MelasmaTipos de Melasma

TIPOS DE MELASMA: COMO IDENTIFICAR CADA GRAU

Muitos não sabem, mas o melasma é uma mancha de pele muito comum, atingindo cerca de 35% das mulheres no Brasil. O melasma, também conhecido como cloasma ou simplesmente “manchas escuras”, possui uma classificação de quatro graus, indo do superficial até o mais grave. Continue lendo este post para entender sobre os tipos de melasma e como tratá-los de uma forma segura.

O que é melasma?

O melasma é um distúrbio da pele que causa manchas castanho-escuras ou marrom-acinzentadas com formas irregulares. Caracteriza-se pela superprodução de melanina (proteína que dá cor/tom da pele) devido à alta exposição à alta radiação UV ao longo dos anos sem proteção adequada da pele, resultando em uma formação de manchas escuras no rosto. Essa condição está geralmente associada à gravidez, mas a atividade hormonal durante a gestação ou pílulas anticoncepcionais não são um fator causador do melasma, ou seja, os hormônios não são responsáveis ​​por essa pigmentação, mas a atividade hormonal pode sim, piorar a condição.

Tipos de melasma – Os 4 graus

É importante entender os diferentes tipos de melasma, que são definidos por graus. Por meio dessa classificação, podemos determinar a ação mais correta a ser tomada no tratamento, aumentando as chances de amenizar e clarear as manchas, pois quanto mais cedo for determinada a extensão do melasma e iniciados os cuidados, mais eficaz será o tratamento.

Eis a classificação em graus do melasma segundo o farmacêutico especialista em cosmetologia Dr. Maurizio Pupo:

Melasma Grau 1 – É o melasma mais recente, com menos de 1 ano, e com manchas ainda claras e menos profundas e que necessita de tratamento rápido para não evoluir para os graus mais graves. Também chamado de melasma epidérmico, pois as manchas estão localizadas nas camadas mais superficiais da pele.

Melasma Grau 2 – É o tipo de melasma com mais de 1 ano, com manchas bem visíveis e mais escurecidas e que já não responde bem aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma misto, pois as manchas se localizam nas camadas superficial e médias da pele.

Melasma Grau 3 – É o grau de melasma com mais de 5 anos, antigo, persistente e com manchas profundas e resistentes aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma dérmico, pois as manchas escuras já se localizam na camada mais profunda da pele.

Melasma Grau 4 É o tipo mais grave de melasma, com mais de 10 anos, muito antigo, muito persistente e com manchas muito profundas e muito resistentes aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma dérmico grave pois as manchas escuras já se encontram nas camadas mais profundas da pele com grandes depósitos de melanina.

Dessa forma, podemos entender os tipos de melasma, para que todos possam identificar quais estão presentes em sua pele e tratá-los de forma adequada.

Características dos graus do melasma

Melasma grau 1

Identificamos o melasma grau 1 como tendo um tom marrom mais suave, tamanho reduzido e aparência de um estágio de melasma pequeno, ainda superficial. As principais indicações para o tratamento do melasma grau 1 são séruns clareadores, vitamina C, entre outros. Combinar esses produtos com um protetor solar antioxidante e clareador é uma ótima maneira de clarear manchas escuras, proteger sua pele dos raios solares e prevenir futuros melasmas.

Clarivis Nia10

Para o grau 1, a recomendação de produto ideal é a combinação do sérum Clarivis Nia10 e do protetor solar antioxidante Biosole Oxy FPS 50 durante o dia e a noite. Após atingir o efeito clareador desejado, use Clarivis Nia10 somente à noite e mantenha o tratamento com Biosole Oxy FPS 50 para evitar o reaparecimento das manchas na pele. O melasma de grau 1, se detectado neste estágio mais leve e tratado adequadamente, não é um grande problema.

Melasma grau 2

O melasma grau 2 é caracterizado por ser uma mancha mais antiga, geralmente com mais de 1 ano, acometendo a epiderme e a derme, e é uma forma de melasma de difícil tratamento que pode ser assimilada com o uso de agentes clareadores mais fortes e protetores solares antioxidantes.

Clarivis TX

Para o melasma grau 2, os produtos utilizados no tratamento são o sérum Clarivis TX e o protetor solar antioxidante Biosole Oxy FPS 50 durante o dia e a noite. Depois de observar a evolução do tratamento e o efeito pretendido de clarear as manchas da pele, basta continuar com os cuidados adequados à noite com Clarivis TX, mantendo sempre Biosole Oxy FPS 50 de manhã e à noite de forma complementar e preventiva, para evitar que as manchas reapareçam.

Melasma grau 3

As manchas de melasma de grau 3 são grandes e antigas, visíveis há mais de 5 anos. Em estudos dermatológicos, o grau 3 é baseado em quanto tempo a mancha é visível e quão resistente ela é aos cuidados, ou seja, após diferentes tentativas de tratamento, o efeito não torna as manchas profundas mais sutis, por isso essas manchas escuras são consideradas de grau 3.

Porém, apesar da complexidade do tratamento do melasma grau 3, identificamos a possibilidade de tratá-la com produtos eficazes e uma filosofia focada nos 3P’s: Produto certo + Protocolo correto + Persistência fotográfica para clarear manchas indesejadas na pele e observar os resultados. Com os 3P’s, a probabilidade de eliminação do melasma grau 3 é muito alta e os resultados podem ser acompanhados passo a passo através da documentação fotográfica.

Pure C FPS 50

O tratamento do melasma grau 3 pode ser realizado com o uso do sérum Clarivis TX durante o dia, seguido da proteção solar de Pure C FPS 50 para proteger sua pele. Uma combinação de séruns e protetores solares clareadores é a melhor forma de combater o melasma de grau 3.

Melasma grau 4

O quarto e último grau é o mais grave grau de melasma. Com mais de 10 anos aparentes, ou seja, muito antigo, o melasma grau 4 apresenta manchas profundas e muito escuras. Esse tipo de mancha é muito resistente ao tratamento, por isso as principais indicações para o tratamento do melasma grau 4 são séruns clareadores que possuem combinações exclusivas de alguns ácidos clareadores em sua formulação. Combinar esses produtos com um protetor solar antioxidante e clareador é uma excelente maneira de clarear manchas escuras como as de melasma, protegendo sua pele da radiação UV, prevenindo futuros melasmas ou futuras recidivas.

Para o grau 4, a recomendação de produto ideal é a combinação do sérum Clarivis High Potency pela manhã e noite, e do protetor solar antioxidante Biosole Oxy FPS 50 durante o dia. Após atingir o efeito clareador desejado, mantenha o tratamento com o uso diário pela manhã de Biosole Oxy FPS 50 para evitar o reaparecimento das manchas na pele.

Tratamento do melasma com produtos ADA TINA

A Ada Tina possui uma diversa gama de produtos voltados para o tratamento de manchas na pele, principalmente do melasma. Além de apresentarem resultados dermatologicamente testados, os produtos Ada Tina não possuem substâncias tóxicas para a saúde da pele, são livre de parabenos, não testados em animais e totalmente seguros para gestantes. Confira nossa linha de produtos clareadores de manchas clicando aqui!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.