Ácido GlicólicoÁcido KójicoÁcido TranexâmicoÁcidosADA TINADoença de PeleManchas na PeleMaurizio PupoNiacinamidaPeleProteção SolarRadicais LivresRecuperar a PeleRosto

Qual é o melhor ácido para clarear o melasma?

Qual é o melhor ácido para clarear o melasma?

Os ácidos estão cada vez mais presentes na rotina de cuidados com a pele, agindo efetivamente em diversas áreas de tratamento de danos na pele, inclusive nas manchas causadas pelo melasma.

Vamos descobrir quais são os melhores ácidos clareadores, confira!

O que é o melasma?

O melasma é uma condição da pele causada pela exposição aos raios UV do sol sem proteção adequada.

As manchas do melasma surgem, pois ocorre uma superprodução de melanina (hiperpigmentação), caracterizada principalmente em áreas com maior exposição ao sol, como as bochechas e a testa.

Como identificar o meu melasma para escolher o melhor tratamento?

pele com melasma

A classificação dos graus do melasma de acordo com o farmacêutico especialista em cosmetologia Dr. Maurizio Pupo são:

Melasma grau 1: É o melasma mais recente, com menos de 1 ano, com manchas ainda claras e menos profundas e que necessita de tratamento rápido para não evoluir para os graus mais graves. Também chamado de melasma epidérmico, pois as manchas estão localizadas nas camadas mais superficiais da pele.

Melasma grau 2: É o grau de melasma com mais de 1 ano, com manchas bem visíveis e mais escurecidas e que já não responde bem aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma misto, pois as manchas se localizam nas camadas superficiais e médias da pele.

Melasma grau 3: É o tipo de melasma com mais de 5 anos, antigo, persistente e com manchas profundas e resistentes aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma dérmico, pois as manchas escuras já se localizam na camada mais profunda da pele.

Melasma Grau 4 – É o tipo mais grave de melasma, com mais de 10 anos, muito antigo, muito persistente e com manchas muito profundas e muito resistentes aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma dérmico grave pois as manchas escuras já se encontram nas camadas mais profundas da pele com grandes depósitos de melanina.

Quais os melhores ácidos clareadores?

Os ácidos clareadores vêm ganhando cada vez mais espaço na rotina de cuidados com a pele, pois além de serem efetivos na  prevenção de manchas na pele, eles também são excelentes no tratamento de manchas como as de melasma. 

Mas, quais são os ácidos mais usados para clareamento de manchas, inclusive as do melasma?

Listamos os ácidos mais conhecidos, confira a seguir!

Ácido Ascórbico (Vitamina C) 

Esse ácido, mais conhecido como vitamina C, é um ativo solúvel em água com forte poder antioxidante, capaz de promover a síntese do colágeno e retardar a formação da melanina na pele (hiperpigmentação). Com isso, os benefícios do ácido ascórbico são diversos, tais como reduzir os danos do envelhecimento precoce, combater os radicais livres, ajudar no clareamento de manchas, inclusive as do melasma e deixar a pele mais iluminada e mais radiante.

Na linha de séruns da Ada Tina você pode encontrar o ácido ascórbico no PURE C 20 Sérum, um sérum clareador e anti-idade. Formulado para o tratamento e clareamento de melasma grau 3, manchas escuras e manchas solares. Além de tratar e reduzir as rugas profundas, rejuvenescer, aumentar a firmeza e a elasticidade da pele.

Ácido Tranexâmico

Esse ácido tem o poder de inibir a síntese de melanina, agindo de maneira diferente de outros produtos, pois atua como um anti-inflamatório. Assim ele combate as inflamações que causam manchas escuras de maneira muito eficaz e segura, sendo um excelente aliado no tratamento do melasma. Além de ser indicado para todos os tipos de pele. 

Na linha de séruns da Ada Tina você pode encontrar o ácido tranexâmico no CLARIVIS TX é um Sérum Ultra Clareador com Tripla Ação Clareadora formulado com Ácido Tranexâmico, Niacinamida e Alfa-Arbutin. É indicado para clarear manchas escuras da pele, inclusive melasma grau 2 e grau 3, além de manchas de acne e manchas de sol.

Ácido Kójico

Por se tratar de um despigmentante natural, o ácido kójico pode ser utilizado em conjunto com outros ácidos e substâncias. Além disso, outra vantagem bem importante é que ele pode ser aplicado na pele tanto à noite quanto ao dia, basta lembrar de fazer a aplicação de um protetor solar Ada Tina logo em seguida.

Na linha de séruns da Ada Tina você pode encontrar o ácido kójico no Clarivis High Potency, um sérum com alta potência clareadora e iluminadora, formulado com tripla combinação exclusiva de ácidos clareadores concentrados em 14,82%, que clareiam intensamente as manchas escuras, incluindo o melasma grau 3 e grau 4.

Ácido Glicólico

Um poderoso clareador, que além de clarear as manchas na pele, age prevenindo o surgimento de novas manchas. Possui capacidade de promover o rejuvenescimento da pele através de sua ação de renovação celular. 

Na linha de séruns da Ada Tina você pode encontrar o ácido glicólico no X-Peel Glycolic Ultra Peeling , um sérum anti-idade e clareador, formulado com Tecnologia Duplo Peeling. Esse poderoso sérum renova, rejuvenesce intensamente e clareia manchas escuras, inclusive o melasma, proporcionando uma pele muito mais jovem, bonita e uniforme.

Niacinamida (Ácido Nicotínico)

Também conhecida como niacinamida ou vitamina B3, este composto solúvel em água é multifuncional e super versátil. Capaz de clarear manchas inclusive as  do melasma. É também uma potente solução contra o envelhecimento precoce, sendo um ingrediente-chave para ajudar sua pele a permanecer mais jovem por mais tempo.

Na linha de séruns da Ada Tina você pode encontrar o ácido nicotínico no Clarivis Nia 10, sérum clareador, antimanchas e ultra concentrado. Formulado com Niacinamida Pura 10% + Ácido Hialurônico. Rico em agentes de permeação Clarivis Nia 10 previne, trata e clareia manchas escuras, melasma grau 1, sardas, imperfeições e manchas de acne.

Comentários

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *