ela pode ter características de ressecamento e descamação (aparência esbranquiçada) na pele do corpo.

Manter a hidratação tomando água diariamente também vai ajudar no viço e saúde da sua pele!

Como a mudança do clima afeta a pele?

A mudança do clima afeta a pele?

A saúde e a aparência da nossa pele são diretamente afetadas pelas mudanças no clima, principalmente nas trocas de estações.

Entenda mais como o clima pode influenciar na pele e como mantê-la saudável e bela durante o ano todo, confira!

A mudança do clima afeta a pele

A pele pode ser afetada de diversas maneiras pelas mudanças do clima, seja frio ou calor, e os efeitos causados podem ser sentidos através da sensibilidade, hidratação e capacidade da renovação celular.

Algumas mudanças podem ser sentidas instantaneamente conforme as variações da temperatura e da umidade, interferindo em como a pele vai reagir aos estímulos, podendo ficar mais oleosa ou mais ressecada, por exemplo, duas das principais consequências que as mudanças climáticas causam na pele.

Quando as mudanças do clima acontecem bruscamente, o pH da pele fica desequilibrado, e assim ela fica mais sensível e exposta a reações como acne e vermelhidão. A barreira de proteção cutânea fica enfraquecida e se torna mais exposta à poluição e outros fatores externos.

Outros fatores que afetam a pele

A pele pode ser afetada por fatores internos, como o estresse diário e alimentação desequilibrada, e por fatores externos, como a radiação solar por exemplo, além dos fatores climáticos e a poluição.

Esses fatores somados à genética e a forma como cada pele reage às agressões sofridas no dia a dia podem influenciar no surgimento de manchas, flacidez e rugas.

A pele também sofre com a ação dos radicais livres, que a modificam drasticamente o DNA

promovendo o envelhecimento precoce.

A ação dos radicais livres geralmente está ligada a fatores como alimentação e, também, a exposição aos fatores decorrentes das mudanças climáticas.

Fatores que alteram o clima artificialmente, como o ar-condicionado, por exemplo, também interferem na saúde da pele. Neste caso em específico, devido a baixa umidade do ar, a pele fica mais ressecada a ponto do rosto descamar em alguns casos.

O mesmo pode ocorrer diante do uso dos aquecedores.

Verão e inverno, como fica o ressecamento da pele?

O ressecamento da pele pode acontecer tanto em estações mais quentes quanto nas que possuem dias mais frios.

Nossa pele fica ressecada no inverno pela baixa umidade do ar e queda da temperatura que acabam inibindo nossa transpiração corporal. Por isso, naturalmente a nossa pele fica mais seca.

Com as quedas de temperatura, naturalmente os banhos ficam mais quentes o que torna o ressecamento uma realidade.

Quando tomamos banhos muito quentes, ocorre uma remoção da oleosidade da nossa pele diminuindo a barreira cutânea, responsável por manter a hidratação natural da pele.

Outros sintomas comuns podem surgir junto com o  ressecamento, esses são as coceiras e irritações na pele. Esses sintomas aparecem de forma mais agressiva em peles alérgicas e sensíveis. 

Capriche na hidratação da pele, tome banhos mornos e mais rápidos para evitar que a pele resseque muito na estação mais fria do ano.

No verão, pode também ocorrer o ressecamento da pele chegando até à descamação, isso vai acontecer devido a exposição aos raios solares sem proteção adequada.

O sintoma mais comum dessa época quente do ano é a oleosidade, pois há perda na concentração de água, decorrente da exposição aos raios solares. Assim fazendo com que haja mais produção de óleo para mantê-la hidratada.

Por isso, é de extrema importância tomar bastante líquido e investir em uma boa hidratação e proteção solar durante as estações quentes.

Como cuidar da pele durante o ano todo?

produto para hidratar a pele

A mudança do clima afeta a pele direatmente.

Por isso é importante tratar e cuidada da pele diariamente durante todo o ano para que sinta menos os impactos das mudanças bruscas de temperaturas.

Listamos alguns produtos Ada tina que vão cuidar da sua pele todos os dias!

Confira abaixo!

Produtos Ada Tina para peles oleosas

Depore Concentrate é um gel de limpeza para peles oleosas e acneicas. Limpa e purifica profundamente sem ressecar a pele com pH fisiológico e fórmula inovadora livre de sabão e rico em Ácido Sebácico e Zinco com ação matificante e antioleosidade.

X-Peel Acne Pore Peeling é um peeling clareador anti acne em sérum, formulado com uma combinação sinérgica de AHA e BHA, que reduz e previne a acne, cravos, poros dilatados e imperfeições, clareando inclusive as manchas de acne e iluminando a pele.

Normalize Pore Control FPS 50 é um protetor solar para peles com acne, cravos, poros dilatados e oleosidade excessiva com toque extrasseco que deixa a pele sequinha, com menos brilho e poros contraídos o dia todo, além de 12 horas de proteção solar e fotoestabilidade.

Produtos Ada Tina para peles ressecadas

Compative Hyalo Micellare é uma água micelar purificante com 8 tipos de ácido hialurônico anti-idade e textura não oleosa que remove a maquiagem e os resíduos do dia a dia, além de limpar, purificar, refrescar, equilibrar e tratar a pele em profundidade.

HYALO 90 é um Sérum de Ácido Hialurônico ultra preenchedor e ultra hidratante rico em micropartículas de ácido hialurônico puríssimo que penetram na pele mais de 90%, associado aos minerais azuis da malaquita pedra preciosa, com 21 minerais antioxidantes para a pele.

O Biosole Hyal FPS 60 é um protetor solar preenchedor com ácido hialurônico e DIFENDIOX® antioxidante, que promove alta proteção contra o envelhecimento da pele como rugas, linhas de expressão e melasma, combatendo até 12 tipos de rugas com textura leve e não oleosa, além de 12 horas de alta proteção solar.

Qual a melhor marca de vitamina C para pele do rosto?

A Vitamina C é um poderoso ativo importantíssimo para a saúde da pele e do corpo, capaz de auxiliar na produção natural de colágeno, proteína que dá firmeza e sustentação para a pele.

Mas, qual a melhor marca de vitamina C? Confira no texto a seguir!

Vitamina C poderoso antioxidante

Conhecida principalmente por sua ação antioxidante, a Vitamina C além de dar firmeza para a pele, traz benefícios também aos cabelos, unhas e até articulações. Se a produção de colágeno reduz, começam a aparecer rugas, linhas de expressão e flacidez na pele.

Por sua ação antioxidante, a Vitamina C neutraliza a ação dos radicais livres, protegendo a pele e mantendo a produção natural do colágeno.

Além disso, a Vitamina C também é muito potente e usada no tratamento de manchas, inclusive as derivadas do melasma, pois possui ação inibidora da hiperpigmentação (produção excessiva de melanina).

O uso da Vitamina C nos dermocosméticos deixa a pele livre de manchas, mais iluminada, mais uniforme e mais jovem.

Esse poderoso ativo também potencializa os efeitos do filtro solar.

Sobre os benefícios da Vitamina C

vitamina C

A pele naturalmente tem o poder de regeneração, mas fatores externos do dia a dia, como os maus hábitos alimentares, exposição ao sol sem proteção adequada, estresse e poluição acabam auxiliando a ação dos radicais livres que prejudicam a saúde do corpo e da pele: degradam o colágeno, aceleram o envelhecimento precoce e promovem o surgimento manchas e linhas finas.

Por isso, usar diariamente um antioxidante poderoso como a  Vitamina C Puríssima, com poder de penetração profundo e eficaz, que promove a proteção contra as agressões dos radicais livres e auxilia na prevenção dos sinais do envelhecimento precoce é a melhor escolha para manter uma pele linda e saudável.

Entre os inúmeros benefícios que a Vitamina C pode oferecer para a pele do rosto estão:

  • Combate contra a ação dos radicais livres;
  • Clareia manchas e uniformiza o tom da pele;
  • Clareia manchas derivadas do melasma;
  • Suaviza as rugas e marcas de expressão;
  • Ajuda na produção do colágeno, responsável pela firmeza da pele;
  • Potencializa os efeitos do filtro solar;
  • Hidrata e proporciona luminosidade para a pele;

Agora, imagina todos esses benefícios da Vitamina C em uma marca, ADA TINA!

pure c 40

A Vitamina C encontrada nos produtos ADA TINA na linha PURE C é a mais potente no mercado, pois possui 2x mais vitamina C pura!

Com agentes clareadores poderosíssimos e substâncias de poder antioxidante que impedem a hiperpigmentação da pele e agem na proteção das células contra a ação dos radicais livres, a Vitamina C ADA TINA é capaz de retardar o processo de manchas escuras, rugas e linhas de expressão já existentes.

Além disso a Vitamina C ADA TINA:

  • É DESENVOLVIDA ESPECIALMENTE PARA A PELE BRASILEIRA: por ser um país tropical e consequentemente mais quente, quem vive no Brasil é diariamente exposto a uma grande quantidade de radiação solar, causando danos cumulativos na pele, acelerando o envelhecimento da pele e gerando manchas ao longo dos anos. E por isso, os produtos com Vitamina C ADA TINA são ideais para as peles brasileiras, clareando manchas e garantindo firmeza e jovialidade para a pele.
  • POSSUI BENEFÍCIOS INCRÍVEIS PARA O ROSTO: Além de clarear intensamente as manchas na pele, a Vitamina C encontrada nos produtos ADA TINA evita o envelhecimento precoce por sua síntese de colágeno, combate aos radicais livres e corrige rugas e linhas de expressão. Tudo isso deixando a pele mais iluminada, uniforme e bonita.

Os produtos com Vitamina C da ADA TINA também trazem: 

1. Verdadeiro poder de transformação da pele

2. Resultados rápidos e visíveis

3. Qualidade até a última gota

4. Eficácia

5. Ampla absorção da Vitamina C Pura

CHOCOLATE AUMENTA A ACNE?

Quem nunca ouviu que chocolate aumenta a acne não é mesmo? 

Mas, será que é verdade?

Vamos desvendar essa pergunta de uma vez por todas aqui neste texto, confira!

Quais os efeitos do chocolate na pele?

Você já ouviu falar sobre os efeitos do chocolate na pele? 

Já falamos inclusive por aqui o quanto uma alimentação equilibrada é importante para a saúde não só do nosso corpo, mas também da nossa pele.

O consumo excessivo de alimentos com alto índice glicêmico e gordurosos influenciam e muito na saúde e principalmente na aparência da pele.

Os alimentos com alto índice glicêmico aumentam a produção de sebo, deixando assim a pele mais oleosa. 

Mas, afinal, o chocolate aumenta a acne ou não?

O chocolate é um alimento gorduroso e  normalmente possui um alto índice glicêmico, por tanto, os efeitos do chocolate na pele podem sim provocar o  aumento da acne.

Uma vez que esse tipo de alimento pode ocasionar a produção excessiva de sebo na pele, e consequentemente potencializar o aparecimento de cravos e espinhas.

pele com acne

Porém, o chocolate não é um vilão isolado da pele.

Segundo a SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) o consumo de doces e outros alimentos gordurosos e derivados de leite também podem aumentar a produção de sebo e deixar a pele mais oleosa, agravando a acne de pessoas que já possuem essa predisposição.

Mas calma, o chocolate contém muitos benefícios para a saúde!

Os riscos que o chocolate pode trazer para a saúde e para a pele estão restritos às variações mais gordurosas desse alimento tão querido.

É bom evitar o consumo de chocolates de baixa qualidade, hidrogenados, trufas e bombons, por exemplo, ao invés disso, dê preferência para o consumo de chocolates amargos, com uma maior concentração de cacau.

Mas atenção, mesmo para os chocolates mais saudáveis é aconselhável o consumo em pequenas quantidades.

O consumo consciente do chocolate amargo e de qualidade pode trazer benefícios como:

  • Mais energia, ajuda na circulação sanguínea além da sensação de bem-estar devido a liberação de serotonina, conhecido como o hormônio da felicidade.

Quais efeitos o consumo excessivo de açúcar pode causar na pele além da acne?

O consumo excessivo de açúcar leva o organismo ao processo de glicação, uma reação em que os carboidratos, como a glicose, se unem definitivamente com proteínas, assim como a elastina e o colágeno, e desse jeito, esses carboidratos danificam e deixam as proteínas do tecido cutâneo desestabilizadas. 

Essas proteínas então se quebram e tornam a pele mais flácida e com perda significativa de elasticidade, consequentemente acelerando os efeitos do envelhecimento precoce e o aparecimento de rugas e linhas finas de expressão.

Como prevenir os efeitos do açúcar?

Evitar o consumo excessivo de alimentos com alto índice glicêmico, tais como: massas, doces e refrigerantes.

A substituição de carboidratos simples por carboidratos integrais também é de extrema importância, por exemplo, troque alguns dias na semana pelo menos o arroz branco pelo integral, o pão francês por grãos e se puder exclua o açúcar refinado de suas refeições.

Quanto mais naturais os alimentos, mais substâncias antioxidantes podem ter, e isso trará saúde e beleza para a sua pele.

Os alimentos antioxidantes ajudam a neutralizar a ação dos radicais livres, responsáveis pelos danos às células, que por consequência causam o envelhecimento precoce.

4 Melhores produtos com vitamina C para a pele do rosto

Confira aqui a lista dos 4 melhores produtos com Vitamina C !

Que a vitamina C traz inúmeros benefícios para a pele do rosto a gente já sabe, mas quais os melhores produtos que podemos usar para usufruir das vantagens que esse ativo nos traz?

Vitamina C para pele do rosto

Um potente antioxidante, a vitamina C é um ativo dermatológico que traz inúmeros benefícios para a pele.

Encontrada em séruns, mousses clareadores e protetores solares, a vitamina C trata a pele, pois age na pele contra a ação dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e aparecimento de linhas finas de expressão, além de tornar a pele mais uniforme e iluminada.

O uso desse poderoso ativo na rotina de cuidados com a pele trará benefícios para a saúde da sua pele, e assim também para a beleza.

Benefícios da Vitamina C

vitamina c

Uma pele mais clara, jovem, saudável e iluminada serão as consequências do uso contínuo de produtos com Vitamina C, mas quais os principais benefícios do uso da vitamina C para a pele do rosto?

  • Ação clareadora;
  • Traz brilho natural e ilumina a pele;
  • Evita o envelhecimento precoce;
  • Combate a ação dos radicais livres;
  • Reduz marcas finas de expressão;
  • Uniformiza a pele

4 melhores produtos com Vitamina C para a pele do rosto

Vimos todos os benefícios que a Vitamina C pode trazer para a pele do rosto, mas quais os 4 melhores produtos com Vitamina C para a pele do rosto?

Confira abaixo o Top 4 melhores produtos com Vitamina C Ada Tina.

TOP 4 melhores produtos com VITAMINA C ADA TINA

  • 1° PURE C 40 Ultra Clareador
  • 2° PURE C 20 Hyalo Clareador
  • 3° PURE C 20 SÉRUM
  • 4° PURE C FPS50

PURE C 40 Ultra Clareador

pure c 40

Pure C 40 Ultra Clareador é o primeiro mousse concentrado com duas vezes mais Vitamina C Purissima e Ácido Hialurônico de Baixíssimo Peso Molecular.

Para uso especialmente noturno é formulado para clarear intensamente a pele com máxima eficácia anti manchas e anti melasma, inclusive manchas resistentes decorrentes do envelhecimento precoce, assim deixando a pele mais clara, uniforme e iluminada, com primeiros resultados após 30 dias de uso.

Esta poderosa máscara mousse clareadora atua também no rejuvenescimento da pele, aumentando a firmeza e a elasticidade, reduzindo os sinais de envelhecimento precoce.

Além de deixar a pele com aspecto até 10 anos mais jovem, proporcionando assim uma pele mais jovem.

PURE C 20 HYALO CLAREADOR

pure c 20

Pure C 20 Hyalo Clareador é um mousse com 20% de Vitamina C pura para o rosto, com ácido hialurônico preenchedor que rejuvenesce e ilumina a pele, além de combater 8 tipos de rugas, reduzindo linhas de expressão e melhorando os sinais do envelhecimento em 21 dias de uso.

Este poderoso mousse de Vitamina C também vai clarear manchas escuras, pois trata melasma grau 1, grau 2 e grau 3.

PURE C 20 Sérum

pure c sérum

Um potente sérum clareador, o Pure C 20 Sérum é formulado com vitamina C 20% estabilizada e concentrada que não arde na pele.

É altamente indicado para o clareamento do melasma grau 1,2 e 3, manchas solares e manchas escuras na pele, além das manchas derivadas da acne.

Poderosíssimo o Pure C 20 Sérum clareia intensamente, além de uniformizar o tom da pele e reduzir bolsas, olheiras escuras e profundas quando utilizado duas vezes ao dia, deixando a pele mais clara, uniforme, com menos manchas, mais jovem e iluminada a cada dia de uso.

PURE C FPS50

pure c fps

Protetor solar para o rosto, o Pure C FPS 50 contém Vitamina C e Niacinamida em alta concentração capaz de clarear a pele do rosto com eficácia anti-idade, anti-sinais e rejuvenescedora. Pure C FPS 50 possui ação rejuvenescedora.

Acne hormonal, o que é e como tratar?

Alguns sinais mostram que a acne é hormonal, vamos descobrir quais são esses sinais e como lidar com esse tipo de acne.

Confira!

Afinal, o que é acne hormonal?

Como o próprio nome insinua, a acne hormonal é provocada pela alteração hormonal. Assim, essas alterações provocadas pelos hormônios são capazes de produzir algumas alterações no corpo, como alterações de humor e funcionamento metabólico.

É no meio dessas alterações do corpo que surgem as acnes hormonais, isso porque uma das consequências de tanta mudança no metabolismo pode ser a oleosidade da pele.

É comum que esse tipo de acne apareça na gravidez, quando há ingestão de anticoncepcionais e ainda mais comuns na adolescência e nos períodos menstruais.

Apesar de ser comum na adolescência, esse tipo de acne é bem comum entre mulheres de 20 a 40 anos.

É comum o aparecimento de cravos ou comedões, pontos pretos ou brancos que surgem na pele como resultado da obstrução dos poros, sobretudo por um excesso de sebo.

Os cravos são típicos da acne hormonal na adolescência atingindo cerca de 80% dos adolescentes, justamente pelo aumento da atividade hormonal dessa fase.

As pápulas vermelhas são o resultado da infecção dos cravos na pele que quando inflamam, ficam vermelhos e aumentam de tamanho, formando assim as espinhas que muitas vezes são bem dolorosas.

Como saber se a acne é hormonal?

acne

Alguns sinais aparecem e mostram que a acne pode estar relacionada aos hormônios.

Esse tipo específico de acne tem características bem comuns e próprias, e por isso identificá-las pode ser um processo simples onde apenas o exame clínico pode ser o suficiente.

A acne hormonal aparece geralmente no interior da pele do rosto.

Sendo assim uma acne que pega mais a região das bochechas, do pescoço e mandíbula, dificilmente vão aparecer na testa.

Suas principais características são inflamações nítidas na pele, nódulos e lesões avermelhadas, incômodas e bem doloridas algumas vezes. 

E como tratar a acne hormonal?

Podemos tratar a acne hormonal de forma a garantir uma pele saudável e uniforme.

Geralmente a melhor forma de se tratar esse tipo específico de acne é através de hormônios com uso de anticoncepcionais e algum medicamento que irá diminuir os efeitos desses hormônios na pele.

Normalmente são os hormônios masculinos que derivam esse tipo de acne.

Assim, não adianta tratar a acne hormonal apenas como uma acne comum, pois os resultados não serão bons.

Dessa forma, ter o diagnóstico de um especialista é o começo de um bom tratamento contra a acne hormonal.

Mesmo fazendo uso de medicamentos específicos, a acne hormonal também necessita de uma rotina de skincare própria para essa condição. A rotina de skincare com produtos específicos vai equilibrar a pele enquanto o medicamento equilibra a parte hormonal. Assim os bons resultados serão alcançados!

Produtos Ada Tina para peles acneicas

produto ada tina

Depore Concentrate é um gel de limpeza para peles oleosas e acneicas que limpa e purifica profundamente sem ressecar a pele com pH fisiológico e fórmula inovadora livre de sabão e rico em ácido sebácico e zinco com ação matificante e antioleosidade.

X-Peel Acne Pore Peeling é um peeling clareador anti acne em sérum, formulado com uma combinação sinérgica de AHA e BHA, que reduz e previne a acne, cravos, poros dilatados e imperfeições, clareando inclusive as manchas de acne e iluminando a pele.

Normalize Pore Control FPS 50 é um protetor solar para peles com acne, cravos, poros dilatados e oleosidade excessiva com toque extrasseco que deixa a pele sequinha, com menos brilho e poros contraídos o dia todo, além de 12 horas de proteção solar e fotoestabilidade.

Vitamina C + ácido hialurônico: quais os benefícios?

Você já ouviu falar sobre os benefícios da vitamina C associada ao ácido hialurônico?

Não? Vamos mostrar nesse texto tudo que esses dois ativos juntos podem fazer pela sua pele. Confira!

Sobre os ativos

Bem conhecidos por serem muito potentes para a hidratação e ação antioxidante da pele, agindo na prevenção dos principais sinais de envelhecimento da pele, a vitamina C e o ácido hialurônico possuem inúmeras vantagens quando combinados na rotina de cuidados com a pele.

Sobre os benefícios da vitamina C + ácido hialurônico

Não é novidade que esses dois ativos são fantásticos para a pele. 

A vitamina C, por exemplo, é um dos ativos antioxidantes mais poderosos da atualidade, pois, além de prevenir o envelhecimento precoce da pele, ela ainda atua no clareamento de manchas causadas pelos danos decorrentes da exposição sem proteção aos raios solares.

Além de estimular a produção do colágeno.

O ácido hialurônico é o ativo responsável pela organização das estruturas da pele e por mantê-la hidratada, além de ter a capacidade de reter a água da pele que ajuda a prevenir as rugas e linhas finas de expressão, flacidez e olheiras.

Sobre a combinação

Sem a menor dúvida, esses dois ativo são uma combinação perfeita para a pele!

Esses dois poderosos ativos juntos têm a capacidade de potencializar a ação de prevenção do envelhecimento precoce da pele.

Enquanto a vitamina C age contra a ação dos radicais livres, o ácido hialurônico vai preencher e manter a hidratação natural da pele.

E o que esperar dessa união? Uma pele radiante, jovem, saudável e uniformizada.

O melhor ainda disso tudo é que essa dupla perfeita é eficaz em todos os tipos de pele, principalmente nas mais maduras e que já apresentaram os primeiros sinais de envelhecimento natural do tempo.

Como incluir esses dois ativos na rotina de cuidados com a pele?

ácido hialurônico

Multifuncionais, esses dois ativos são sucesso na rotina de skincare de forma simples e eficaz.

Basta investir em produtos de qualidade que contenham a união de ambos os ativos, vitamina C e ácido hialurônico.

Ambos os ativos podem ser usados durante o dia e a noite, mas, quando durante o dia, o uso de protetor solar é extremamente fundamental e indispensável.

Vitamina C + Ácido hialurônico

vitamina C

Pure C 20 Hyalo Clareador contém Vitamina C Pura 20%, ingrediente com alta eficácia anti-idade e clareadora superior.

Não oxida, promovendo o clareamento intenso das manchas escuras na pele, inclusive melasma grau 1, melasma grau 2 e melasma grau 3, com potente ação antioxidante, deixando-a uniformizada, bonita e saudável. 

Mousse de vitamina C pura para o rosto com ácido hialurônico preenchedor, traz a junção desses dois ativos potentes que rejuvenescem e iluminam a pele, pois combatem 8 tipos de rugas, reduzindo linhas de expressão e melhorando os sinais do envelhecimento precoce.

Além de textura mousse não oleosa e inovadora “Cream to Powder”, exclusivo da Ada Tina, que deixa a pele aveludada e com toque extrasseco.

Indicado para todos os tipos de pele, sendo a melhor vitamina C para peles oleosas, pois promove um efeito primer extrasseco e muito sedoso.

É o produto ideal para ser usado na pré-maquiagem, deixando a pele mais clara, rejuvenescida, uniformizada, iluminada e livre de rugas e imperfeições.

vitamina C + ácido hialurônico

Vitamina C para pele oleosa e com acne

Ao contrário do que muitos pensam, a vitamina C não causa acne! Muito pelo contrário, ela ajuda no combate de cravos e espinhas.

Confira!

Vitamina C causa acne?

A vitamina C não causa acne!

Não existe nenhuma comprovação de que a vitamina C cause acne na pele. 

São na verdade os veículos de grande parte das fórmulas de produtos com vitamina C que costumam apresentar certa oleosidade. Por isso, é muito importante se atentar se a fórmula dos dermocosméticos com vitamina C que você quer usar são não comedogênicos.

O que é comedogênico? Entenda o que significa essa definição

Um produto é considerado comedogênico quando ele pode agir de maneira a obstruir os poros da pele, facilitando assim o aparecimento de cravos e espinhas.

Os poros funcionam como um duto que traz para o exterior da pele o que é produzido pela glândula sebácea, ou seja, o sebo.

Produtos comedogênicos entopem esse duto, fazendo com que o sebo se acumule nos poros, formando os cravos, e se houver inflamação ou infecção, as espinhas.

Os produtos comedogênicos devem ser evitados pelas pessoas que possuem pele oleosa apenas, pessoas com peles normais ou secas podem usar sem medo.

Quais os benefícios da vitamina C para a pele acneica?

80% dos brasileiros possuem pele oleosa e a acne é uma inflamação comum entre as pessoas com esse tipo de pele. Lutar contra a pele oleosa e a acne não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível. O segredo é a consistência e a escolha de rotinas de cuidados para pele oleosa, e a vitamina C pode ser sua aliada.

A vitamina C é antioxidante e anti-inflamatória, e é exatamente por isso que ela traz benefícios para a pele com acne, além disso ela ajuda a tratar a hiperpigmentação da pele por ter ação uniformizadora.

Ainda mais completa, a vitamina C potencializa o efeito do protetor solar, isso auxilia ainda mais na prevenção de inflamações da pele.

A vitamina C é uma ótima aliada no tratamento da pele acneica, só é preciso escolher o produto correto, não oleoso de preferência.

Qual produto com Vitamina C usar na pele oleosa?

vitamina C

Pure C 20 Hyalo Clareador contém Vitamina C Pura 20%, ingrediente com alta eficácia anti-idade e clareadora superior, pois não se oxida, promovendo o clareamento intenso das manchas escuras na pele, com potente ação antioxidante, deixando-a uniformizada, bonita e saudável.

TEXTURA MOUSSE EXTRASSECO

Pure C 20 Hyalo Clareador possui textura mousse não oleosa e inovadora “Cream to Powder”, tecnologia exclusiva da Ada Tina, que deixa a pele mais aveludada e com toque extrasseco. É indicado para todos os tipos de pele, sendo a melhor vitamina C para peles oleosas, pois promove um efeito primer extrasseco e muito sedoso, ideal para ser usado na pré-maquiagem, deixando a pele mais clara, rejuvenescida, uniformizada, iluminada e livre de rugas e imperfeições.

Pure C 20 Hyalo Clareador também é rico em ácido hialurônico preenchedor de baixo peso molecular, com maior poder de penetração que deixa a pele com aparência mais firme e mais renovada.

vitamina C pura

Skincare – Dicas de skincare para anti-idade

Confira nossas dicas de skincare anti-idade e mantenha a pele jovem!

Envelhecer é inevitável, todos sabemos disso, mas, podemos manter a pele saudável e com aspecto jovem retardando os efeitos do envelhecimento precoce fazendo um bom skincare diário e com os produtos certos!

Quando devo começar uma rotina de skincare anti-idade?

Começar um tratamento anti-idade é a escolha mais inteligente de quem quer manter a aparência saudável, jovem e consequentemente bonita.

A pergunta mais frequente é: “quando começar uma rotina de skincare anti-idade?”

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) diz que as funções fisiológicas da pele podem diminuir em até 50% na meia-idade, além dos fatores intrínsecos e extrínsecos que vão interferir diretamente no envelhecimento acelerando esse processo.

Com isso entendemos que, manter hábitos diários de cuidado com a pele como limpeza, hidratação, tonificação e proteção solar são processos básicos, importantes e simples que fazem parte de uma rotina de skincare e já podem ser considerados como o primeiro passo para um skincare anti-idade.

É preciso entender e aprender que, quanto antes for iniciada uma rotina de cuidados com a pele (skincare anti-idade), mais se retarda os sinais de envelhecimento na pele.

Confira nossas dicas de skincare anti-idade e mantenha uma rotina de qualidade

textura produto

Para manter uma rotina skincare de qualidade o primeiro passo será sempre a escolha de produtos adequados e de qualidade e principalmente que atendam as necessidades da pele no momento.

Já falamos aqui que cada pele é um mundo diferente, por isso é preciso conhecê-la, entender o que ela necessita e criar intimidade com ela, para que em caso de prevenção os cuidados ideais sejam os escolhidos.

A importância de proteger a pele contra os raios solares é o nosso primeiro conselho, não deixar de usar um bom protetor solar, de qualidade e que de preferência também trate a pele além de protegê-la é primordial.

Os cuidados com a pele são específicos para cada fase da vida, como já foi dito, quanto antes se der o início no tratamento anti-idade, melhor serão os resultados alcançados.

Confira nossas dicas de skincare anti-idade para peles jovens:

A pele mais jovem precisa de uma rotina de cuidados focada na prevenção dos danos causados por agentes externos que vão prejudicar a saúde dessa pele, como a exposição solar e poluição

Também é preciso se atentar ao aparecimento de acne e oleosidade nessa fase, pois essas são fortes características desse período.

Na fase jovem da pele o indicado é um tratamento preventivo de limpeza e cuidados com a acne e oleosidade caso a pele apresente esses sintomas.

As dicas para uma rotina skincare de sucesso nesse período são:

  • Limpeza com uma água micelar de qualidade para remover os resíduos da poluição e da maquiagem, tratar e purificar a pele;
  • O uso de sabonetes faciais e/ou esfoliantes pode ser indicado em caso de pele com oleosidade;
  • Proteção solar de qualidade que vai tratar e proteger com o produto adequado para cada tipo de pele. Para peles com acne e mais oleosas, o Sunsec Gel é o mais indicado, protetor solar que confere alta proteção anti melasma, com exclusiva textura gel fluida extra leve, indicado para todos os tipos pele, especialmente as peles mais oleosas, com acne e poros dilatados, além de 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade.

Dicas de Skincare indicado para peles adultas:

A pele adulta pode apresentar os primeiros sinais do envelhecimento como flacidez e linhas finas de expressão.

Nessa fase da pele, o ideal são cuidados anti-idade que tenham ativos capazes de reverter os primeiros sinais de envelhecimento, além de repor a produção de colágeno que já terá uma queda significativa neste período.

As dicas para uma rotina skincare de sucesso nesse período são:

  • Limpeza com uma água micelar  de qualidade para remover os resíduos da poluição e da maquiagem, tratar e purificar a pele;
  • Sérum anti-idade, neste caso o Pure C 20 Sérum Clareador Anti-Idade Com Vitamina C é uma ótima opção, clareador anti-idade, formulado para o tratamento e clareamento de melasma grau 3, manchas escuras e manchas solares, além de tratar e reduzir as rugas profundas, rejuvenescer, aumentar a firmeza e a elasticidade da pele.
  • Proteção solar na fase adulta da pele é indispensável, e para complementar o tratamento com o Pure C o protetor perfeito é o Biosole Oxy clareador com 12 horas de Proteção Solar, 12 horas de fotoestabilidade e 24 horas de Proteção Anti-Melasma.

Dicas de Skincare para peles maduras:

Na fase madura da pele alguns sinais já estão em evidência como rugas mais profundas e flacidez.

Nessa fase da pele os dermocosméticos com ativos que vão restaurar os sinais da juventude e recuperar a elasticidade e firmeza da pele são os mais indicados

A dica de rotina skincare indicada para a fase madura da pele é:

  • Limpeza com uma água micelar  de qualidade para remover os resíduos da poluição e da maquiagem, tratar e purificar a pele;
  • Sérum rejuvenescedor que vai recuperar a juventude e viçosidade da pele. Neste caso o Liqui.Laser é uma ótima opção, laser líquido com potente ação renovadora e clareadora rico em Glycogen Hyaluronic Peptide que retexturiza, rejuvenesce e clareia a pele profundamente, deixando-a com aparência até 15 anos mais jovem, sem ardência;
  • Proteção solar na fase madura da pele é indispensável e fundamental, e para complementar o tratamento com o Liqui.Laser o protetor perfeito é o Biosole Oxy clareador com 12 horas de Proteção Solar, 12 horas de fotoestabilidade e 24 horas de Proteção Anti-Melasma.

Por que a proteção solar é tão importante na rotina skincare anti-idade?

É de extrema importância frisar que em qualquer rotina skincare, seja ela anti-idade ou não, a proteção solar é fundamental, é ela quem vai proteger a pele e potencializar o tratamento escolhido.

Maquiagem e protetor solar – Qual aplicar primeiro na rotina de skincare?

Várias são as dúvidas que surgem sobre o uso da maquiagem e do protetor solar em conjunto na nossa rotina de skincare, vamos então esclarecer todas as questões que envolvem esse assunto para que você possa fazer o uso adequado desses produtos e implementar outros trazendo todo o cuidado que a pele precisa e merece.

O que aplicar primeiro, protetor ou maquiagem, e na reaplicação?

Pensando no skincare diurno, o protetor solar sempre será a última etapa do processo, é ele quem vai proteger a pele e auxiliar os outros produtos aplicados de acordo com o que você escolheu.

Assim, entendemos que, se o protetor solar será o último a ser aplicado, a maquiagem virá por cima dele, auxiliando na proteção contra os raios solares, principalmente se essa maquiagem também tiver fator de proteção (FPS).

É preciso se atentar apenas, em utilizar a maquiagem correta para cada tipo de pele, como por exemplo, para peles mais oleosas, o indicado é uma maquiagem mais mate com toque seco ou o uso de um creme matizante que vai auxiliar no controle da oleosidade da pele.

Falando em reaplicação, essa dúvida é ainda mais latente, pode aplicar o protetor solar por cima da maquiagem?

A resposta é sim, o protetor solar pode ser aplicado por cima da maquiagem, geralmente eles possuem textura fina, e desde que aplicado da maneira correta isso não prejudicará sua maquiagem, porém, um protetor solar com proteção duradoura de 12hs não exigirá um reaplique durante o dia, por isso, nossa indicação será o Biosole Oxy Fps 50 que não só vai proteger a sua pele contra a radiação solar, como também tratá-la, agindo como clareador das manchas derivadas do melasma por 24hs.

Misturar os produtos, pode?

A indicação sempre será aplicar o protetor e em seguida a base ou maquiagem da sua preferência. A escolha de uma base com proteção FPS trará ainda mais proteção a pele associada ao protetor.

Existem ainda protetores solares com cor que facilitam mais o dia a dia caso o resultado desejado seja uma pele suave e levemente pigmentada.

Para os casos de pele com manchas de melasma, mesmo as mais escuras, o uso do

Biosole Bb um BBcream com cor que uniformiza o tom da pele associado à base Bio.Identique Fps 75 é o mais indicado, pois, além de uma cobertura precisa, esses dois produtos irão agir diretamente no clareamento das manchas da pele, tratando contra o melasma.

Qual o protocolo ideal de skincare+maquiagem?

O protocolo ideal sempre terá início com uma boa água micelar, ela sempre será a base de qualquer protocolo, até mesmo os noturnos, pensando assim, ela também será o último produto a ser utilizado nesse processo de skincare+make, já que também age como demaquilante, limpando até mesmo os resíduos da poluição.

Como já vimos, a aplicação do protetor solar será a última etapa desse processo, vindo logo após a água micelar ou após o sérum de tratamento utilizado em cada caso.

Em seguida, a maquiagem pode ser aplicada com a segurança de que a pele além de linda estará também tratada e protegida.

Hiperpigmentação da pele negra, por que as manchas podem aparecer com mais facilidade?

Já dissemos por aqui que “a pele é um universo”, cada uma tem suas características, peculiaridades, preferências e casos específicos, por isso é preciso conhecê-la e criar intimidade com ela. Cada pele possui suas próprias características, ela é única, e assim acontece também com a pele negra, muitos mitos e rótulos envolvem esse assunto, por isso se informar e entender que cada pele funciona de uma maneira diferente independente do tom é essencial.

O que é hiperpigmentação?

A hiperpigmentação se dá pelo aumento da pigmentação natural da pele, deixando-a mais escura, formando manchas como a do melasma, por exemplo. Isso normalmente acontece pelo aumento da atividade celular dos melanócitos, células responsáveis pela produção do pigmento, a melanina. A melanina é o pigmento marrom responsável por dar cor à pele, por isso o aumento desse pigmento pode proporcionar o aparecimento dessas manchas, o que faz a pele perder seu tom natural e a sua uniformidade.

A variação de tom e o aparecimento de partes do rosto hiperpigmentadas geralmente é causada pela exposição solar sem proteção (melasma), por conta hormonais como na gravidez ou até mesmo por conta de alguma lesão específica da pele como a da acne.

A pele negra pode ter mais hiperpigmentação?

pele com manchas

Todos os tipos de pele independente do tom podem ter a hiperpigmentação, estando sujeita à manchas, principalmente se exposta ao sol sem proteção adequada, mas, a pele negra tende a ter os melanócitos mais ativos por já ter naturalmente uma maior produção de melanina, assim, qualquer situação na pele negra pode ocasionar manchas com maior facilidade, a proteção solar na pele negra é fundamental e já falamos sobre esse assunto aqui.

Dá para evitar a hiperpigmentação facial?

Evitar a hiperpigmentação facial significa cuidar e tratar a pele, e de novo, independente do tom, mas, as peles negras e mais claras merecem uma atenção especial.

Voltando ao início, como já citamos aqui, entender como a pele funciona e criar intimidade com ela vai ser o segredo para evitar os problemas com manchas, por exemplo, uma vez que se tem pele oleosa, usar produtos adequados e de qualidade e manter um cuidado constante com ela é uma maneira de evitar problemas futuros, e assim também funciona para peles com acne, tratar a acne de forma adequada vai prevenir as manchas derivadas das inflamações da acne. O que jamais deve ser dispensado é a proteção solar, é ela quem vai evitar fortemente os problemas com a hiperpigmentação.

E por que a pele negra merece uma atenção especial? Justamente por já ter uma tendência natural de produzir mais melanina, mais oleosidade e acne. É extremamente importante frisar aqui que essa condição é natural da pele negra.

Proteger a pele é o segredo?

Sim, mil vezes sim, não cansamos de frisar que a proteção solar diária é fundamental para a saúde de qualquer tipo de pele, independente do tom, a proteção solar é para todos! E fazer a escolha de um protetor solar de qualidade e adequado para o seu tipo de pele é o grande segredo.


Na Ada Tina temos protetores solares para todos os tipos de pele, com 12hs de proteção que vão auxiliar não só na proteção, mas também no tratamento e clareamento da pele.

Pele – Foliculite o que é e como tratar?

Foliculite o que é e como tratar?

A foliculite é uma condição infecciosa que atinge os folículos pilosos, esses que são os responsáveis pelo crescimento e formação dos pelos.

Atingindo qualquer área do corpo que tenha pelos, mas, principalmente áreas como virilhas, axilas, nádegas, barba e couro cabeludo geralmente causa vermelhidão, inchaço e coceira. 

Vamos entender como a foliculite acontece, qual o tratamento adequado para essa condição e como evitá-la.

Foliculite o que é?

A foliculite geralmente acontece quando há uma inflamação nos folículos pilosos derivada de um pelo encravado, fungos ou bactérias. Algumas doenças como a diabetes ou uso de medicamentos como antibióticos também podem dar acesso à formação da foliculite.

Quais são os sintomas da foliculite?

Identifica-se a foliculite através da observação de alguma mudança na pele como, por exemplo a coloração vermelha, inchaço, pus, etc.

Os sintomas mais comuns são:

  • Bolinhas vermelhas parecidas com acne
  • Inchaço e dor na região
  • Vermelhidão
  • Pus na raiz do pelo
  • Coceira no local
  • Dor no local da inflamação

As bolinhas vermelhas aparecem em locais onde há pelos ou cabelo e geralmente surgem umas bem próximas das outras, essas bolinhas nem sempre são resultados da foliculite, existem outras causas como alergias, herpes, acnes, entre outros que também podem causá-las, por isso é preciso atenção antes de iniciar algum tipo de tratamento.

Como tratar a foliculite?

imagem de creme

Os sintomas da foliculite tendem a desaparecer mesmo sem tratamento, mas com pomadas ou medicação oral em poucos dias nos casos mais leves. A higiene da pele, couro cabeludo e cabelos é fundamental nesses casos.

Indica-se o uso de sabonete, shampoos e água morna para a higiene adequada, apenas esses cuidados podem resolver essa condição entre 7 e 10 dias. Lavar os cabelos com shampoos anticaspa, pode ser indicado para alguns casos de foliculite no couro cabeludo, assim como o de sabonetes antissépticos pode ser indicado para o tratamento de foliculite no rosto, barba, pernas, genitais e virilha.

Nos casos mais graves, pode ser necessário o auxílio de um profissional como o dermatologista por exemplo, este pode indicar o uso de medicamentos como o antibiótico dependendo do grau que se encontra essa foliculite, alguns casos ainda podem necessitar de uma pequena cirurgia para retirada do excesso de pus, aliviando, assim, os sintomas e ajudando na cicatrização. É preciso muita atenção, pois, as foliculites em seus casos mais agravantes podem formar os furúnculos, uma infecção que provoca a formação de caroços com pus causando febre e muita dor no local.

Pode-se indicar o uso de antifúngicos em creme, pomada ou comprimidos em alguns casos.

É possível ainda recorrer há outros cuidados que podem auxiliar no tratamento contra a foliculite, são esses:

  • Compressa com água morna vai reduzir a coceira sobre a região afetada
  • Não coçar ou cutucar as bolinhas para não aumentar a infecção
  • Recorrer à depilação a laser também é uma boa opção
  • Banhos com sabonete neutro após o uso de piscinas, banheiras e saunas
  • Usar barbeador elétrico em vez de lâminas ou ceras
  • Evitar o consumo excessivo de cremes, perfumes e/ou produtos que possam irritar as lesões da foliculite.

Caso os sintomas permaneçam após 2 semanas aproximadamente, procure novamente um profissional, pois pode ser necessário uma nova avaliação.

Quais os tipos de foliculite?

Normalmente a foliculite tem sua classificação de acordo com a região onde aparece.

Classificação da foliculite por região:

  • Foliculite nas axilas: geralmente causada pela depilação em cera ou com lâminas, pode surgir em homens e mulheres e provocando coceira, bolinhas vermelhas com pus e doloridas.
  • Foliculite no rosto: também causadas normalmente pelo uso de lâminas ou ceras depilatórias, surgem com mais frequência nos homens na região da barba, mas isso não é uma regra, esse tipo de foliculite pode afetar também mulheres e outras partes da pele do rosto.
  • Foliculite no couro cabeludo: esse tipo de foliculite pode ser derivada de fungos e bactérias e aparece normalmente em pessoas que fazem uso frequente de chapéu, capacete, peruca, boné, entre outros. Geralmente será notado o aparecimento de pequenas bolinhas com pus que coçam e doem.
  • Foliculite nas pernas: esse tipo de foliculite também pode aparecer derivada de depilações frequentes com cera ou lâminas de barbear, pela fricção da pele causada pelas roupas (as mais justas principalmente) ou até mesmo pela fricção de uma perna na outra.
  • Foliculite na virilha: esse é mais um caso de foliculite que, assim como a das axilas e pernas, pode ser ocasionada através da depilação com cera ou lâminas, causando pelos encravados. Além disso, o uso de roupas apertadas aumenta a fricção, o calor e a umidade na região, o que favorece uma infecção bacteriana que causa a foliculite
  • Foliculite nas nádegas: comum em homens e mulheres, é causada geralmente por bactérias, levando ao surgimento de bolinhas vermelhas, doloridas e com pus.
  • Foliculite na área genital: esse tipo de foliculite pode também ser causado pela depilação na área, pois, em alguns casos, os pelos não conseguem sair e crescem sob a pele, causando uma inflamação no local.

A foliculite ainda pode surgir em áreas como costas, braços, ombros e pescoço, assim podem ser derivadas da exposição solar sem proteção adequada.

Como evitar o aparecimento da foliculite?

Partindo do princípio de que a inflamação da foliculite é geralmente uma proliferação de fungos, vírus, ácaros ou bactérias na pele e ao redor dos pelos ou cabelos do corpo, existem cuidados que podemos tomar para evitar o seu surgimento, são eles:

  • Fazer depilação independente da área do corpo/barba com menos frequência;
  • Evitar o uso de roupas muito justas ou apertadas;
  • Prevenção/tratamento da acne;
  • Evitar o uso frequente de capacete, chapéu, peruca e boné;
  • Manter uma boa higiene na pele, couro cabeludo e nos cabelos;
  • Evitar o uso frequente de curativos ou fitas adesivas sobre os pelos;
  • Evitar o uso de banheiras ou saunas não higienizadas adequadamente;

A foliculite pode atingir qualquer pessoa que não tome os devidos cuidados para evitá-la, por isso a prevenção é primordial.

Pele: Afinal, o que é Peeling Químico e quais os benefícios desse tratamento?

Esse procedimento muito conhecido e bastante procurado é utilizado principalmente para clarear manchas da pele, inclusive as derivadas da acne e melasma, além de também atuar no tratamento das linhas finas, envelhecimento precoce e rugas de expressão. Aqui vamos tirar todas as dúvidas sobre o peeling facial e mostrar alguns tipos de tratamento Ada Tina que podem auxiliar no seu tratamento, vamos lá?

O que exatamente é um Peeling?

A palavra peeling é derivada do inglês “to peel” que significa descamar ou descascar.

O objetivo deste tratamento extremamente seguro, eficaz, não invasivo e um dos mais procurados no Brasil é agir diretamente na estimulação das células, promovendo a renovação da pele por meio de uma descamação controlada como o próprio nome insinua, agindo através do uso de substâncias químicas ou métodos físicos.

Esse tratamento pode ainda reverter quadros como perda de elasticidade da pele e envelhecimento precoce.

Quais os benefícios desse tratamento e como o peeling químico age na pele?

Um tratamento com peeling bom e bem executado dentro de um protocolo correto e diário, é capaz de reduzir manchas (inclusive as causadas pelo melasma), rugas e linhas de expressão, envelhecimento precoce, sinais e lesões causadas por acne melhorando assim a aparência da pele.

O peeling pode agir na pele em diferentes classificações: superficial, média ou profunda, e tudo dependerá de cada caso em específico, por isso sempre indicamos para casos severos e alarmantes a procura de um bom profissional que fará a indicação do tratamento correto e de produtos bons e adequados.

No caso do peeling superficial ele vai atingir a epiderme superficial e será indicado para o tratamento de manchas na pele (inclusive manchas causadas pelo melasma), além de agir na prevenção de cravos e espinhas.

Já o peeling médio atinge camadas mais profundas da epiderme e será indicado para amenizar os sinais de envelhecimento precoce, peles maduras,  marcas mais profundas como rugas e sinais da acne.

E por último o peeling profundo que atinge ambas as camadas da derme e só será executado em clínicas médicas, em sua maioria com uso de anestesia e acompanhamento necessário que garanta ao paciente um procedimento indolor e sem riscos de que a química utilizada caia na corrente sanguínea.

Mitos e verdades sobre o Peeling, no que acreditar?

imagem ilustrativa peeling químico

Com certeza você já ouviu falar que o peeling pode ser feito apenas no inverno, pois, assim como outros procedimentos, ele está cercado de mitos, mas, essa não é uma regra, e sim uma forte recomendação devido à menor exposição solar da época, uma vez que no verão estamos mais expostos ao sol em praias e piscinas por exemplo.

A proteção contra a radiação solar é extremamente recomendada neste tipo de tratamento e nada impede que você opte por fazê-lo em qualquer época do ano, apenas é preciso ter muita atenção à exposição ao sol.

Outra pergunta frequente sobre o tratamento com peeling é se ele pode ser executado apenas na pele do rosto, e isso realmente não é verdade, qualquer local do seu corpo que possua manchas, marcas de envelhecimento ou da acne pode receber esse tratamento, desde que seja o adequado para cada área, porém é um tratamento mais procurado e utilizado para a pele do rosto por proporcionar rejuvenescimento facial.

Peeling Químico com produtos Ada Tina, conheça!

Agora que nos informamos sobre o que é e quais os benefícios do peeling químico, vamos conhecer alguns produtos Ada Tina que vão auxiliar o tratamento de cada caso em específico.

O envelhecimento precoce é indesejado por todos, e muitas vezes ocorre por falta de cuidados como por exemplo a proteção contra a radiação solar.

A consequência da falta de cuidados adequados com a nossa pele causa o aparecimento de linhas finas de expressão, as tais rugas indesejadas, ou manchas severas como a do melasma. Para esse caso em questão ou até mesmo para peles maduras que desejam uma aparência mais rejuvenescida, indicamos o Sérum Anti-Idade X-Peel Glycolic Ultra Peeling, um sérum anti-idade e clareador, formulado com Tecnologia Duplo Peeling que renova, rejuvenesce intensamente além de clarear manchas escuras, inclusive o melasma, proporcionando uma pele muito mais jovem, mais bonita e uniforme.

Para as peles com acne ou com marcas de lesões causadas por ela, a indicação será do Peeling Clareador Antiacne X-Peel Acne Pore Peeling, que é um peeling clareador antiacne em sérum, formulado com uma combinação sinérgica de AHA e BHA, que reduz e previne a acne, cravos, poros dilatados e imperfeições, clareando as manchas e deixando a pele mais iluminada.

Quais cuidados ter antes e depois da aplicação do Peeling Químico?

Toda pele precisa dos cuidados ideais e necessários para que o tratamento traga bons resultados.

Pensando em pré aplicação do peeling o uso de uma água micelar de qualidade é mais do que necessário, ela vai agir como um purificante na pele, e a Acqua Micellare é a mais indicada por não ser oleosa, remover os resíduos da poluição sendo capaz de limpar, purificar e reequilibrar a pele com suavidade e sem irritar os olhos, indicada também como demaquilante agindo na remoção completa até das maquiagens mais resistentes.

A proteção solar já é indispensável no nosso dia a dia e quando o assunto é tratamento com peeling ela é primordial como já foi dito aqui. O uso do Biosole Oxy Fps 50 Vitamina C E Niacinamida é indicado após a aplicação do peeling nos casos de tratamento para rejuvenescimento e clareamento da pele ou manchas do melasma.

produtos

Para os casos de tratamento de acne ou manchas derivadas dela a indicação é do Biosole Mat Fps 50, um protetor solar matificante e antioleosidade, voltado para peles muito oleosas e mistas.

produtos

Qual protocolo mais indicado para cada caso?

Visto tudo até aqui a indicação do protocolo ideal para ambos os casos será sempre ÁGUA MICELAR + SÉRUM INDICADO + PROTETOR SOLAR INDICADO, dessa maneira com persistência no protocolo os resultados positivos serão visíveis e seu tratamento alcançará o sucesso.

Protetor solar: A pele negra precisa de protetor solar? Verdade ou uma pergunta que carrega rótulos?

Sabemos que existem diversos mitos sobre a pele de modo geral e principalmente os que envolvem a pele negra: ela precisa de protetor solar? ela envelhece mais devagar? ela é mais oleosa?. Vamos aqui desmistificar essas questões mostrando que toda pele precisa e é digna de cuidados.

Por que achamos que pele negra não precisa de proteção solar?

A pele negra possui mais melanina, que é a responsável pela nossa pigmentação, esse fator isolado já é por si só um motivo para o uso do protetor solar neste tipo de pele, uma vez que existe a maior produção de melanina que pode causar a hiperpigmentação, mesmo a melanina sendo uma proteção natural da pele contra a radiação.

Na pele negra a fotoproteção pode chegar a 13.4, mas, apesar disso, a pele negra também possui mais oleosidade e com isso está mais sujeita a algumas condições, por isso, precisa sim de cuidados especiais e proteção extra para se manter saudável e livre de manchas. A radiação solar é um agressor real da pele, inclusive da pele negra.

Então, nada de pular esse passo no seu protocolo de skincare, ok? A proteção é essencial para todos e qualquer tipo de pele.

Sendo mais oleosa, a pele negra pode receber protetor solar mesmo assim?

textura protetor solar

Sim, e deve! A pele negra por ser mais oleosa, automaticamente pode ter mais acne e aí está mais um motivo para mantê-la protegida. E isso é muito fácil, existem hoje protetores solares específicos para peles oleosas e com acne.

Controlar a oleosidade fazendo um skincare adequado também é fundamental para a saúde da pele, e já falamos sobre esse assunto por aqui caso queira conferir.

Mas e o colágeno?

Se existe uma verdade que deve ser confirmada aqui sobre a pele negra é a que ela apresenta os sinais de envelhecimento mais devagar sim!

A pele negra possui maior quantidade de Fibroblastos e esse é o fator responsável pela produção de colágeno e elastina que por sua vez são os responsáveis por deixar a pele com mais elasticidade e tônus, adiando assim o aparecimento das linhas finas de expressão, flacidez e vincos profundos, as famosas rugas.

Pensando nessa questão, além do uso de protetor solar, o uso da vitamina C também é indicado, além de ajudar no clareamento da pele, deixando-a livre de manchas ela vai combater a ação dos radicais livres que danificam o colágeno da pele, deixando assim a pele ainda mais uniforme e adiando ainda mais o envelhecimento.

O uso de protetor solar com vitamina C também é superindicado neste caso.

Então o protetor solar é para todos?

Claramente a resposta para essa pergunta é sim, claro que sim. Cada pele é um universo diferente, e existe proteção solar para todas elas.

A exposição ao sol de forma adequada e regular é fundamental para a a sobrevivência, e isso é um fato que deve sim ser afirmado, mas, o excesso e a falta de cuidados e proteção podem causar danos severos. A importância da proteção contra as radiações solares deve ser levada a sério por todos, independente do seu tom de pele.

PROTETOR SOLAR PARA PELE SENSÍVEL: QUAIS OS PRODUTOS MAIS INDICADOS?

Se você tem pele sensível, sabe o quanto pode ser difícil encontrar um protetor solar que não cause irritação, vermelhidão e desconforto na pele. A boa notícia é que existem produtos específicos para peles sensíveis que oferecem a proteção solar necessária sem causar reações adversas. Mas com tantas opções disponíveis no mercado, pode ser difícil escolher o protetor solar ideal para a sua pele sensível. Neste artigo, vamos discutir os produtos mais indicados para peles sensíveis, suas características e como escolher o protetor solar perfeito para você. Continue lendo para descobrir como proteger a sua pele sensível dos danos causados pelo sol.

O que é pele sensível?

A pele sensível é um tipo de pele que apresenta uma resposta exagerada a estímulos que normalmente não causam reações em outras pessoas. Essa condição é caracterizada por uma maior reatividade da pele a diversos fatores, tais como mudanças de temperatura, contato com produtos químicos, poluentes e até mesmo alimentos.

Quais os sintomas da pele sensível?

Os sintomas mais comuns incluem vermelhidão, coceira, descamação e irritação. É importante ressaltar que a pele sensível não é uma doença, mas sim uma característica individual da pele, e por isso requer cuidados específicos para evitar agravamentos. Alguns produtos específicos para esse tipo de pele, como hidratantes e protetores solares, podem ajudar a reduzir a sensibilidade e manter a pele saudável.

Qual é o melhor protetor solar para pele sensível?

Para escolher o melhor tipo de protetor solar para pele sensível, é importante considerar algumas características específicas desse tipo de pele. É recomendado optar por protetores solares que contenham ingredientes suaves e hipoalergênicos, como o ácido hialurônico ou a niacinamida, sem fragrâncias que possam irritar a pele. Além disso, é importante verificar o fator de proteção solar (FPS), que deve ser de no mínimo 50, e preferir produtos com proteção UVA e UVB.

Também é fundamental escolher protetores livres de substâncias tóxicas, como o parabeno, a oxibenzona e o octocrileno, entre diversas outras substâncias que não são prejudiciais apenas para as peles sensíveis, mas podem trazer malefícios para todos os tipos de pele. Para peles extremamente sensíveis, protetores solares físicos podem ser mais indicados, pois formam uma barreira física na pele, sem penetrar como os protetores químicos.

Niacinamida: o ingrediente ideal para peles sensíveis

Também conhecida como vitamina B3, a niacinamida é um ingrediente versátil e seguro que oferece diversos benefícios para a pele. Ela ajuda a reduzir a inflamação e a vermelhidão, mantém a barreira natural da pele saudável, ajuda a minimizar a aparência de poros e linhas finas e ainda consegue clarear manchas escuras. E o melhor de tudo é que a niacinamida é bem tolerada por peles sensíveis, então aproveite para usá-la sem preocupações, pois essa substância está presente em diversos cosméticos, desde protetores solares até séruns para tratamentos específicos. Adicione este ingrediente maravilhoso à sua rotina de cuidados com a pele e veja a diferença que ele pode fazer!

Melhores protetores Ada Tina para pele sensível

Os produtos da Ada Tina são livres de mais de 10,5 mil ingredientes prejudiciais à saúde e à pele, incluindo os parabenos e óleos minerais, sendo ideais para peles com sensibilidade. Confira agora os melhores produtos para esse tipo de pele:

Soleize Mineral FPS 66

Soleize Mineral FPS 66 com cor é um protetor solar físico e anti-melasma, com efeito matte e toque seco, formulado com filtros minerais e muito alta proteção anti UVA e UVB, ideal para quem procura um protetor solar de barreira física, com cor e alta proteção contra raios solares e luz azul e visível, perfeito para todos os tipos de pele, inclusive peles delicadas e sensíveis.

Biosole E+ Ultra Vitamin FPS 90

Biosole E+ Ultra Vitamin FPS 90 é um protetor solar anti-manchas e antienvelhecimento, com tripla ação anti-melasma de DIFENDIOX®, Vitamina E+ clareadora e tecnologia Solent de 12 horas de proteção solar, indicado para todos os tipos de pele, especialmente as muito sensíveis ao sol.

Biosole Fluid Fps 90

Biosole Fluid FPS 90 é um protetor solar fluido, anti-melasma e anti-manchas, com potente ação antioxidante, muito resistente à água e ao suor, toque seco, não oleoso e textura leve, com 12 horas de proteção solar, indicado para a mais alta proteção solar de todos os tipos de pele, especialmente as mais sensíveis.

COMO CUIDAR DA PELE OLEOSA: QUAIS ERROS NA SKINCARE QUE PODEM PIORAR A PELE?

A pele oleosa é um dos tipos mais comuns de pele e pode ser um verdadeiro desafio mantê-la saudável e equilibrada. Muitas vezes, a tentativa de resolver o excesso de oleosidade acaba por piorar a situação, por conta de erros que ocorrem na rotina de cuidados com a pele. Neste post, vamos explorar os erros mais comuns na skincare para pele oleosa e como evitá-los, para ter uma pele mais saudável e equilibrada. Se você tem pele oleosa e quer saber como cuidá-la de maneira correta, continue lendo!

O que é e como surge a oleosidade da pele?

A oleosidade da pele é resultado da produção excessiva de óleo pelas glândulas sebáceas. Ela pode surgir devido a uma variedade de fatores, incluindo genética, mudanças hormonais, dieta e uso inadequado de produtos para a pele. Quando a produção de óleo é excessiva, pode levar a problemas de pele como acne, brilho excessivo e poros obstruídos. Para controlar a oleosidade, é importante manter uma rotina de cuidados com a pele saudável, incluindo a escolha de produtos adequados e a limpeza diária da pele. Além disso, evite coçar ou espremer espinhas, pois isso pode piorar a condição e aumentar a produção de óleo.

Limpeza da pele oleosa

A limpeza da pele oleosa é importante para mantê-la saudável e controlar a produção excessiva de óleo na pele. Algumas dicas incluem:

  1. Lave o rosto duas vezes ao dia com um sabonete específico para pele oleosa. Evite produtos com álcool ou outros ingredientes secantes, pois eles podem agravar a oleosidade.
  2. Use um tonificante sem álcool após lavar o rosto. Isso ajuda a equilibrar o pH da pele e a remover resíduos de maquiagem ou sabão.
  3. Aplique um hidratante leve, sem óleo, para evitar a secura da pele.
  4. Escolha uma maquiagem oil-free e remova-a antes de dormir.
  5. Aplique diariamente um protetor solar matificante que auxilia no combate à oleosidade excessiva.

Lembre-se de sempre testar novos produtos em uma área pequena do rosto antes de usá-los em todo o rosto. Se a pele estiver irritada ou a oleosidade persistir, consulte um dermatologista para obter orientação médica. A limpeza regular e os cuidados adequados podem ajudar a manter a pele oleosa saudável e controlar os problemas relacionados à oleosidade.

Protetor solar para pele oleosa

O uso de protetor solar é importante para todos os tipos de pele, incluindo a pele oleosa. Aqui estão algumas dicas para escolher o protetor solar ideal para pele oleosa:

– Escolha um protetor solar com FPS alto (50 ou mais), pois isso ajuda a proteger a pele dos danos causados pelos raios UV emitidos pelo sol.

– Opte por protetores solares oil-free, afinal eles não obstruem os poros e evitam o surgimento de espinhas.

– Procure protetores solares com textura leve e fórmula enriquecida com ingredientes hidratantes e matificantes.

Não se esqueça de escolher um protetor solar que se adapte à seu tipo de pele e que seja eficaz para protege-la contra os danos causados pelo sol. O uso regular de protetor solar pode ajudar a prevenir manchas, envelhecimento precoce da pele e outros problemas relacionados à exposição ao sol.

Hidratante para a pele oleosa

É importante lembrar que a pele oleosa precisa ser hidratada, assim como qualquer outro tipo de pele. A falta de hidratação pode levar a uma produção ainda maior de óleo, o que pode piorar a situação.

O hidratante para pele oleosa deve ser levinho e de fácil absorção, sem deixar uma camada oleosa na pele. É importante optar por hidratantes com ingredientes que controlam a produção de óleo, como as sílicas matificantes e a niacinamida. Além disso, é importante escolher hidratantes com proteção solar, pois a pele oleosa é mais propensa a manchas e outros danos causados pela exposição solar.

A aplicação de hidratante deve ser feita logo após o banho, enquanto a pele ainda está úmida. Isso ajuda a selar a hidratação na pele e é importante aplicar uma pequena quantidade, evitando aplicar excessivamente, pois isso pode levar a uma produção ainda maior de óleo.

Em resumo, o hidratante é importante para a pele oleosa, pois ajuda a equilibrar a produção de óleo e protege a pele contra os danos causados pela exposição solar. É importante escolher o hidratante certo e aplicá-lo da maneira correta para obter os melhores resultados.

Séruns para pele oleosa

Os séruns são uma ótima opção para quem tem pele oleosa, pois são mais concentrados do que os hidratantes convencionais e oferecem resultados mais efetivos. Eles são úteis para tratar uma variedade de problemas de pele, incluindo acne, manchas, rugas e linhas de expressão.

Os séruns para pele oleosa geralmente contêm ingredientes específicos para controlar a produção de óleo, como ácido salicílico e a niacinamida. Além disso, eles também podem conter vitaminas e antioxidantes para proteger a pele contra os danos causados pelo sol e pelo envelhecimento.

X-Peel Acne Pore Peeling

A aplicação de sérum deve ser feita após a limpeza da pele e antes do hidratante. Para aplicar, basta colocar uma pequena quantidade nas pontas dos dedos e massageá-lo suavemente na pele, pois esse veículo cosmético possui uma ótima espalhabilidade. A aplicação em excesso pode piorar a oleosidade da pele.

Além disso, é importante escolher um sérum adequado para o tipo de pele oleosa, pois existem vários tipos de sérum disponíveis no mercado, cada um com seus próprios ingredientes e propriedades. É importante conversar com um dermatologista antes de escolher um sérum, para garantir que ele seja adequado para o tipo de pele e para os problemas de pele específicos.

Erros na skincare que podem piorar a oleosidade da pele

Com as dicas certas de produtos e rotinas de cuidados com a pele, é possível minimizar o brilho excessivo e controlar a produção de óleo. No entanto, há alguns erros comuns na rotina skincare que podem piorar a condição da pele oleosa, são eles:

Não remover a maquiagem antes de dormir:

Deixar a maquiagem na pele pode obstruir os poros e aumentar a produção de óleo. É importante sempre remover a maquiagem antes de dormir para permitir que a pele respire.

Usar produtos oleosos:

É tentador escolher produtos oleosos para hidratar a pele, mas isso pode acabar piorando a oleosidade. Procure produtos específicos para pele oleosa que sejam leves, que contenham ação matificante e não comedogênicos.

Esfregar a pele com força:

Esfregar a pele com força em determinados tratamentos da skincare pode ocasionar na irritação da pele e estimular a produção de óleo. É importante ser gentil com a cútis ao aplicar produtos e durante a limpeza.

Não usar protetor solar diariamente:

O sol pode aumentar a produção de óleo na pele, por isso é importante usar protetor solar todos os dias, mesmo se a pele for oleosa. Escolha um protetor solar não oleoso para evitar brilho excessivo e use-o todos os dias, até mesmo para ficar em casa.

5 DICAS PARA CONTROLAR O BRILHO EXCESSIVO DA PELE

O brilho excessivo do rosto pode incomodar muito em nosso dia-a-dia, não apenas na saúde da pele, mas também na autoestima. Além do brilho, cravos, espinhas e poros dilatados são características das peles oleosas que podem, sim, ser tratadas e controladas. Por isso, a Ada Tina trouxe para você 5 dicas de como controlar o brilho excessivo da pele!

O que é o brilho excessivo na pele?

O excesso de brilho no rosto é resultado de uma pele oleosa ou com tendência a oleosidade, com uma alta produção de sebo. Esse aspecto pode se agravar no verão, pois a radiação solar UV inflama e aumenta a glândula sebácea, resultando em uma pele com mais oleosidade, deixando a pele da face com a superfície excessivamente brilhante, podendo até gerar a temida acne.

Quais são as características da pele oleosa?

A pele oleosa ocorre com mais frequência na adolescência, mas pode durar ou começar durante a idade adulta. A pele possui estruturas chamadas glândulas sebáceas, responsáveis pela produção de uma secreção gordurosa, o famoso “sebo”. Em peles com excesso de oleosidade, esta produção é muito mais intensa, gerando um brilho excessivo e frequentemente cravos e espinhas.

5 Dicas para controlar o brilho excessivo

1. Lave o rosto

A etapa da limpeza do rosto é o primeiro passo na rotina skincare, sendo de fundamental importância. Fazer a limpeza facial diária ajuda no controle de brilho e oleosidade, preparando a pele para outros produtos que também vão auxiliar na sua rotina diária de cuidados com a pele. Entretanto, um fator a ser observado é a frequência que a pele pode ser lavada, pois o excesso de lavagem pode gerar um efeito rebote, ou seja, como forme defesa, a pele aumenta a produção de sebo.

2. Evite a exposição prolongada ao sol

A exposição exagerada ao sol pode agravar, e muito, o brilho e a oleosidade da pele do rosto. Quando exposta ao sol, as glândulas sebáceas produzem mais sebo na tentativa de hidratar a pele. Essa superprodução aumenta a oleosidade, e consequentemente, o brilho excessivo, podendo gerar também acne.

3. Use protetores solares para peles oleosas

Pelo fato das glândulas sebáceas ficarem mais ativas quando expostas ao sol intenso, a proteção solar é de grande importância no controle de oleosidade da pele, fazendo com que o protetor solar seja seu aliado. Porém, a maioria dos protetores solares são oleosos e, ao invés de ajudarem no controle do brilho excessivo, acabam piorando. Por isso, o ideal é o uso de protetores solares para pele oleosa, que possuem toque seco, desenvolvidos especificamente para este tipo de pele.

4. Utilize dermocosméticos para peles oleosas

Além dos já conhecidos protetores solares, existe uma ampla gama de produtos para a pele feitos especialmente para as peles com oleosidade. Existem desde séruns antioleosidade até géis de limpeza, que vão hidratar, matificar e eliminar o brilho da pele do rosto, tudo isso com toque seco e não oleoso.

5. Alimentação

Uma alimentação baseada em açúcares, gorduras, frituras e alimentos industrializados aumenta a oleosidade da pele, deixando-a suscetível ao brilho em excesso. A dica é investir em alimentos ricos em vitaminas e minerais, tais como frutas, legumes, verduras e grãos, além de sempre beber bastante água. Todos estes alimentos contribuem para o equilíbrio e bom funcionamento do seu organismo, o que se reflete na qualidade da pele.

Produtos e tratamento

Investir em um bom protetor solar para peles oleosas é a melhor forma de tratamento para evitar e controlar o brilho da pele. O Normalize Solar Matte Intense FPS 80 é um protetor solar matificante intensivo que controla a oleosidade e o brilho da pele o dia todo com textura extrasseca, controlando em 100% a oleosidade, o brilho excessivo, a umidade da pele, retraindo em 90% os poros dilatados.

Normalize Matte Intense Fps 80

Além disso, ele possui 12 horas de proteção solar sem a necessidade de reaplicações constantes, protegendo muito mais a pele dos malefícios dos raios solares. Outro fator indispensável do Normalize Solar Matte Intense é sua resistência à água, podendo ser usado na praia ou em piscinas, sem se preocupar com a reaplicação do protetor.

+ Confira tudo sobre o tratamento de peles oleosas e acneicas clicando aqui!

TRATAMENTO PARA PELES OLEOSAS E ACNEICAS

Se você tem uma pele com excesso de oleosidade e tendência à acne, separamos algumas dicas e informações imperdíveis para o tratamento da pele oleosa e acneica, para você nunca mais sofrer com essa condição!

Fatores predisponentes

A pele oleosa é o tipo mais comum de pele, afetando cerca de 90% das mulheres brasileiras. Por isso, listamos aqui os 7 motivos que agravam ou podem desenvolver esse tipo de pele:

  1. Desequilíbrio hormonal;
  2. Excesso de exposição solar sem proteção;
  3. Uso de produtos inadequados;
  4. Uso de produtos de má qualidade;
  5. Má alimentação;
  6. Água muito quente;
  7. Genética.

Como identificar uma pele oleosa e acneica?

A pele oleosa costuma ter excesso de brilho, poros abertos e dilatados, e muito sebo. Todo esse óleo e excesso de sebo são produzidos pelas glândulas sebáceas, que geralmente são maiores e mais ativas nos homens do que nas mulheres, pois são estimuladas pelo hormônio testosterona. Porém, além da testosterona, outros fatores também podem contribuir para o aumento da produção de sebo e piora da oleosidade da pele, como raios solares UVA e UVB, o calor e uma alimentação pobre em frutas e vegetais, e rica em gorduras e alimentos industrializados.

Vale ressaltar que, nas mulheres, o hormônio progesterona também tem a capacidade de aumentar a oleosidade da pele, por isso é importante estar sempre atenta à sua saúde hormonal, além de visitar regularmente seu ginecologista.

Tratamento específico para pele oleosa

A limpeza da pele oleosa nunca deve ser agressiva e exagerada. Nunca devemos usar sabonetes agressivos ou deixar a pele oleosa sem hidratação adequada, e nunca deixar de proteger a pele oleosa do sol, que é um dos vilões que aumentam a produção de sebo. Tudo isso pode aumentar a oleosidade excessiva da pele e agravar complicações, como abrir ainda mais os poros e levar ao aparecimento de acne inflamatória. Portanto, a melhor rotina de cuidados com a pele oleosa e acneica deve se basear em 5 passos:

1 – Limpeza: Remoção de sujeira e resíduos de poluição é fundamental nessa etapa da rotina de cuidados, diminuindo a oleosidade já no primeiro passo;

2 – Tonificação: A aplicação de um tônico facial garante um pH dermatológico ideal, revitalizando e garantindo o aspecto jovial;

3 – Tratamento: Produtos para o tratamento de peles oleosas, como séruns, entram nessa etapa da skincare, renovando e reduzindo as imperfeições acneicas e a oleosidade excessiva;

4 – Proteção: As fontes luminosas, tanto solares quanto artificiais, incidem sobre nossa pele diariamente. Por isso, a etapa da fotoproteção é uma das mais importantes da rotina de cuidados com a pele;

5 – Matificação: Por fim, o uso de produtos matificantes garante o controle da oleosidade e ação secativa imediata, deixando a pele sequinha e saudável.

Também não podemos nos esquecer da proteção solar adequada, com FPS 50+, para fornecer proteção solar suficiente para peles oleosas e, de preferência, que tenha 12 horas de proteção solar, excluindo a necessidade de reaplicações constantes.

5 produtos para incluir na rotina skincare para peles oleosas

Limpeza – Depore Concentrate

Depore Concentrate limpa e purifica profundamente as peles oleosas, mistas e acneicas, removendo o excesso de oleosidade, contribuindo para o controle do brilho e dos poros dilatados e auxiliando no tratamento da acne e cravos.

Reduz significativamente o excesso de oleosidade, pois atua no controle de excesso de oleosidade, contribuindo ainda na manutenção do pH cutâneo fisiológico ao mesmo que auxilia no controle da proliferação de microrganismos sobre a pele, inclusive as bactérias relacionadas ao aparecimento da acne.

Tonificação – Depore Triple Acid

Depore Triple Acid é um tônico adstringente com textura leve e não oleosa, desenvolvido especificamente para as peles oleosas, mistas e com acne, com tripla ação antioleosidade dos ácidos glicólico, mandélico e salicílico, que higieniza, desengordura, equilibra e purifica profundamente a pele.

DEPORE Triple Acid

O Depore Triple Acid Tônico facial peles oleosas, é formulado com ácido glicólico e ácido mandélico, dois alfa-hidroxiácidos (AHA), que estimulam a renovação da pele, eliminam as células mortas e possuem ação antibacteriana associados ao ácido salicílico, que ajuda no controle da oleosidade e na desobstrução dos poros dilatados, sendo muito indicado para as peles oleosas.

Tratamento – Depore MD

Depore MD é desenvolvido com a máxima concentração de ácido mandélico ultra puro e ácido salicílico lipossolúvel, que combinados são capazes de tratar fortemente a acne, poros dilatados e também a oleosidade e o brilho excessivos da pele, reduzindo as espinhas, cravos e imperfeições acneicas além de marcas e manchas deixadas pela acne.

Depore MD

O ácido salicílico lipossolúvel é um beta-hidroxiácido que promove ação esfoliante em profundidade, limpando intensamente e desobstruindo os poros, sendo indicado especialmente para peles com acne incrustada, comedões, excesso de oleosidade e brilho.

Proteção – Sunsec

Sunsec Gel Fluid FPS 50 é um protetor solar que confere alta proteção solar anti melasma, com exclusiva textura gel fluida extra leve e toque extra seco, indicado para todos os tipos pele, especialmente as peles mais oleosas, acne e poros dilatados.

Sunsec

Sunsec Gel Fluid FPS 50 é um protetor solar gel fluido, oil free, com surpreendente textura extra leve, toque extra seco não oleoso, com ótima espalhabilidade e confere à pele uma sensação de extrema leveza e filme invisível, ideal para as peles mais oleosas.

Matificação – Depore Mat Extreme

Depore Mat Extreme é um gel creme ultra matificante, capaz de reduzir a oleosidade da pele em apenas 10 minutos além de controlar a oleosidade inclusive da pele muito oleosa, com acne e poros, e pele com brilho excessivo com ação secativa imediata.

Depore Mat Extreme

Graças a exclusiva Tecnologia de Tripla Ação Secativa combinada ao Zinco PCA, Depore Mat Extreme Ultra Matificante consegue reduzir intensamente a oleosidade da pele de maneira rápida e eficaz, tendo sido testado em pele mista e oleosa.

ÁCIDO PARA PELE NEGRA: QUAIS OS MAIS INDICADOS?

O Brasil é um país diverso com diferentes fototipos de pele. Cada fototipo necessita de cuidados específicos.

É provável que você já tenha ouvido falar que peles negras não precisam de proteção solar, ou até mesmo, que não podem fazer tratamentos com ácido.

Hoje, nós iremos desmistificar estas informações e lhe mostrar quais são as características e os cuidados que você deve ter para realçar ainda mais a beleza da pele negra.

Antes de entrar no assunto de ácidos, vamos pontuar algumas características desta pele:

Imagem de mulher negra

Por possuírem elevados níveis de melanina, (proteína que fornece pigmentação à pele), as peles negras são mais propensas a hiperpigmentar. Acne, exposição solar e até mesmo picadas de mosquitos, podem gerar manchas neste tipo de pele.

Outro importante desencadeador de manchas da pele negra é a foliculite, inflamação muito comum devido à característica do pêlo crespo e encaracolado. Ocorre que estes pêlos crescem “encurvados”, e em muitas vezes são incapazes de romper a barreira da pele, encravando e gerando inflamações.

Em peles negras a produção das glândulas sudoríparas e sebáceas também é mais ativa. No entanto, apesar da pele do rosto ser mais oleosa, geralmente a do corpo sofre com ressecamento e descamação (aspecto “esbranquiçado”).

 Peles negras possuem naturalmente mais colágeno, são mais elásticas e resistentes aos efeitos do tempo como rugas e linhas de expressão. Elas também costumam ser mais espessas e portanto mais firmes e com menos flacidez.

Pronto! Agora que estabelecemos estas características, seguiremos o post falando sobre os ácidos mais recomendados para a pele negra. 

De acordo com o Dr Maurizio Pupo, farmacêutico e especialista em cosmetologia, peles negras necessitam de ácidos mais suaves. Ácidos muito agressivos podem desencadear inflamações que como vimos acima, podem manchar. 

O recomendado então é que sejam utilizados ácidos com pH fisiológico, com menos acidez e em concentrações mais baixas, pois assim é possível a renovação celular, rejuvenescimento, diminuição de poros, controle de oleosidade, tratamento da acne e uniformização da pele de forma mais segura. 

ÁCIDOS RECOMENDADOS PARA A PELE NEGRA:

Imagem em destaque de um produto Serum

ÁCIDO GLICÓLICO: O ácido glicólico é um Alpha Hidroxiácido que promove esfoliação e renovação celular, ele deixa a pele uniforme e rejuvenescida.  Se você acompanha os conteúdos do blog você já aprendeu que ativos com baixo peso molecular conseguem penetrar mais profundamente nas camadas da pele. E é exatamente por isso que o ácido glicólico deve ser utilizado com muita cautela na pele negra, pois ao penetrar muito rapidamente na pele ele poderá causar pontos de inflamação e como consequência também poderão aparecer manchinhas escuras. A saída é escolher um ácido glicólico suave, com pH equilibrado e que seja dermatologicamente testado. 

ÁCIDO KÓJICO: O ácido kójico é derivado de espécies de fungos. Ele ajuda a clarear manchas escuras, uniformizar a pele, não é fotossensível e não costuma causar alergias. E embora seja um ácido, ele é extremamente suave e jamais irá agredir ou queimar a pele sendo totalmente liberado para a pele negra

ÁCIDO MANDÉLICO: Também pertencente à família dos Alpha Hidroxiácidos, extraído da semente das amêndoas amargas, este ácido é absorvido lentamente pela pele,  o que ajuda a renovar as células sem causar irritação, sendo super liberado para as peles negras também.

ÁCIDO SALICÍLICO: O ácido salicílico é derivado da casca do salgueiro. Este ácido promove a renovação celular e também tem poderosa ação anti-inflamatória, o que é perfeito para peles oleosas e acneicas, pois ao mesmo tempo que renova a pele, ainda reduz a oleosidade e trata a acne. E tudo isso sem causar irritação na pele negra!

2 SÉRUNS IDEAIS PARA PELE NEGRA

A marca italiana Ada Tina possui os produtos ideais para a rotina de skincare da pele negra. Por conter em sua fórmula os ácidos glicólico e kójico em concentrações cuidadosamente balanceadas e pHs equilibrados para não causar irritação na pele, o GLICOLIC K é um sérum que uniformiza, rejuvenesce e ilumina.

Outro produto igualmente formulado com concentrações balanceadas e pH equilibrado é o DEPORE MD, sérum com ácido mandélico e salicilico que combate a acne e as manchas de acne, dando uniformidade para a pele. 

PELE NEGRA TAMBÉM PRECISA DE PROTEÇÃO SOLAR

Se você pensa que a pele negra não necessita de proteção solar, eu sinto lhe informar, mas você está totalmente equivocado. Apesar desta pele ser mais resistente ao sol, este fototipo também precisa ser protegido pois mancha com muita facilidade.

O Dr. Maurizio Pupo explica que por conter mais melanina, os protetores solares com fator 50 já são suficientes para este tipo de pele, outra dica do especialista é optar pelos protetores com efeito matte, pois desta forma, além da proteção solar você também consegue ter o controle da oleosidade.  Além disso, o Dr Maurizio alerta para a importância de sempre utilizar protetor com longa duração, 12 horas, que não necessitam de tantas reaplicações ao longo do dia.

Para a proteção solar da pele negra a Ada Tina possui o Protetor Solar Para Peles Oleosas Normalize Matte Intense FPS 50 que protege a pele contra os raios solares, possui longa duração, 12 horas, e ainda deixa a pele sequinha.

Normalize Matte Intense FPS 50

Finalizando nossas dicas de skincare para a pele negra, está a hidratação corporal. Você viu que apesar de na maioria das vezes apresentar oleosidade na pele do rosto, este fototipo também pode ter características de ressecamento e descamação (aparência esbranquiçada) no corpo, certo?

Então, para manter a pele bonita, viçosa e com aspecto saudável, é necessário tomar muita água e passar um creme corporal com potente ação hidratante tendo em sua composição ativos como ceramidas, vitamina E, niacinamida, manteiga de karité entre outros.

O Nutribalm Lipid Replenish da marca italiana Ada Tina, além de contar com todos esses benefícios, ainda hidrata profundamente, deixando a pele luminosa e macia sem pesar. 

TIPOS DE PELE: DESCUBRA A SUA E VEJA COMO CUIDAR!

Você sabia que existem tipos de pele bem diferentes e que cada um deles demanda cuidados próprios? Hoje, te convidamos a descobrir as características dos tipos de derme, como você pode identificar cada um delas, assim como o tratamento adequado para todos os casos.

Nós da ADA TINA adiantamos que há 4 tipos de pele: normal, seca, oleosa e mista. Cada uma delas possui origem genética, mas hábitos como proteção, alimentação, alterações hormonais, estresse e estilo de vida interferem no seu estado.

Quer descobrir mais sobre os tipos de pele e as influências internas e externas que atingem a sua saúde dermatológica? Acompanhe a leitura deste blog post que é um estudo pormenorizado das características existentes!

Os tipos de pele realmente existem?

Sim, os variados tipos de pele existem e esse é o tema que nós da ADA TINA preparamos hoje para facilitar a sua vida e ainda te ajudar a entender mais sobre saúde dermatológica e cuidados necessários à tez.

Um dos principais exemplos disso são os produtos desenvolvidos por especialistas para cada uma delas, como também para o tratamento e prevenção das doenças, como os 3 tipos de melasma e demais manchas que atingem as dermes.

Mas, afinal de contas, como é feita a identificação do seu tipo de pele? É simples, a identificação dos padrões epidérmicos é realizada levando-se em consideração o equilíbrio entre glândulas sebáceas e a hidratação natural.

Ao identificar um tipo, o indivíduo, juntamente com seu especialista em dermatologia, conseguem definir o melhor cuidado e, em caso de condições severas, tratamento às doenças epidérmicas já existentes.

Agora que você sabe que os tipos de pele realmente existem, temos uma pergunta: você deseja oferecer à sua pele os produtos ideais para a prevenção de doenças, não recorrendo aos erros comuns na hora de escolher dermocosméticos? Confira o conteúdo completo que a ADA TINA preparou para lhe auxiliar!

Conheça os tipos de pele

Para lhe ajudar a identificar os tipos existentes, preparamos este blog post com informações essenciais sobre o assunto, mas ressaltamos sempre a necessidade das consultas periódicas aos dermatologistas para sanar dúvidas importantes.
Veja na sequência as variações e descubra como evitar o uso de produtos dermocosméticos inadequados:

  1. Pele normal: conhecida como pele eudérmica, peles normais são naturalmente equilibradas.
  2. Pele seca: conhecida pela baixa produção de lipídios nas dermes, retendo menos água, portanto menos hidratada.
  3. Pele oleosa: conhecida pela alta produção de sebo, porém também exige hidratação especializada.
  4. Pele mista: conhecida por apresentar características presentes em outros tipos de pele.

Conheça a importância e como hidratar a pele corretamente e entenda logo abaixo a necessidade de oferecer a proteção adequada para cada um dos tipos cutâneos existentes. Siga a leitura:

Pele normal

O que é a pele normal?

Se você já se perguntou se a pele normal existe ou é um mito, preparamos um conteúdo essencial para responder esta e outras perguntas de quem possui um padrão de pele naturalmente balanceada. A considerada normal costuma ser chamada assim por apresentar características de hidratação e produção de sebo equilibradas.

Especialistas em dermatologia destacam o termo “pele eudérmica” como aquela em que a zona T – formada por nariz, testa e queixo, é levemente oleosa, não possuindo traços de pele seca ou produção de sebo excessiva.

Como reconhecer a pele normal?

O tipo de pele padrão apresenta aspectos naturais em maciez, hidratação e texturas em equilíbrio, além de:

  1. Ótima circulação de sangue.
  2. Poros pouco dilatados.
  3. Textura suave.
  4. Pele uniforme.

Dermatologistas apontam a tendência desse tipo apresentar ressecamento em idades mais elevadas, ocasionando marcas de expressão frequentes, por isso, confira com a ADA TINA 10 dicas de como evitar e tratar rugas.

Quais são os cuidados especiais para a pele normal?

Apesar de apresentar características equilibradas, a derme normal exige proteção específica, como é o caso do protetor solar Normalize Hydra Comfort FPS 90, que previne melasma, manchas na pele, linhas de expressão e envelhecimento precoce.

Engana-se quem pensa que protetores solares são bem-vindos apenas em exposição ao sol, lembre-se, além da proteção contra raios UVA e UVB, seu uso também é necessário contra luz visível em fontes artificiais como telas e lâmpadas.

Pele seca

O que é a pele seca?

O tipo de pele seca é reconhecida como aquela com baixa retenção de moléculas de água e produção de lipídios na derme, características que se agravam com o passar do tempo.
Se você possui um padrão de pele como este, confira a proteção adequada para o seu caso.

Como reconhecer a pele seca?

O tipo de pele seca apresenta:

  1. Baixa umidade nas camadas da derme.
  2. Perda relativa em hidratação na transpiração.
  3. Fatores como calor, alterações hormonais ativam grande diminuição em hidratação.

Quais os cuidados especiais para a pele seca?

Além de oferecer a esse tipo de pele hidratação constante e adequada, como o uso do protetor solar Normalize Hydra Comfort FPS 60, que é altamente recomendado.

Quer descobrir mais como cuidar e recuperar sua hidratação de pele seca? Nós da ADA TINA contamos todos os detalhes!

Pele oleosa

O que é a pele oleosa?

O tipo de pele oleosa é reconhecida como aquela com grande produção sebácea, oleosidade excessiva, poros abertos e a formação de lesões de acne.

Como reconhecer a pele oleosa?

Esse padrão dermatológico apresenta:

  1. Poros dilatados, visíveis e inestéticos.
  2. Brilho excessivo.
  3. Grande propensão em aparecimento de acnes.

Quais os cuidados especiais para a pele oleosa?

O tipo de pele oleosa exige proteção específica, como no caso do Protetor Solar Normalize Pore Control FPS 50, que auxilia no controle da oleosidade, brilho excessivo, além do auxilio ao não surgimento de cravos e acnes comuns para esses padrões.

Pele mista

O que é a pele mista?

O tipo de pele mista apresenta características presentes em outros tipos de pele, variando os níveis de hidratação e produção de sebo nas regiões da pele.

A pele considerada mista geralmente exige cuidados que proporcionam tanto o controle da oleosidade quanto a prevenção do ressecamento, principalmente no inverno. Por isso, ao reconhecê-la, você tem mais autonomia para identificar os produtos adequados.

Como reconhecer a pele mista?

A pele mista, com frequência apresenta:

  1. A região da testa, nariz e queixo com característica oleosa.
  2. Poros abertos com presença de lesão na zona T.
  3. Características de pele seca ou normal na maçã do rosto.

Quais os cuidados especiais?


Nós da ADA TINA destacamos o uso do Protetor Solar Biosole Fluid FPS 90, que auxilia no controle e prevenção de melasma com a presença de antioxidantes e altíssima proteção solar às radiações UVA e UVB, oferecendo resistência às regiões com grande produção sebácea e também hidratação às áreas de alta absorção hidrante.

Gostou? Compartilhe este post com outras pessoas que também sentem a necessidade de aumentar seus conhecimentos em relação ao seu tipo de pele. Continue nos acompanhando e confira os conteúdos preparados aqui no blog, por fim, não deixe de oferecer à sua pele os cuidados que irão mantê-la sempre saudável.

Até a próxima!

PELE NORMAL: EXISTE OU É UM MITO?

Se você já se perguntou qual é o seu tipo de pele, provavelmente constatou que produtos destinados à pele oleosa ou seca, deixam a desejar em fatores de nutrição ou hidratação, não é mesmo? Acalmando os ânimos de usuários em busca de informações sobre pele normal, hoje eu, Dr. Maurizio Pupo, farmacêutico especialista em cosmetologia, trago este tema ao blog.

Por isso, separe alguns minutos preciosos do seu dia e venha comigo desbravar este assunto cheio de mitos e verdades em relação a esse tipo dermatológico, além de conhecer também os cuidados destinados à saúde da pele.

Pele normal: o que é e como identificar?

Começo o conteúdo do post trazendo a informação sobre o tipo de pele que acompanha muitas dúvidas e incertezas, tudo isso porque antes mesmo da procura por um profissional em dermatologia, alguns consumidores iniciantes no tema arriscam em classificar a pele como seca, por aparentar pouca hidratação, ou oleosa, ao apresentar poros dilatados ou presença de acne.

Esta atitude comum entre usuários iniciantes de produtos dermatológicos leva muitas vezes ao agravamento de quadros em acnes e comedões, ao invés de contribuir para a proteção adequada da pele, tornando maior a vulnerabilidade aos fatores externos como as fontes luminosas em excesso, o que pode levar ao surgimento de manchas e imperfeições com o passar do tempo.

E por falar nestas dermatoses, saiba que a ADA TINA preparou anteriormente um guia de cuidados com a pele acneica no dia-a-dia explicando com detalhes como todos os tipos de pele, incluindo a normal, podem apresentar processos inflamatórios que favorecem o surgimento de acnes: não perca a chance de conferir o conteúdo na íntegra.

Para definir o termo “normal” da pele, saiba que ele faz referência à classificação da pele eudérmica, definição científica para a derme com características balanceadas, através de concentrações de sebo em equilíbrio e dilatação de poros e umidade controladas.

Por isso, se ainda restam dúvidas sobre o que é pele normal, indico um olhar mais atento para os seguintes tópicos que irão lhe auxiliar como identificá-la.

Este tipo de pele tem:

  • Poros pouco dilatados;
  • Oleosidade cutânea normal;
  • Textura homogênea e lisa;
  • Ausência de melasmas e manchas;
  • Baixa propensão à sensibilidade.

Reitero ainda a possibilidade de ter na reconhecida zona T, área da face que concentra testa, nariz e queixo, raros focos de oleosidade influenciados por fatores externos como alimentação, estresse ou uso inadequado de cosméticos, mas que não modificam a constituição natural da cútis de estrutura equilibrada.

Outro ponto importante a ser ressaltado é que, ao longo do tempo, o indivíduo com estas características de pele passa a apresentar ressecamento causado pela idade, o que a ADA TINA auxilia ao tratamento através do blog post “Como hidratar a pele do rosto sem erro!”.

O tipo de pele normal varia ao longo do ciclo de vida?

Em um outro caminho dos estados cutâneos (em constante mudança a partir de tendências externas como exposição excessiva a fontes luminosas, condições climáticas e poluição, ou fatores internos, tais qual alimentação, variações hormonais e cuidados com a pele), o tipo de derme é sim uma condição perene ao ciclo de vida.

Por conta destas características, saiba que a ADA TINA também reforça a necessidade de consulta a dermatologistas e outros especialistas em cuidados cutâneos para a conquista da tão sonhada saúde dermatológica. Ao descobrir as características da sua pele, e não apenas condições transitórias, você passa a entender melhor suas necessidades e como cuidá-la. Desta forma, indico para uma pele normal o início de uma rotina de cuidados que irá te acompanhar por meio de produtos dermatológicos ao longo do ciclo de vida, com itens próprios a essa derme.

Cuidados especiais para a pele normal:

Sabe-se que a ideia sobre constituições dermatológicas que não exigem tratamento é falsa, afinal, todas as peles possuem necessidades singulares, tanto em hidratação quanto em tratamento de possíveis alterações que possam surgir, além da proteção solar, é claro.

Hoje, uma série de itens podem ser utilizados nesse tipo de pele para realçar ainda mais suas características equilibradas, à exemplo dos ativos antioxidantes vitamina C e E, e os hidratantes ácido hialurônico e a niacinamida em conjunto com alternativas de retinóis para efeitos garantidos a longo prazo.

Ainda reforço que assim como em padrões de cútis secas e oleosas, consumidores de cosméticos devem evitar itens a base de óleo mineral ou parabenos, evitando agressões dermatológicas e reações alérgicas. Outra indicação fundamental é o uso de protetor solar para pele normal, que compõe, junto aos produtos acima, a rotina de cuidados necessários para este tipo de pele.

Gostou de conhecer mais sobre estas características da pele normal? Inclua os cuidados indicados na sua rotina e esteja com a saúde dermatológica em dia, além de conferir conteúdos exclusivos aqui no blog.

PELE SECA: 6 DICAS PARA RECUPERAR A HIDRATAÇÃO NATURAL!

Quem tem a pele seca costuma sofrer de uma série de incômodos no dia-a-dia, como a sensação constante de repuxamento, coceira, vermelhidões, sensibilidade, descamação e ocasionais inflamações. Resolver esses problemas é uma tarefa delicada e exige cuidados especiais. Continue a leitura e confira o que preparei para te ajudar a recuperar a boa aparência da pele!

Por que ficamos com a pele seca?

A pele seca é um dos mais característicos tipos de pele, identificada especialmente pela baixa produção de oleosidade, poros muito fechados, baixa concentração de lipídios e agentes bióticos trabalhando sobre sua superfície. Isso acaba causando uma série de sensibilidades, deixando sua pele vulnerável, já que a produção normal do sebo está abaixo do necessário.

Esse tipo de pele pode ser comparado a um campo árido, onde pouca vida se prolifera. Com isso, as bactérias boas não conseguem agir criando uma proteção extra para sua pele, ela começa a se tornar incapaz de reter a hidratação, perdendo a elasticidade, proteção, brilho e resistência.

A pele pode se tornar seca por uma série de condições chaves:

1. O clima do ambiente

O clima pode deixar a pele ressecada temporariamente, mas quando a perda de hidratação se prolonga, a situação pode se tornar crônica. Ambientes secos, frios e com muito vento são os principais fatores para o surgimento da pele ressecada. O excesso de calor, por sua vez, associado ao fotoenvelhecimento, também pode ser um agente do envelhecimento precoce.

2. Condições hormonais

Em especial o hipotireoidismo, quando a produção hormonal tem uma queda relevante, as condições hormonais afetam consideravelmente a saúde da pele, causando ressecamento, bolsões nos olhos e perda do viço da pele.

3. Produtos, roupas e ambientes

Usar muitos produtos químicos agressivos para a pele com frequência, como sabão, álcool e afins, causa um ressecamento acentuado na pele, removendo lipídeos mais rápido do que ela é capaz de repor.

Roupas muito pesadas ou acessórios, como máscaras mal vedadas e locais mal ventilados podem ser fatores que facilitam o ressecamento que, assim como no caso do clima, podem ser temporários ou se tornarem crônicos quando a cútis atinge certo nível de desidratação.

4. O Sol

Apesar de todos os benefícios, o sol também pode ser um dos principais vilões, pois ativa a produção sebácea na pele. Em tecidos mais enfraquecidos, pode ser o grande vilão do fotoenvelhecimento, causando processos inflamatórios, irritações e especialmente o aparecimento de manchas escuras, como o melasma.

5. Banhos muito quentes

O vapor de água quente é ótimo para cuidar dos poros da pele, mas com cautela. Em excesso, o banho quente causa prejuízos para o rosto até o couro cabeludo, trazendo consigo caspas e outros processos inflamatórios como a dermatite seborreica, por exemplo.

6. Idade

Com a idade, a produção de estrogênios aumenta, especialmente entre mulheres passando pela menopausa, e é natural que a pele perca sua elasticidade e tenha dificuldades de repor a sua hidratação e proteção natural com o passar dos anos.

Como tratar a pele seca?

O primeiro passo para tratar a pele seca é identificar a causa. Não é raro que isso seja um conjunto de fatores que acabam dificultando o equilíbrio da hidratação. O inverno, por exemplo, é a estação com condições relativamente desfavoráveis, exigindo cuidados especiais com a cútis para que os prejuízos não acabem se transformando na sua condição natural.

Mais do que identificar as circunstâncias na acentuação do ressecamento, é importante criar uma rotina de hidratação para ajudar a recuperar mais rápido a capacidade de reter o líquido sobre a pele. Não deixe de escolher produtos especiais para o seu tipo de pele, que no caso da pele seca envolve:

1. Cremes mais emolientes

Aproveite para usar cremes que tenham maior consistência e oleosidade, criando assim uma camada extra de proteção no estrato córneo, que é a parte mais superficial. A hidrofobia (não se mistura com a água) desse tipo de creme dificulta a perda de líquido.

Vale a pena buscar especialmente por princípios ativos como ceramidas essenciais, poderosos umectantes, ou seja, ativos que criam uma camada protetora evitando assim a perda de água transepidermal (perder água da pele) e a niacinamida, que tem uma atividade antioxidante importante para evitar a perda de elasticidade.

2. Sabonetes suaves

Por acumular menos óleo, esse tipo de pele também precisa de menos lavagens. É importante se proteger dos agentes poluentes e do suor do dia-a-dia, mas igualmente importante é escolher bem como ter esse cuidado. Evite sabonetes que secam a pele, e também o excesso de esfoliação. Uma vez a cada duas semanas costuma ser o suficiente.

Devido à sensibilidade na pele, é provável que durante o dia você sinta a necessidade de lavar o rosto, e você deve, desde que use um sabonete suave.

3. Demaquilantes e tonificadores

Os demaquilantes e tonificadores devem ser uma parte importante da sua rotina de skincare: evite ao máximo usar maquiagens comedogênicas. Devemos usar as não-comedogênicas, isto é, que não entopem os poros.

Ao demaquilar, use componentes sem álcool e com ação gentil com a pele, como as águas micelares, por exemplo. Então é hora da tonificação, que regula o pH da pele, o que é indispensável, afinal, esse é um dos fatores que ajudam na regulação dermatológica.

4. Séruns

Os séruns podem e devem ser usados em conjunto com o hidratante, já que têm absorção rápida. O mais interessante é que eles vêm turbinados com um princípio ativo especial para diferentes especialidades, como a vitamina C, o ácido hialurônico e a niacinamida, com propriedades anti-envelhecimento e de reconstrução dos tecidos muito importantes.

Lembre-se: o ideal é usar o sérum antes do creme hidratante.

5. Maquiagens com fator de proteção

Algumas maquiagens produzidas atualmente ajudam especialmente a dar um aspecto mais uniforme na pele, corrigindo a aparência rachada ou mesmo avermelhada, tudo isso sem causar danos ou afetar a saúde da pele.

Recupere o brilho e proteção da sua pele no dia a dia com as maquiagens Ada Tina.

6. Proteção solar

Por último e mais importante, garanta a proteção solar. No caso da pele seca, é comum que esse problema afete todo o corpo, exigindo um cuidado especial com os pés, mãos, cotovelos e ombros.

É importante usar protetor solar mesmo em dias sem sol. O FPS faz diferença quando falamos de proteção solar para peles secas, que devem começar a partir do fator 50.

A exposição ao sol pode piorar consideravelmente o envelhecimento e também o aparecimento de manchas escurecidas. Vale a pena ainda escolher um protetor especial para o tipo de pele seca, como o Normalize Hydra Comfort FPS 90, que conta com um alto fator de proteção, além de efeito calmante contra irritações que a exposição ao sol causa.

Outros cuidados essenciais com a pele seca

Além da rotina diária de cuidados com a pele, vale a pena ter alguns cuidados complementares:

– Beba muita água: estamos falando de hidratação, então nunca é demais reiterar o quanto a água é vital para recuperar o nível de hidratação.

– Cuide da alimentação: consuma alimentos ricos em vitamina A e E, frutas cítricas, peixes e vegetais ricos em água, como pepinos e melancia. Fuja de alimentos muito gordurosos, especialmente para evitar criar oleosidade na zona T do rosto.

– Evite acessórios e roupas abrasivas: a pele seca é muito sensível ao toque, e usar roupas pouco confortáveis ou acessórios que repuxem o cabelo ou a pele podem aumentar seu desconforto.

– Pratique exercícios: os benefícios dos exercícios para a pele seca são muitos, já que a boa oxigenação dos tecidos garante o melhor trabalho deles e maior retenção de hidratação, especialmente para pessoas com diabetes, já que o ressecamento da pele é um dos efeitos colaterais.

– Use sabonetes com efeito hidratante: troque a barra por um sabonete em gel e escolha álcoois em gel com fator hidratante, que preservem a textura da pele e não criem irritações prolongadas.

– Maneire na temperatura do banho: o banho quente é um grande vilão. Se não se acostumar com banhos mais frios, ao menos tente reservar água fria para lavar o rosto e os cabelos, isso já vai fazer uma boa diferença.

Gostou das dicas? Você pode fazer muito por sua pele seca, o importante é ter disciplina, boas informações e especialmente escolher produtos de qualidade. Na Ada Tina você encontra tudo isso e muito mais. Aproveite o blog Ada Tina para aprender mais sobre cuidados avançados com a pele.

ACNE E ESPINHAS: DICAS DE CUIDADOS COM A PELE ACNEICA!

cuidados com a pele espinhas

Os cuidados com a pele com acne acneica muitas vezes podem parecer uma jornada difícil. Mas o suporte profissional, informações de qualidade e produtos adequados vão fazer sua percepção e sua qualidade de vida melhorarem consideravelmente. No post de hoje, buscamos trazer uma série de dicas que vão te ajudar a se organizar em seus cuidados e ter resultados fáceis de ver e sentir.

O que é a pele acneica

A acne é uma dermatose, uma espécie de lesão sobre a pele, que é causada pelo acúmulo de óleo produzido como barreira natural, que acaba entupindo os poros da pele. Essa obstrução favorece a proliferação de bactérias, que se alimentam desse excesso de oleosidade, causando os comedões e processos inflamatórios como a acne.

A pele acneica é aquela que tem uma ou mais condições que favorecem esse processo inflamatório, que reaparece constantemente.

Os cuidados com a pele acneica envolvem diferentes processos, sendo o primeiro deles buscar auxílio de um dermatologista especializado, que vai ajudar a entender qual o conjunto de causas que tem favorecido o surgimento de acne em sua pele.

Aliás, se engana quem acredita que apenas as peles oleosas são afetadas pelas acnes. Todos os tipos de pele podem apresentar processos inflamatórios que favorecem a acne.

Apesar de a pele oleosa ter uma tendência maior à produção de óleo, outros tipos, com as peles sensíveis e ressecadas, justamente por sua sensibilidade, podem desenvolver acnes com facilidade se expostas a certas condições, como as que listamos a seguir:

Condições hormonais

A configuração hormonal é fundamental para a regulação dos mais diversos mecanismos de nossos corpos, e afeta diretamente a oleosidade em nossas peles através da mudança nos níveis de hormônios andrógenos, em fases como a adolescência, durante a gravidez e a menopausa.

Medicamentos

Medicamentos corticoides e especialmente aqueles que alteram a produção hormonal, como os comprimidos anticoncepcionais, costumam ser responsáveis pelo desequilíbrio de oleosidade na pele. Por isso é tão importante ter auxílio profissional ao escolher um método contraceptivo efetivo como um todo.

Alimentação

Alimentos ricos em açúcaresgorduras e leite, como chocolate, farinha branca, alimentos ultra-processados e massas favorecem o surgimento de espinhas, além de maioria ter pouco valor nutricional em relação àqueles nutrientes que poderiam favorecer a regulação da oleosidade.

Exposição ao sol

A exposição solar sem a proteção adequada pode desencadear processos inflamatórios na pele, causando manchas, câncer da pele e inclusive acelerar o envelhecimento. Além disso, pode ressecar a pele e causar descamação. O ressecamento acaba estimulando a pele a produzir mais oleosidade, o que deixa sua aparência ainda mais brilhosa.

A falta de higiene regular na pele Nossa pele morre e se reestrutura constantemente. Isso é natural, e é igualmente natural que alguns tecidos sejam mais difíceis de remover apenas com limpezas superficiais. É nesse momento que os cuidados de limpeza profunda da pele entram em ação.

E esse cuidado envolve também evitar o acúmulo de qualquer tipo de substância comedogênica, isto é, que entupa os poros, como cremes muito oleosos ou ficar muito tempo de maquiagem que obstrua os poros, especialmente na hora de dormir.

Estresse e depressão

Grandes vilões da saúde física e psíquica, o estresse e a depressão aumentam consideravelmente os níveis de cortisol, que podem estimular a oleosidade, além de problemas como a insônia, a má alimentação e outras circunstâncias cruéis com o bom funcionamento do organismo.

Dicas de cuidados com a pele acneica

Depois de identificar as diferentes causas para a acne, é hora de se ligar aos principais cuidados que vão transformar sua pele. A maioria dos tratamentos pode envolver diferentes ações, mas todas, sem exceção, passam pelos cuidados diários com a pele.

Por isso, conhecer as rotinas de skincare e seus benefícios é indispensável. E como falamos sempre em nosso blog, cada pele exige um cuidado diferenciado para atingir e manter a textura adequada. Por isso, escolher uma variedade adequada para seu perfil é um dos principais caminhos para o sucesso:

Cuidados com a pele acneica oleosa

Pela propensão natural aos processos inflamatórios relacionados à oleosidade, as peles oleosas precisam de uma regularidade maior na limpeza. O ideal é fazer uma boa limpeza de 2 a 3 vezes no dia, utilizando um sabonete com substâncias de poder secativo e também cicatrizante, como o ácido salicílico e o ácido sebácico.

Esses componentes reduzem a dilatação dos poros e também mascaram esse aspecto. Quando somado ao uso de cremes como os BB Creams, ajudam muito a alcançar o desejado efeito matte.

Para controlar a pH de sua pele, é indispensável a aplicação de um tônico facial após ao menos um limpeza diária, para finalizar e selar sua limpeza.

O conjunto ideal de produtos para cuidar da pele oleosa precisa contar com uma textura bastante suave, que evite a sobrecarga da pele. Produtos com textura em gel, fáceis de espalhar a serem absorvidos devem compôr seu conjunto de rotina diária de cuidados.

Isso se aplica não só à limpeza como também à hidratação, pois se engana quem acredita que peles oleosas não precisam de uma boa hidratação. O que deve ser evitado são apenas as texturas com óleo, principalmente o mineral. Princípios ativos como a Vitamina C são grandes aliados da sua pele, e fáceis de encontrar em séruns e protetores solares.

Proteja sua pele contra os efeitos do Sol

Falando neles, a proteção solar é sua principal aliada tanto para conservar seu tratamento quanto para evitar a oleosidade causada pelo fator solar.

Não deixe de escolher um modelo especial para peles oleosas, que contenha sílicas globulares secativas e controle a dilatação dos poros, como o Normalize Pore Control FPS 50, produzido especialmente para peles acneicas com oleosidade elevada.

Aqui no blog da Ada Tina você confere uma publicação completa com dicas para escolher o protetor solar ideal para peles oleosas de acordo com seu perfil, vale a pena conferir.

Cuidados com a pele acneica sensível e ressecada

A pele ressecada está diretamente ligada à sensibilidade, pois a dificuldade em reter a hidratação tira o viço e a capacidade de produzir sua proteção natural contra diferentes ameaças.

A falta de hidratação também tem uma forte relação com a perda de elasticidade e o envelhecimento precoce. E quando efeitos inflamatórios como o das acnes é somado a chance de acumular cicatrizes, o cuidado precisa ser ainda maior.

A hidratação é fundamental

Quem tem a pele propensa à sensibilidade precisa ter uma rotina de hidratação turbinada, aproveitando princípios ativos que defendam a pele enquanto promovem a regeneração celular em larga escala para evitar manchas de diferentes origens sobre a pele.

A pele mais ressecada se beneficia de hidratantes com textura mais oleosa, mas quando se trata da pele acneica, é importante manter sua rotina de cuidados usando produtos que tenham texturas mais suaves sem perder em nível de hidratação e proteção.

É nesse momento que séruns anti-idade contendo Niacinamida são muito bem-vindos. Cremes hidratantes com função probiótica também aumentam a saúde da cútis consideravelmente, devolvendo sua vitalidade.

Ainda mais prioritário do que em qualquer outro caso, a proteção solar para peles acneicas sensíveis precisa ser consideravelmente alta, com fator de proteção solar entre 70 e 90, já que as queimaduras solares aceleram processos inflamatórios, que são impiedosos em peles fragilizadas.

O melhor artigo que você pode garantir na sua rotina é um protetor facial durável, fácil de aplicar e que hidrate ao longo de todo o dia, como o Normalize Hydra Comfort FPS 90, que tem um toque hidratante poderoso sem precisar levar óleo em sua composição.

A relação entre pele ressecada e a oleosidade

Peles ressecadas geralmente desenvolvem acne na zona T, que envolve a região do nariz e as sobrancelhas, e essa natureza mista exige dois tipos distintos de cuidados: você irá tratar a zona T como uma área oleosa, mas o resto do rosto como uma área seca.

Evite lavar em excesso a pele mais ressecada, mas não deixe de conter a oleosidade da zona T, para garantir que as espinhas não se espalhem. Use sempre água fria ao lavar, e lance mão de sabonetes com textura suave na limpeza e corretivos com fator de proteção solar para uniformizar a textura sem abrir mão de uma proteção extra.

Outros cuidados importantes para peles acneicas

cuidados com a pele

Depois de identificar seu perfil de pele, as principais causas da acne e os produtos mais indicados para cada tipo de rotina, vale a pena considerar mais algumas dicas universais para todas as peles que sofrem com a acne:

– Jamais esprema as espinhas: todo tipo de pressão ou fricção só aumenta a irritação da pele e seu processo inflamatório. O ideal é manter a pele sequinha, livre de mais oleosidade, assim o pus das espinhas é contido de maneira natural. Espremê-las só prolonga o processo de proliferação de bactérias.

Por mais que a espinha suma na hora, o mais provável é que ela retorno e crie naquela área um processo inflamatório crônico.

– Cuidado na alimentação: Vitaminas A, C e E são muito bem-vindas para a saúde e restauração da pele. Legumes verde-escuro são ótimos antioxidantes . Gorduras boas, como a Ômega-3, presente em peixes, também é um ótimo estabilizador.

 Cuidado com dermatos comedogênicos: muitos cremes e especialmente maquiagens podem acelerar o aparecimento da oleosidade na pele, já que não são desenvolvidos para evitar o bloqueio ou abafamento dos poros. Além de evitar esse tipo de dermocosméticos, nunca deixe de remover completamente a maquiagem, seguindo o processo de remoção, lavagem e tonificação.

Evite o abafamento dos poros em outras circunstâncias, como ao usar máscara: dê prioridade aos modelos regulamentados pela OMS, como alta respirabilidade e o volume adequado de camadas protetivas, assim você evita a chamada masknea tendência inflamatória acneica acelerada por máscaras que abafem a pele do rosto.

Gostou de nossas sugestões? O blog da Ada Tina está sempre com novas publicações especializadas para a saúde e proteção para todos os tipos de pele. Basta seguir nosso blog e nos encontrar também nas redes sociais, estamos sempre com conteúdos atualizados!

TIPOS DE PELE: COMO IDENTIFICAR CADA UMA DELAS!

Apesar de todas as peles parecerem semelhantes do ponto de vista anatômico, funcional e bioquímico, existem grandes variações entre elas que devem ser levadas em consideração. No início de 1900, foram rotulados quatro tipos de pele, sendo elas: pele seca, oleosa, mista e sensível. Durante o mesmo período de tempo, o mercado de produtos para a pele se desenvolveu rapidamente com várias inovações. Assim, as designações tradicionais para a pele têm sido vistas como descrições incompletas, fornecendo orientação insuficiente para que profissionais e consumidores escolham os produtos adequados para cada tipo de pele.

Como identificar tipos de pele

Pensando nisto e analisando que cada pessoa possui uma necessidade particular para cuidados com a pele, surge uma nova classificação: o Sistema Baumann de Classificação dos Tipos de Pele (BSTS), baseado em quatro parâmetros:

1 – Hidratação da pele: oleosa versus seca;

2 – Sensibilidade da pele: resistente versus sensível;

3 – Pigmentação da pele: pigmentada versus não pigmentada;

4 – Tendência a rugas: enrugada versus firme. O modo como os quatro fatores combinam entre si produz 16 tipos de pele.

Todos estes parâmetros devem ser considerados para uma avaliação precisa do tipo de pele, tanto para os pacientes se autoavaliarem, quanto para os profissionais serem capazes de recomendar os cuidados necessários. Por exemplo, uma pessoa com pele seca, sensível, com pigmentação e enrugada, exigiria produtos ou tratamentos diferentes de um indivíduo com pele oleosa, resistente, não pigmentada e sem rugas.

Tipos de pele segundo Baumann

  1. Pele Oleosa, Sensível, Pigmentada e Enrugada: caracterizada por acne, rubor facial (vermelhidão) e frequente irritação, muitas vezes seguidos por manchas de acne ou manchas escuras de melasma, com tendência a rugas devido aos danos causados pela exposição ao sol ou hábitos de vida como o tabagismo, por exemplo. Para este tipo de pele, deve-se usar protetores solares, produtos que possuem ativos hidratantes, despigmentantes, antioxidantes e anti-inflamatórios, para tratar as rugas, tratar acne e espinhas, e manchas hiperpigmentadas.
  2. Pele Oleosa, Sensível, Pigmentada e Firme: caracterizada por acne, rubor facial e alergias de pele. Este tipo de pele tem uma tendência menor a rugas do que outros tipos, e o segredo para o tratamento é a prevenção, utilizando filtro solar, produtos que possuem ativos hidratantes, despigmentantes e anti-inflamatórios, controlando a vermelhidão, as espinhas e as manchas da pele.
  3. Pele Oleosa, Sensível, Não Pigmentada e Enrugada: caracterizada por pele clara, com menor concentração de pigmento, portanto, com menor proteção natural e maior tendência a rugas, rubor e rosácea. Este tipo de pele apresenta com frequência acne e espinhas, poros abertos, manchas vermelhas, dificuldade para bronzeamento e queimaduras frequentes. Como tratamento é recomendado cuidados diários com o uso de filtros solares evitando a exposição ao sol, além de produtos que contenham antioxidantes, anti-inflamatórios e ativos hidratantes.
  4. Pele Oleosa, Sensível, Não Pigmentada e Firme: seu problema consiste no rubor facial, pois é fina e pode sofrer de rosácea, além de apresentar acne e espinhas, manchas vermelhas, descamação, irritação e queimaduras solares frequentes, além da possibilidade de desenvolver câncer de pele pela exposição solar constante. Deste modo, deve-se utilizar protetores solares obrigatoriamente, além de produtos que contenham ativos hidratantes, antioxidantes e anti-inflamatórios.
  5. Pele Oleosa, Resistente, Pigmentada e Enrugada: caracterizada por poros abertos, manchas escuras e oleosidade. As rugas aparecem com o tempo, com crises de acne eventuais. Além disso, por ser resistente, possui uma forte barreira de proteção, possibilitando o uso de produtos com maiores concentrações de ativos. O tratamento pode conter produtos com filtro solar, hidroxiácidos, ativos hidratantes, despigmentantes e antioxidantes para pele.
  6. Pele Oleosa, Resistente, Pigmentada e Firme: raramente sofre com sensibilidade, podendo apresentar rosto brilhante, manchas escuras, rugas mínimas e acnes ocasionais, podendo bronzear facilmente. Usar protetor solar, não ser tabagista e utilizar produtos antioxidantes pode auxiliar a manter a pele saudável e radiante.
  7. Pele Oleosa, Resistente, Não Pigmentada e Enrugada: pele da grande maioria das pessoas, podendo apresentar brilho facial, acne discreta, dificuldade para bronzear e pouca necessidade de hidratante. Como este tipo de pele tem uma menor concentração de pigmento, há uma proteção natural menor e consequentemente uma maior tendência a enrugar. Deve-se concentrar nos tratamentos intensos para as rugas e utilizar produtos que contenham ativos hidratantes, hidroxiácidos e antioxidantes para pele.
  8. Pele Oleosa, Resistente, Não Pigmentada e Firme: caracterizada por uma pele harmônica que possui uma tendência menor a rugas pelos bons hábitos de vida e dificilmente apresenta manchas, vermelhidão e ressecamento. O bronzeamento também é difícil devido à falta de pigmentação. Deve-se usar loções de limpeza e esfoliantes, além de filtro solar e produtos com ativos hidratantes.
  9. Pele Seca, Sensível, Pigmentada e Enrugada: caracterizada por uma pele muito fina que sempre se descama. A maioria dos produtos ocasionam coceira, ardência e irritação na pele, causando muitas vezes o escurecimento da pele nas áreas de acnes ou irritação. A barreira lipídica é fraca, tornando-a mais suscetível a desidratação. Para este tipo de pele é recomendado o uso de hidratantes, produtos com vitaminas, despigmentantes, antioxidantes e anti-inflamatórios.
  10. Pele Seca, Sensível, Pigmentada e Firme: mais sujeita a eczema, dermatites e descamações. Pode apresentar manchas de acne e placas eritematosas espessas e ásperas. Produtos de cuidados da pele devem conter filtro solar, reparar a barreira de hidratação com ativos hidratantes, despigmentantes e anti-inflamatórios.
  11. Pele Seca, Sensível, Não Pigmentada e Enrugada: tipo de pele reativa, caracterizada por ressecamento, descamação, queimação, rugas, vermelhidão, aspecto opaco e áspero. É recomendado que o indivíduo se proteja de ambientes secos, hidratando a pele e evitando produtos que causem irritação.
  12. Pele Seca, Sensível, Não Pigmentada e Firme: pele seca com descamações, áspera, vermelha e sem brilho. Pode ocorrer alergias e sensibilidades a produtos tópicos, além do surgimento de espinhas ocasionais. Deve-se utilizar hidratantes que restauram a barreira da pele (colesterol, ceramidas e ácidos graxos).
  13. Pele Seca, Resistente, Pigmentada e Enrugada: pele caracterizada por ser descamativa, com coceira, manchas escuras no rosto, rugas precoces, rugas nas mãos e alto risco de desenvolver melanoma. Para este tipo de pele é recomendado agentes clareadores como a vitamina C, que aumenta a produção de colágeno e ajuda a prevenir e tratar manchas.
  14. Pele Seca, Resistente, Pigmentada e Firme: possui raríssimos problemas com oleosidade e acne. É caracterizada por manchas do sol, manchas escuras (melasma), coceiras e descamação no rosto e pescoço. Para o tratamento, deve-se utilizar hidratantes com filtros solares para evitar manchas e sardas.
  15. Pele Seca, Resistente, Não Pigmentada e Enrugada: pele clara, devido a menor concentração de pigmento, que pode ficar frágil com o tempo, ocasionando rugas e aumento do ressecamento com a idade. Deve-se utilizar hidratantes ricos em antioxidantes para pele como a vitamina C e E, além de protetor solar de longa duração.
  16. Pele Seca, Resistente, Não Pigmentada e Firme: é a pele que possui uma aparência muito boa e raramente sofre de acne e vermelhidão facial. É uniforme e tem uma menor tendência a rugas pelos bons hábitos de vida, como evitar a exposição solar. Para os cuidados diários, recomenda-se o uso de produtos com filtros solares e ativos hidratantes.

Mas afinal, o que é ter uma pele normal?

A pele normal é a menos frequente entre todos os tipos de pele. É caracterizada por um aspecto saudável, com elasticidade, pouca oleosidade e textura aveludada. Apresenta poros pequenos e raramente aparecem acnes e manchas, sendo lisa e com aparência não brilhante.

Para os cuidados diários da pele normal são necessários produtos que mantenham seu estado fisiológico natural e garantam proteção contra agentes externos. É recomendada a limpeza para remover toda a sujeira com produtos não agressivos e logo após realizar a tonificação, para remover o excesso de oleosidade e estabilizar o pH da pele. No final do processo, é recomendada a hidratação, que modifica a superfície cutânea e deixa a pele com um aspecto mais jovem e saudável.

Quais são as características da pele seca?

A pele seca é caracterizada por ser rugosa e descamativa, com textura áspera e baixa elasticidade, além de ser fina e opaca, com um aspecto desidratado. Este tipo de pele é muito susceptível às mudanças de temperatura e umidade, sendo facilmente irritável.

As pessoas que possuem a pele seca têm maior chance de desenvolver rugas e marcas de expressão, pela dificuldade da retenção de água em sua superfície. A pele seca possui poros pouco visíveis e pouca luminosidade, sendo mais propensa a irritação causada por substâncias de uso tópico, podendo resultar em descamação e vermelhidão.

Além disso, a pele seca pode ter origem adquirida ou constitucional. A de origem adquirida decorre dos hábitos de vida do indivíduo, como a exposição a fatores ambientais (calor, frio, vento e umidade), exposição solar acumulada ou exposição a agentes químicos e medicações tópicas. Já a de origem constitucional é dividida em patológicas e não patológicas. As patológicas podem ocorrer por origem genética, caracterizadas por descamação anormal da pele, prejudicando a composição da barreira cutânea ou por mutações gênicas, que causam dermatites atópicas alterando o metabolismo dos ácidos graxos essenciais, provocando o aparecimento de placas pruriginosas. Já a pele seca não patológica é facilmente afetada por agentes externos, sendo muito frágil e considerada intermediária entre pele normal e seca.

Para os cuidados com a pele seca, deve-se realizar uma limpeza com loções pouco detergentes e logo depois a tonificação com produtos de baixo teor de álcool (máximo 6ºGL), com ação descongestionante e umectante. A hidratação deve ser feita com produtos que não ocluem os poros.

Quais cuidados recomendados para uma pele mista?

A pele mista é caracterizada por uma espessura fina, poros dilatados e por uma alternância de regiões secas e oleosas. A chamada “zona T” é o local onde a pele fica mais oleosa, composta por queixo, nariz e testa. Nas bochechas e extremidades, a pele é menos oleosa.

Além disso, a pele mista possui uma tendência a descamação e ao surgimento de rugas finas precocemente.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, os cuidados com este tipo de pele variam de acordo com a região. Para as regiões mais oleosas é recomendado seguir os protocolos de uma pele oleosa. Já nas regiões normais, os cuidados devem ser semelhantes aos da pele normal.

Características de uma pele oleosa

A pele oleosa é caracterizada por ser mais espessa, com poros dilatados e aspecto oleoso com tendência a desenvolver comedões (cravos abertos e cravos fechados), além de rugas tardias. As glândulas sebáceas do indivíduo que possui pele oleosa são hiperativas, produzindo mais sebo do que o necessário. Este sebo é liberado constantemente e junto com o suor formam uma película hidrolipídica excessiva, deixando a pele mais gordurosa com um aspecto brilhante. Este excesso de sebo é desencadeado por diversos fatores, tais como o estresse, mudanças hormonais, puberdade, uso de medicamentos e mudanças climáticas.

Os cuidados com a pele oleosa envolvem a normalização da secreção do sebo e suavização da superfície da pele. Deste modo, são recomendados produtos sem álcool, suaves e oil-free, que atuam profundamente na glandula sebácea que reduzem a produção de sebo, além removerem as células mortas e microrganismos da pele.

A pele envelhecida

O processo de envelhecimento é natural e progressivo, causado principalmente pela exposição solar sem fotoproteção, além de fatores  genéticos, reações metabólicas, etnia, sexo, tonalidade da pele, fatores ambientais, consumo de alimentos gordurosos, tabagismo, estresse e exposição a poluentes. No envelhecimento, o organismo começa a perder o controle sobre a homeostase, levando a morte das células.

A pele envelhecida, ou pele madura, possui aspecto ressecado e opaco, com marcas de expressão, rugas, flacidez, baixa elasticidade, alterações de pigmentação, diminuição da excreção sudorípara, perda de resistência, entre outros.

Qual é a finalidade de saber o seu tipo de pele?

Após esse guia completo que pode te ajudar como identificar tipos de pele sobre diversas classificações, ficou claro que pele não é um assunto qualquer. É importante ressaltar que é necessário sempre procurar um profissional adequado para identificar corretamente o tipo de pele, norteando quais serão os tratamentos indicados para cada individualidade. Deste modo, não ocorrerá o risco de surgir resultados não desejados, concentrando os produtos que o indivíduo realmente precisa de acordo com sua necessidade e tipo específico de pele.

Vitamina C para pele oleosa e acneica

Vitamina C para pele oleosa e acneica.

A vitamina C, também chamada de ácido ascórbico, é um dos mais potentes agentes antioxidantes, pois possui inúmeros benefícios comprovados, tanto para a pele como para a saúde do ser humano.

A vitamina C vem sendo utilizada em produtos que tratam manchas escuras da pele, rugas, marcas de expressão, flacidez e recentemente contra malefícios da poluição.

Vitamina C: pele oleosa e acneica

Uma grande novidade no uso da vitamina C e sua aplicação em produtos cosméticos está na sua aplicação em peles oleosas. Não apenas pelo sensorial do produto acabado, mas pelo seu potencial em reduzir a secreção sebácea e consequentemente reduzir a oleosidade cutânea.

Um recente estudo publicado no Drug Research, ainda revelou que a vitamina C além de ser um excelente antioxidante capaz de trazer inúmeros benefícios para a pele é também beneficiar até mesmo as peles mais oleosas.

Um grupo de vinte voluntários instruidos a aplicar durante noventa dias e em cada lado da face um produto com vitamina C hidrofílica ou lipofílica. Ao final do período de tratamento e utilizando-se uma técnica não invasiva de sebumetria, mediu-se as secreções sebáceas de ambos os lados da face.

Reduz a oleosidade, o sebo da pele e a acne

Segundo cientistas, além de boa atividade antioxidante os produtos com vitamina C foram capazes de reduzir a produção de sebo e reduzir a oleosidade da pele quando comparado a um grupo controle que utilizou formulações placebo.

Ainda segundo os cientistas, a vitamina C pode, portanto, ser utilizada como suplementação tópica para peles oleosas e com hipersecreção sebácea. Reduzindo a oleosidade cutânea, o número de lesões acneicas e melhorando a aparência da pele.

Vitamina C Pura Ada Tina

pure C 20

Pure C 20 Hyalo Clareador contém Vitamina C Pura 20%, ingrediente com alta eficácia anti-idade e clareadora superior.

Não oxida, promovendo o clareamento intenso das manchas escuras na pele, inclusive melasma grau 1, melasma grau 2 e melasma grau 3, com potente ação antioxidante, deixando-a uniformizada, bonita e saudável. 

Mousse de vitamina C pura para o rosto com ácido hialurônico preenchedor, traz a junção desses dois ativos potentes que rejuvenescem e iluminam a pele, pois combatem 8 tipos de rugas, reduzindo linhas de expressão e melhorando os sinais do envelhecimento precoce.

Além de textura mousse não oleosa e inovadora “Cream to Powder”, exclusivo da Ada Tina, que deixa a pele aveludada e com toque extrasseco.

Indicado para todos os tipos de pele, sendo a melhor vitamina C para peles oleosas, pois promove um efeito primer extrasseco e muito sedoso.

É o produto ideal para ser usado na pré-maquiagem, deixando a pele mais clara, rejuvenescida, uniformizada, iluminada e livre de rugas e imperfeições.

Pure C 40 Ultra Clareador – Duas vezes mais Vitamina C Pura

pure C 40

Primeiro mousse concentrado com duas vezes mais Vitamina C Puríssima sem adição de água e Ácido Hialurônico, indicado para uso noturno com efeito máscara ultraclareadora.

Pure C 40 Ultra Clareador clareia a pele intensamente e com máxima eficácia anti manchas e anti melasma, clareando até as manchas mais resistentes decorrentes do envelhecimento precoce.

Pure C 40 Ultra Clareador deixa ilumina a pele, deixa mais jovem e uniforme.

Primeiros resultados notados após 30 dias de uso.

Vitamina C para pele oleosa: confira os benefícios

Muito se fala sobre a ação antioxidante da vitamina C na pele. A substância é famosa entre os médicos dermatologistas devido a sua excelência em tratamentos antienvelhecimento. Conhecida também como ácido ascórbico, a vitamina C atua no controle dos radicais livres e combate o envelhecimento da pele, reduzindo rugas, marcas de expressão e até mesmo manchas escuras na pele.

Mas quais são os efeitos da vitamina C na pele oleosa? Para solucionar as dúvidas, conversamos com o farmacêutico e especialista em cosméticos, Dr. Maurizio Pupo, e desvendamos os benefícios desta substância no combate da oleosidade da pele.

Algum tipo de reação desencadeia a oleosidade da pele, seja ela ao calor, a exposição solar excessiva ou até mesmo ao uso de sabonetes agressivos. Irritada, a pele apresenta uma descompensação em sua hidratação, causando uma inflamação na pele. Como resultado, as glândulas sebáceas aumentam de tamanho, influenciam a produção de sebo e, consequentemente, aumenta-se a oleosidade da pele. É papel da vitamina C atuar, não apenas como antioxidante, mas também como agente anti-inflamatório. Por isso, a substância equilibra a hidratação da pele e garante o combate dos radicais livres. O Dr. Maurizio Pupo esclarece que a aplicação contínua garante benefícios muito interessantes: “Ao aplicar produtos com vitamina C diariamente, há um equilíbrio até mesmo das glândulas sebáceas, causando uma desinflamação da pele”, comenta. Entre os benefícios, o especialista destaca a oleosidade reduzida, bem como menor brilho, controle da acne e manchas na pele causadas pela acne.

Vitamina C para a pele: como escolher?

Quando questionado sobre a vitamina C, Dr.Maurizio ressalta a importância do uso de cremes e produtos tópicos. “A ingestão de alimentos com vitamina C não é suficiente para depositar esta vitamina na pele e trazer benefícios”, explica. Segundo o especialista, os melhores produtos de vitaminas C são produzidos em formato de mousse. Esta textura garante toque extremamente sequinho, de modo a conferir um efeito muito sedoso já no momento da aplicação.

O ideal é investir em produtos com textura aveludada e efeito primer, permitindo o uso da vitamina C durante todo o dia, ou até mesmo antes da maquiagem ou antes do protetor solar, e tudo isso sem deixar a pele oleosa.

Vitamina C Pura Ada Tina

pure C 20

Pure C 20 Hyalo Clareador contém Vitamina C Pura 20%, ingrediente com alta eficácia anti-idade e clareadora superior.

Não oxida, promovendo o clareamento intenso das manchas escuras na pele, inclusive melasma grau 1, melasma grau 2 e melasma grau 3, com potente ação antioxidante, deixando-a uniformizada, bonita e saudável. 

Mousse de vitamina C pura para o rosto com ácido hialurônico preenchedor, traz a junção desses dois ativos potentes que rejuvenescem e iluminam a pele, pois combatem 8 tipos de rugas, reduzindo linhas de expressão e melhorando os sinais do envelhecimento precoce.

Além de textura mousse não oleosa e inovadora “Cream to Powder”, exclusivo da Ada Tina, que deixa a pele aveludada e com toque extrasseco.

Indicado para todos os tipos de pele, sendo a melhor vitamina C para peles oleosas, pois promove um efeito primer extrasseco e muito sedoso.

Produto ideal para ser usado na pré-maquiagem, deixando a pele mais clara, rejuvenescida, uniformizada, iluminada e livre de rugas e imperfeições.

Pure C 40 Ultra Clareador – Duas vezes mais Vitamina C Pura

pure C 40

Primeiro mousse concentrado com duas vezes mais Vitamina C Puríssima sem adição de água e Ácido Hialurônico, indicado para uso noturno com efeito máscara ultraclareadora.

Pure C 40 Ultra Clareador clareia a pele intensamente e com máxima eficácia anti manchas e anti melasma, clareando até as manchas mais resistentes decorrentes do envelhecimento precoce.

Pure C 40 Ultra Clareador deixa ilumina a pele, deixa mais jovem e uniforme.

Primeiros resultados notados após 30 dias de uso.

PELE OLEOSA: MITOS E VERDADES

pele oleosa é, com certeza, cercada de muitos mitos sobre seus cuidados. Para ajudar você a manter sua pele sempre saudável e bonita, conversamos com o farmacêutico e especialista em cosmetologia, Dr. Maurizio Pupo, para desvendar alguns dos mitos e verdades sobre a pele oleosa. Confira!

Quem tem pele oleosa tem mais tendência a ter cravos e espinhas

Verdade! As pessoas com pele oleosa têm mais tendência a ter acne e cravos já que a oleosidade causa a obstrução dos poros. Dessa maneira, todo o sebo produzido fica retido dentro dos poros, proporcionando a proliferação de bactérias e causando inflamação. Como consequência, nasce a acne.

A alimentação não influencia a pele oleosa

Mito! O consumo das gorduras de má qualidade, em especial a gordura originada da carne, da manteiga e do leite, exerce uma grande influência sobre a oleosidade da pele. “Quando você ingere muita gordura de má qualidade, ela é eliminada pela pele, através do sebo, aumentando sua oleosidade e também a sua tendência a ter acne”, explica Dr. Maurizio Pupo.

Alterações hormonais podem influenciar a oleosidade da pele

Verdade! As alterações hormonais são mais frequentes nas mulheres e têm sim uma grande influência na oleosidade da pele. Um aumento dos níveis de testosterona, causados pelo ovário policístico, ou mesmo um aumento nos níveis do hormônio progesterona, causam um aumento na quantidade de secreção sebácea e, assim, deixam a pele ainda mais oleosa.

Apenas pessoas jovens tem pele mais oleosa

Mito! As pessoas mais maduras podem sim ter pele oleosa. “O clima quente do Brasil aumenta a oleosidade da pele, assim como a grande quantidade de raios ultravioleta aumentam a secreção sebácea”, esclarece Dr. Maurizio. Segundo o farmacêutico, os fatores externos, somados à má alimentação e problemas hormonais, fazem com que o adulto brasileiro tenha a pele mais oleosa.

Usar protetor solar diariamente aumenta a oleosidade da pele

Mito! Usar protetor solar diariamente não afeta, necessariamente, a oleosidade da pele. Os produtos, que antigamente tinham textura gordurosa, ganharam versões matificantes, ou seja, ajudam a controlar a oleosidade da pele absorvendo o sebo produzido. Estes produtos atuam diminuindo o tamanho dos poros, enquanto protegem a pele dos raios do sol e reduzem a oleosidade da pele.

A pele oleosa precisa de produtos hidratantes

Verdade! A pele oleosa é, geralmente, mais desidratada, devido ao uso de sabonetes e limpeza mais frequente. Por isso, a hidratação não pode ser deixada de lado. Dr. Maurizio Pupo indica investir em produtos hidratantes para a pele oleosa, com consistência gel ou gel-creme, que possuem formulações mais suaves e matificantes, que cuidam da oleosidade e mantêm a hidratação da pele normalizada.