Tag: shampoo anticaspa

SHAMPOO ANTIQUEDA: ENTENDA PARA QUE SERVE E SEUS EFEITOS

A queda de cabelo é uma doença que afeta muito a autoestima, tanto de homens quanto de mulheres. A boa notícia é que esse distúrbio pode ser combatido e tratado com produtos estimulantes do crescimento capilar. Continue lendo para saber tudo sobre o shampoo antiqueda e os cuidados com a calvície.

O que é o Shampoo Antiqueda?

O shampoo antiqueda é um produto para limpeza capilar, que possui um estimulante da raiz dos cabelos, incentivando o crescimento de novos fios e deixando-os mais fortes e resistentes, sem ressecar. O uso do shampoo faz parte do tratamento de algumas formas de calvície, como a alopécia androgenética e o eflúvio telógeno, que afetam tanto homens quanto mulheres.

Para quem é?

O uso do shampoo antiqueda é voltado para o tratamento de certos tipos de calvície, como dito anteriormente, principalmente para os casos de alopécia androgenética e eflúvio telógeno.

A alopécia androgenética é o distúrbio de calvície mais comum, de causa hormonal (DHT) e genética, seja em homens ou mulheres. Essas duas razões principais são propícias ao definhamento dos folículos capilares e à aceleração da perda de cabelo. Já o eflúvio telógeno é uma condição na qual a perda de cabelo aumenta a cada dia. Diariamente perdemos até 100 fios por dia, e isso é normal, enquanto no eflúvio telógeno a perda de cabelos pode chegar até 600 por dia. Existem dois tipos de eflúvio telógeno: agudo e crônico O agudo que ocorre três meses após um evento que desperta o início da queda de cabelo, como carência nutricional, pós-parto, doenças metabólicas ou infecciosas como a COVID-19, cirurgias e estresse. Já o eflúvio telógeno crônico, é semelhante à queda de cabelo aguda, mas com diferentes efeitos a longo prazo, evidenciando um cabelo mais volumoso na base e menos volumoso em seu comprimento, perdendo volume e afinando os fios.

Como utilizar o Shampoo Antiqueda?

Lave diariamente os cabelos com um shampoo antiqueda de boa qualidade, deixe-o agir por dois minutos, enxágue e repita a aplicação. Para melhores resultados, utilize também uma loção antiqueda que não possua substâncias tóxicas para a sua saúde.

Qual o melhor Shampoo Antiqueda?

O shampoo Amplexe Antiqueda da Ada Tina é um poderoso shampoo que trata a alopecia androgenética (queda de cabelo hormonal) e trata também o eflúvio telógeno, promovendo o crescimento de novos fios e deixando-os mais fortes e resistentes. Possui os primeiros resultados comprovados em apenas 30 dias, reduzindo a queda e estimulando o crescimento de novos fios com eficácia em 30 e 90 dias. Além disso, o Amplexe Antiqueda é tricampeão brasileiro (2020, 2021 e 2022) de melhor shampoo antiqueda, eleito por especialistas na área de tricologia, pelo site de recomendações Mybest-Brazil. A linha Amplexe Antiqueda ainda é 25x mais potente do que o minoxidil*, comprovado cientificamente e garantindo excelentes resultados no combate a alopécia androgenética masculina.

Complemente o tratamento com outros produtos!

Além do shampoo, a linha Amplexe Antiqueda também possui a Loção Capilar Antiqueda, que atua em conjunto com o Shampoo Amplexe Antiqueda para fortalecer ainda mais os fios, promovendo o crescimento de novos fios e agregando mais volume. Para melhores resultados, use-o antes do Shampoo Amplexe Antiqueda, aplicando diretamente sobre o couro cabeludo e massageando por alguns minutos.

Tudo para Cabelo

Clique aqui e confira todos os produtos da ADA TINA específicos para a saúde dos cabelos e do couro cabeludo, desenvolvidos com matérias-primas genuinamente italianas, que dão resultados cientificamente comprovados.

*Informação baseada em um Estudo Clínico multicêntrico randomizado comparativo, publicado em Skin Pharmacol Physiol .2017;30(6):298-305 utilizando o conceito de potência farmacológica e comparando o ingrediente ativo versus o Minoxidil na Alopécia Androgenética Masculina.

ENTENDA A CASPA E A DERMATITE SEBORREICA

A dermatite seborreica e a caspa atingem, com maior frequência, os homens. Esta doença da pele é uma alteração inflamatória do couro cabeludo causada pela provável presença de fungos na pele. Na maioria dos casos a dermatite seborreia é crônica e está normalmente relacionada a uma alteração hormonal no homem, causada pelo excesso de produção do hormônio testosterona e a consequente produção excessiva de sebo. Como resultado, a pele se torna irritada pela alta quantidade de sebo, produz prurido, se torna avermelhada e descama (caspa).

A dermatite seborreica costuma ocorrer em picos, dividindo-se em três períodos: nos primeiros três meses de vida, durante a puberdade e durante a vida adulta, com seu ápice entre os 40 e 60 anos de idade.

Caspa: primeira etapa da dermatite seborreica

Mais comum que a dermatite seborreica, estima-se que a caspa no cabelo acomete cerca de 50% da população adulta mundial, sendo também mais comum nos homens do que nas mulheres. Restrita ao couro cabeludo masculino, este quadro envolve prurido e a descamação da pele e, normalmente, se inicia na puberdade e atinge seu pico durante os 20 anos.

Vale ressaltar também que muitos médicos dermatologistas consideram a caspa como a primeira etapa da dermatite seborreica  – as patologias são consideradas pelos profissionais um espectro contínuo de uma mesma doença.

CASPA: O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Tipos de caspa

Os diferentes tipos de caspa são classificados conforme as características do couro cabeludo. A caspa oleosa é a mais comum e está diretamente associada à dermatite seborreica, uma patologia caracterizada pelo excesso de produção de sebo pelas glândulas sebáceas, caracterizada por flocos grandes e amarelados acompanhados por prurido e inflamação (vermelhidão).

Já a caspa seca ocorre nos couros cabeludos secos e normais, nos quais seu aparecimento está associada à inflamação que leva a descamação excessiva, além de ser caracterizada também por flocos brancos e finos. Outra categoria é a caspa resistente, que nada mais é do que a recidiva, que mesmo com tratamento, volta a acometer o couro cabeludo.

Caspa sensível x Tratamentos químicos

O couro cabeludo sensível apresenta irritação, intolerância às substâncias agressivas e, em muitos casos, coceira. Esta irritação pode ser desencadeada por diversos fatores como frio, vento, estresse, alterações hormonais, poluição, sabões e tratamentos químicos.

Os alisantes capilares possuem em sua composição algumas substâncias irritantes para a pele e se usados incorretamente, podem ocasionar queimaduras graves no couro cabeludo, além de quebra dos fios e queda de cabelo. Devido a estas características, estes produtos podem levar a sensibilização dos couros cabeludos.

Caspa x Inverno

Mesmo sendo comum em todas as estações do ano, é mais comum que aumente as queixas sobre o aumento da incidência de caspa no inverno. Nesta época do ano são comuns os banhos muito quentes e demorados que podem promover o aumento da secreção sebácea, melhorando as condições para a proliferação do fungo.

Tratamento para dermatite seborreica

O tratamento existente para os tipos de caspa são os shampoos, que são específicos para cada tipo de couro cabeludo. Ou seja, para um couro cabeludo oleoso, o shampoo indicado é para caspa oleosa. Para um couro cabeludo sensível, é indicado um shampoo que não contenha substancias irritativas. Além disso, no inverno é indicado que os banhos sejam com temperatura mais amena e que os cabelos sejam bem secos para evitar o acumulo de água que poderia melhorar as condições para a reprodução do fungo.