Tag: prevenir o câncer de pele

Por que é tão importante escolher protetor solar com proteção anti-UVA1 longo?

A busca por uma pele saudável vai além da simples aplicação de protetor solar. É crucial compreender a importância de escolher um produto que ofereça proteção contra a radiação, principalmente UVA1 Longo. Antes de adentrarmos nesse aspecto, é fundamental entender o que exatamente esta sigla representa.

O que é UVA?

O UVA, ou ultravioleta A, constitui uma parte substancial da radiação solar que atinge a Terra. Diferentemente dos raios UVB, que têm maior intensidade durante o verão e são responsáveis por queimaduras solares, os raios UVA são constantes ao longo do ano, independentemente do clima, e penetram mais profundamente na pele. Essa capacidade de penetração destaca sua relevância nos cuidados com a pele, podendo contribuir para danos a longo prazo.

O que é UVA longo?

Entender a diferença entre UVA curto e UVA longo é importante para a saúde da pele. O UVA longo, também conhecido como UVA 1, refere-se às ondas de comprimento mais extenso dessa radiação, penetrando profundamente na pele, inclusive através de vidros. Esta penetração mais profunda pode desencadear consequências sérias, como fotoenvelhecimento extremo com o surgimento e agravamento de rugas e linhas de expressão, manchas persistentes e aumento do risco de câncer de pele.

Qual a importância do uso diário de protetor solar anti-UVA longo?

Diante desse cenário, a escolha do protetor solar torna-se uma decisão estratégica para a saúde da pele. Optar por um protetor solar de amplo espectro, com FPS 50+ e proteção contra os raios UVA e UVB, é essencial. No entanto, para uma defesa completa, é necessário garantir que o produto ofereça proteção específica contra o UVA1 Longo, pois optar por fórmulas enriquecidas com agentes específicos contra essa forma de radiação amplia a proteção da pele, fornecendo uma barreira robusta contra os efeitos prejudiciais, como fotoenvelhecimento extremo e riscos aumentados de câncer de pele.

Ingredientes como Tinosorb M, conhecido por sua eficácia na absorção da radiação UVA1 Longo, e antioxidantes como DIFENDIOX®, presentes em protetores solares como o Biosole Extreme FPS 99 da Ada Tina, são aliados poderosos na luta contra os danos causados pelo sol. Essa abordagem proativa eleva a eficácia do protetor solar, garantindo uma defesa abrangente e duradoura, indispensável para preservar a saúde e a beleza da pele a longo prazo.Ao entender a natureza do UVA e sua variação em comprimentos de onda, você poderá tomar decisões certeiras na escolha do protetor solar, incorporando um elemento crucial para a saúde de sua pele na sua rotina de skincare e promovendo uma defesa abrangente contra os impactos nocivos da exposição solar prolongada.

biosole extreme fps99

Quais são as substâncias perigosas encontradas em protetores solares?

A escolha consciente de protetores solares envolve a consideração cuidadosa dos ingredientes presentes nas fórmulas. Algumas substâncias, quando presentes em protetores solares, podem representar potenciais riscos à saúde e ao meio ambiente. Entre essas substâncias, destacam-se a benzofenona e o oxibenzona (benzofenona-3), conhecidos por sua contribuição para a degradação dos recifes de coral e também doenças de pele, distúrbios hormonais e também é carcinogênico. Além disso, parabenos e petrolatos, comumente encontrados em protetores solares, são frequentemente associados a reações alérgicas e irritações cutâneas. Optar por protetores solares livres desses ingredientes nocivos, e escolher formulações com ingredientes naturais e seguros é uma abordagem mais saudável, tanto para a sua pele quanto para o ambiente. A transparência na lista de ingredientes e a busca por opções seguras são essenciais para garantir uma proteção solar eficaz e responsável.

Use protetores solares de qualidade

Em meio à preocupação com ingredientes tóxicos e prejudiciais à saúde da pele, a escolha por protetores solares de alta qualidade é de extrema importância, visto que os malefícios dessas substâncias muitas vezes superam seus benefícios. Os produtos da ADA TINA se destacam nesse cenário ao eliminar ingredientes como avobenzona, oxibenzona, octocrileno e 3,4 MBC, proporcionando uma proteção segura e eficaz para a saúde da pele.

Além disso, a certificação Clean Cosmetics em nossos produtos reforça nosso compromisso com a segurança, eliminando totalmente a presença de parabenos, conservantes associados a possíveis alergias e impactos à saúde, mesmo em dosagens consideradas seguras pela ANVISA. A busca por protetores solares de qualidade não apenas preserva a saúde cutânea, mas também representa um passo essencial para uma proteção solar confiável e responsável.

Câncer de pele: O auto exame pode mudar a sua vida!

Câncer de pele o que é?

O autoexame da pele é uma etapa essencial na detecção precoce do câncer. Conhecer os sinais e estar ciente de quaisquer alterações na aparência da pele é fundamental para manter a pele saudável. 

O câncer de pele é um dos tipos mais comuns de câncer no mundo. É um mito pensar que apenas pessoas de pele clara ou que já tem histórico de câncer de pele na família podem ter câncer de pele, a verdade é que com a incidência maior dos raios solares, torna-se necessário ter mais cuidado e observar.

Tipos de câncer de pele

Existem três principais tipos de câncer de pele: carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma. O carcinoma basocelular é o tipo mais comum e geralmente aparece como uma lesão ou ferida que não cicatriza. O carcinoma espinocelular é o segundo tipo mais comum e pode se desenvolver em áreas expostas ao sol, como o rosto e as mãos. O melanoma é o tipo mais perigoso de câncer de pele e pode se espalhar rapidamente para outras partes do corpo.

Causas e fatores de risco para o câncer de pele

A exposição ao sol é a principal causa do câncer de pele. A radiação ultravioleta (UV) do sol danifica o DNA das células da pele, levando ao crescimento anormal e descontrolado das mesmas. Além da exposição ao sol, outros fatores de risco para o câncer de pele incluem o uso de camas de bronzeamento, histórico familiar da doença, pele clara, sardas, queimaduras solares frequentes e sistema imunológico enfraquecido.

A importância do usar Protetor Solar

Certamente, compreendemos a indispensabilidade do filtro solar na rotina diária de cuidados com a pele, visto que sua proteção visa resguardar a primeira camada da pele. Portanto, é crucial optar por um protetor solar que assegure uma aderência duradoura, seja adequado ao seu tipo de pele, com um FPS apropriado e que ofereça uma proteção contínua de 12 horas, como os protetores solares da Ada Tina. Essa escolha não apenas contribui para prevenir manchas e o envelhecimento precoce, mas também otimiza a eficácia do cuidado dermatológico diário, proporcionando uma defesa robusta e duradoura contra os danos causados pelo sol.

A importância do autoexame

A detecção precoce do câncer de pele é crucial para o sucesso do tratamento e a cura da doença. O autoexame da pele permite que você se torne seu próprio defensor na luta contra o câncer. Ao realizar regularmente autoexames da pele, você pode identificar quaisquer alterações suspeitas, como manchas, pintas ou lesões, que possam indicar a presença de câncer de pele.

Como realizar o autoexame para o câncer de pele?

O autoexame da pele pode ser realizado em casa, com um espelho de corpo inteiro e um espelho de mão. Siga estes passos para realizar um autoexame eficaz:

  1. Comece examinando o rosto, incluindo o nariz, lábios, bochechas e orelhas. Use o espelho de mão para verificar áreas difíceis de visualizar.
  2. Em seguida, examine o couro cabeludo, usando um espelho de mão e separando o cabelo em pequenas seções.
  3. Continue verificando o pescoço, peito e parte superior das costas. Use o espelho de corpo inteiro para visualizar essas áreas.
  4. Em seguida, examine os braços, incluindo as palmas das mãos, dedos e unhas.
  5. Verifique a parte inferior das costas, nádegas e pernas, incluindo a planta dos pés.

O dermatologista e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Seção RS (SBD-RS), Fabiano Siviero Pacheco, alerta que existem algumas dicas, chamadas de “ABCDE”, que ajudam a identificar um possível melanoma durante o autoexame em casa.

– A letra “A” é Assimetria. O paciente pode observar se a pinta, ao ser dividida em duas metades, tem estas metades simétricas.

– A letra “B” é para cuidar as Bordas da lesão, pois toda pinta deve ter suas bordas lisas.

– A letra “C” refere-se às Cores da pinta, quanto mais cores diferentes (vermelho, branco, preto, tons de cinza), mais suspeita é a pinta.

– O “D” é o Diâmetro dos sinais, considerados com maior risco quando estão maiores de 0,6cm.

– A última orientação é a letra “E”, de Evolução. Uma pinta que progressivamente tem algum crescimento ou modificação deve ser investigada.

Como é realizado o diagnóstico 

O diagnóstico para o Câncer de pele é feito pelo médico dermatologista , através de dois exames: o “Dermatoscopia” ou a biópsia 

O Primeiro é um aparelho que permite ser vista as camadas de peles não vista a olho nu, já em situações mais específicas a biópsia é necessária para ter um diagnóstico preciso.

Tome controle da saúde da sua pele

O autoexame da pele é uma ferramenta simples e eficaz na detecção precoce do câncer de pele. Ao realizar regularmente autoexames e estar atento aos sinais e sintomas, você pode salvar sua vida ou a de alguém que você ama. Não subestime o poder do autoexame da pele e faça dele um hábito em sua rotina de cuidados com a saúde. Lembre-se de que um simples autoexame pode fazer toda a diferença para sua saúde e bem-estar.

Não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares para que todos possam estar cientes da importância do autoexame da pele na prevenção e detecção precoce do câncer de pele.

fontes das imagens utilizadas: https://elizaminami.com.br/tratamentos-clinica-eliza-minami/cancer-da-pele/

Ciência por trás da Tecnologia Solent® Tripla Proteção Solar 12 Horas UVA, UVB e Anti-UVA1 Longo

Na vasta variedade de protetores solares, a tecnologia Solent® da ADA TINA surge como uma inovação, promovendo uma defesa solar avançada e duradoura. Enquanto muitos protetores solares convencionais demandam reaplicações frequentes ao longo do dia e uma maior quantidade de produto, a Solent® estabelece um padrão prático e econômico ao oferecer 12 horas de proteção eficaz contra as radiações UVA, UVB e, especialmente, o UVA1 Longo, e segue o padrão Europeu de “um dedo basta” para todo o rosto, pois são protetores muito mais concentrados e testados nas normas COLIPA Europa ( Órgão Europeu que regulamenta produção e testes de Protetores Solares), e reconhecidas pela ANVISA Brasil.

A Tecnologia Solent® em Detalhes

O diferencial da tecnologia Solent® reside na sua capacidade de proporcionar uma proteção solar mais eficaz e duradoura. A combinação sinérgica de filtros solares intensamente fotoestáveis é o cerne dessa inovação, garantindo não apenas 12 horas de proteção UVA, UVB e UVA Longo, mas também 12 horas de fotoestabilidade.

Sem Avobenzona, Maior Estabilidade

Outro ponto crucial é a exclusão da avobenzona na fórmula da tecnologia Solent®. A avobenzona, comumente presente em muitos protetores solares, é conhecida por sua instabilidade e rápida degradação após a exposição ao sol, durando apenas cerca de 1 hora a 1 hora e meia. Esse curto período não apenas compromete a eficácia da proteção solar, mas também pode degradar outros filtros presentes no produto. Com a Solent®, essa preocupação é eliminada, garantindo uma proteção consistente por 12 horas, mesmo em condições de exposição solar prolongada.

Benefícios Práticos da Tecnologia Solent®

Além da eficácia cientificamente comprovada, a tecnologia Solent® proporciona praticidade à rotina de cuidados com a pele. A necessidade de reaplicações e retoques ao longo do dia é eliminada, simplificando o processo e tornando-o mais prático para o dia a dia agitado. Essa inovação não apenas protege a pele contra os danos imediatos causados pelo sol, mas também atua como uma medida preventiva contra o envelhecimento prematuro, maior prevenção do câncer de pele; máxima proteção de radiações UVA e UVB; maior prevenção de manchas; melasmas, lentigos e hipercromias. Também uma maior prevenção do envelhecimento intrínseco e extrínseco (Fotoenvelhecimento) e os riscos associados à exposição prolongada aos raios solares.

Ao escolher protetores solares equipados com a inovadora tecnologia Solent®, os benefícios não se limitam apenas à saúde da pele, mas também se estendem ao bolso. A ação de 12 horas de proteção oferecida pela tecnologia Solent® resulta em uma economia financeira significativa, pois elimina a necessidade constante de reaplicações ao longo do dia. Essa eficiência não apenas poupa recursos, mas também reduz os gastos associados à aquisição frequente de protetores solares. Ao adotar essa abordagem avançada e duradoura, os consumidores não só investem na saúde da pele, prevenindo danos imediatos e o envelhecimento prematuro, mas também adotam uma escolha financeiramente inteligente, otimizando os custos relacionados aos cuidados diários com a pele. A tecnologia Solent® destaca-se não apenas pela sua eficácia científica, mas também pela economia que proporciona, devido ao padrão Europeu de “um dedo basta”, oferecendo uma solução completa e vantajosa para uma rotina de skincare sustentável.

Melhores protetores solares com 12 horas de proteção

Confira quais são os protetores solares com mais eficácia contra os malefícios da radiação solar, com proteção prolongada da tecnologia Solent®:

Biosole Extreme FPS 99

biosole extreme fps99

Esse protetor solar possui, além das 12 horas de proteção solar garantidos pela tecnologia Solent®, máximo bloqueio anti-melasma, com Tinosorb® M Anti-UVA1 Longo, prevenindo manchas, melasma e fotoenvelhecimento.

Biosole Oxy FPS 50

biosole oxy

É um protetor solar clareador e antioxidante com Vitamina C, Niacinamida e DIFENDIOX, que combate 15 tipos de manchas e possui textura leve, toque seco, 12 Horas de Proteção Solar e 24 Horas de Proteção Anti-Melasma.

Biosole FPS 90

É o protetor solar Zero Melasma e anti-manchas, com dupla ação antioxidante de DIFENDIOX® e Vitamina E, contendo toque seco, não oleoso e textura leve, além das 12 horas de Proteção Solar e 12 horas de fotoestabilidade.

COMO IDENTIFICAR O CÂNCER DE PELE? MÉTODO ABCDE

Você já ouviu falar do método ABCDE? Ele é uma ótima maneira de identificar uma suspeita de câncer de pele, podendo você mesmo fazer o autoexame prestando atenção às pintas e manchas pelo corpo. Continue lendo e saiba tudo sobre como identificar o surgimento de um câncer de pele.

Quais as causas e características do câncer de pele?

Apesar de ter uma taxa de letalidade baixa, o câncer de pele é o mais comum de todos os cânceres. Essa doença é causada pelo crescimento anormal e exarcebado das celulas da pele, muito influenciada pelo alto índice de radiação ultravioleta emitida pelo sol em nossa pele sem a devida proteção. Essa exposição solar oferece um alto risco a saúde cutânea, não favorecendo apenas o distúrbio como também o surgimento de rugas, linhas de expressão, flacidez e manchas escuras, como o melasma.

Apesar de se desenvolver em todo o corpo, seu surgimento é mais frequente nas áreas expostas ao sol, como o rosto, orelhas, couro cabeludo, pescoço, etc. Essas áreas normalmente presentam sinais de dano solar, como enrugamento, mudanças na pigmentação como manchas e perda de elasticidade. Apesar do sol ser o principal vilão quando falamos de câncer de pele, ele não é o único causador. Alguns casos estão associados a feridas crônicas (que demoram muito para cicatrizar) e cicatrizes na pele, uso de drogas antirrejeição de órgãos transplantados e exposição a determinados agentes químicos ou à radiação.

O que é o método ABCD?

Para prevenir a evolução de um câncer de pele, é primordial que o detectamos no início, para que não cresça e coloque ainda mais risco à sua saúde. Para identificarmos precocemente a doença, o melhor a se fazer é analisar manchas e pintas suspeitas pelo nosso corpo, que dependendo de alguns fatores, pode se encaixar em um câncer de pele.

Para isso, existe o método ABCD, um autoexame seguro e eficaz, muito recomendado por dermatologistas e especialistas em pele, que consiste em características da mancha ou da pinta para cada letra que podem encaixar como um câncer de pele.

Método ABCD

A imagem a seguir ilustra os passos do método de autoexame, simples de ser realizado.

Como evitar e prevenir o câncer de pele?

Além de diversas mudanças nos hábitos e rotinas, um grande aliado na prevenção do câncer de pele são os dermocosméticos, principalmente os protetores solares, afinal eles são uma maneira segura e eficiente de proteger a pele contra os malefícios da radiação emitida pelo sol, necessitando de aplicação diária sobre a pele de modo a absorver ou refletir as radiações UVA e UVB, promovendo a prevenção do câncer de pele e o envelhecimento precoce, como rugas, manchas, flacidez e marcas de expressão.

Um poderoso ingrediente contra o câncer, presente em diversos dermocosméticos, é a vitamina E, que atua como um modulador de reação inflamatória maciça e estresse oxidativo, presentes no desenvolvimento de câncer de pele, podendo assim ser usado como um aliado na prevenção da doença.

Outro ingrediente com ação quimiopreventiva é a niacinamida, também conhecida como vitamina B3, que aumenta o reparo no DNA e modula a reação inflamatória induzida pela radiação ultravioleta, sendo um promissor agente no combate ao câncer de pele.

Melhores produtos para evitar o câncer de pele

A Ada Tina possui os melhores dermocosméticos do mercado, únicos com 3 tipos de proteção altamente duradoura, sendo 12 horas de proteção UVA + 12 horas de proteção UVB, além de 12 horas de fotoestabilidade, evitando as reaplicações constantes ao longo do dia. Confira agora os melhores protetores solares para o combato ao câncer de pele, ricos em ingredientes capazes de proteger o DNA da pele, como a Vitamina E e a Niacinamida.

Biosole Oxy FPS 50

Biosole Oxy 50

O Biosole Oxy FPS 50 é um protetor solar clareador de manchas com Vitamina C, Niacinamida e DIFENDIOX®, desenvolvido especialmente para proteger e tratar as peles com melasma, atuando no combate à 15 tipos de manchas, com eficácia antissinais e antirrugas, deixando a pele mais clara e rejuvenescida

Biosole E+ Ultra Vitamin FPS 90

Biosole E+ Ultra Vitamin

O Biosole E+ Ultra Vitamin FPS 90 é um protetor solar anti-idade e anti-manchas solares, com uma poderosa tripla ação anti-melasma de DIFENDIOX®, Vitamina E + clareadora e tecnologia Solent de 12 horas de alta proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade, garantindo maior proteção antimanchas, antimelasma e antienvelhecimento.

+ Clique aqui e conheça toda a linha de protetores solares da Ada Tina!

COMO EVITAR O ENVELHECIMENTO PRECOCE DA PELE?

Grande parte da preocupação com a beleza da pele para a maioria das mulheres (e muitos homens) é o envelhecimento precoce, que a deixa com que a aparência flácida, enrugada e manchada. Entretanto, existem diversas maneiras de combater esse envelhecimento. Continue lendo esta matéria e descubra!

Como evitar o envelhecimento precoce da pele?

O que é o envelhecimento precoce da pele?

É um processo natural que ocorre com a idade e a exposição a elementos ambientais. Sua pele é composta por uma complexa rede de colágeno e elastina. O colágeno ajuda a pele a permanecer firme e lisa, enquanto a elastina lhe dá elasticidade. Conforme você envelhece e se expõe aos raios solares, seu colágeno, elastina e ácido hialurônico se degradam, causando então o envelhecimento acelerado da pele.

Outros elementos que podem contribuir para esse processo de degradação é a alta exposição solar sem proteção, poluição, tabagismo, sedentarismo, estresse e má alimentação.

Sintomas do envelhecimento da pele

Os principais sintomas que podemos perceber quando falamos de envelhecimento cutâneo são:

Rugas e linhas de expressão: São aquelas marcas que aparecem apenas quando fazemos expressões e manifestações faciais  causadas pelo movimento dos músculos sob a pele, decorrente de danos causados pelo sol ou pela perda de elasticidade da pele.

Manchas escuras: São manchas na pele que podem incluir o melasma e o lentigo solar, causadas pela exposição ao sol, estresse crônico ou mudanças hormonais.

Flacidez da pele: Nossa pele fica mais fraca com a idade e começa a ficar flácida, normalmente ao redor da linha da mandíbula ou das bochechas e na área dos olhos. Isto é causado pela perda de colágeno e elastina na pele.

Dicas para evitar o envelhecimento da pele

Use protetor solar diariamente: Os raios UV do sol podem levar ao envelhecimento prematuro como rugas e manchas ou até mesmo o câncer de pele. Para evitar estes danos, certifique-se de usar protetor solar FPS 30+ (tanto para proteção UVA quanto UVB) diariamente antes de sair de casa, e de preferência, use filtros solares de longa duração, como os protetores da ADA TINA, que contém Tecnologia Solent de 12 horas de proteção solar contra as radiações UVA e UVB, sem necessidade de reaplicações ao longo do dia.

Exerça uma rotina skincare: O uso de dermocosméticos e o estabelecimento de uma rotina regular de cuidados com a pele é de extrema importância para evitar o aparecimento de rugas e manchas.

Mantenha uma boa alimentação: Sua pele é o maior órgão de seu organismo, portanto, o que você coloca em seu corpo tem um impacto direto sobre o aspecto exterior. Certifique-se de estar recebendo proteína suficiente, vitamina A (frutas e legumes de cor alaranjada, como abóbora, cenoura, manga, mamão, damasco, laranja e vegetais verdes, como espinafre e couve),  vitamina C (acerola, laranja e limão) e vitamina E (encontrada em óleos vegetais, como azeite ou o óleo de girassol e frutas secas). Consuma também polifenóis, que são antioxidantes potentes e importantes para a pele que podem ser encontrados em óleo de oliva, nozes, chá e café, frutas e vegetais, e vinho tinto. Esta é uma dieta muito utilizada na população do mediterrâneo.

Evite a exposição excessiva ao sol: Longos períodos de tempo expostos diretamente aos raios solares pode gerar sérios males, sejam imediatos (queimaduras) ou a longo prazo (rugas e melasma), principalmente durante as horas de pico, das 09h às 17h, quando os raios solares estiverem mais fortes.

Melhores produtos para combater o envelhecimento da pele

Se você está procurando os melhores produtos para combater o envelhecimento, não se preocupe mais. A ADA TINA tem uma variedade de produtos dermocosméticos específicos para combater os efeitos do envelhecimento precoce. Os produtos Ada Tina são feitos com óleos essenciais derivados da oliva, livres de parabenos e cruelty free.

Um deles é o Biosole AV FPS 50, um protetor solar anti-idade e antioxidante que previne o envelhecimento, protege o colágeno da pele, e a mantém jovem, uniforme e protegida, além de possuir 12 horas de proteção solar UVA e UVB.

Biosole AV FPS 50
Protetor Solar Anti-Idade Pró Colágeno Biosole Av Fps 50 – 50ml

Outro produto com alta eficácia é o Retintense 5.0, um sérum ultra rejuvenescedor e clareador, com peptídeos retinol like quatro vezes mais potentes, capazes de firmar, renovar e rejuvenescer a pele, reduzindo rugas e linhas e clareando manchas escuras sem os efeitos colaterais do retinol puro.

Retintense 5.0
Sérum Retinol Peptide Rejuvenescedor Clareador Retintense 5.0 – 30ml

Existe também o Liqui.Laser, o primeiro laser líquido com potente ação renovadora e clareadora, rico em Glycogen Hyaluronic Peptide que retexturizam, rejuvenescem e clareiam a pele profundamente. Além disso, o Liqui.Laser aumenta a produção de ácido hialurônico, que preenche e reduz linhas de expressão, rugas finas, rugas médias e rugas profundas, deixando sua pele com aparência até 15 anos mais jovem, sem ardência.

Liqui.Laser
Laser Líquido Renovador E Clareador Liqui.Laser – 30ml

Para tratamentos de outros tipos manchas ou patologias, nos consulte clicando aqui.

NIACINAMIDA PARA QUE SERVE ESSE CLAREADOR DE MANCHAS?

NIACINAMIDA: PARA QUE SERVE? CONHEÇA OS MAIORES BENEFÍCIOS DA NIACINAMIDA NA PELE

A Niacinamida é a forma biologicamente ativa da famosa Vitamina B3, que também é chamada de Niacina ou Nicotinamida. Com inúmeros benefícios para a pele que vão desde clarear a pele, hidratar, reduzir a oleosidade excessiva e ainda agir como antiglicante e antioxidante natural, a Niacinamida está se tornando a queridinha dos melhores dermocosméticos e um dos ativos mais indicados quando o assunto é como tratar a pele.

Niacinamida o que é?

Capaz de clarear a pele e tratar o melasma mais grave, controlar a acne e a oleosidade excessiva da pele e ainda hidratar sem deixar a pele oleosa, a Niacinamida é o ativo multifuncional mais estudado atualmente. Graças à sua propriedade antiglicante a Niacinamida clareia a pele com tom amarelado que os doces e o açúcar causam e ainda atua como antioxidante natural protegendo a pele do envelhecimento causado pelo sol, pelo cigarro e pela poluição. Quimicamente falando a Niacinamida é uma vitamina do complexo B e por ser hidrossolúvel não deixa a pele oleosa.

Niacinamida para que Serve?

A Niacinamida é reconhecida há anos pelas maravilhas que faz para a pele, porém somente agora chegou ao mundo da beleza e dos dermocosméticos. Apesar de ser muito utilizada em cremes clareadores, séruns antissinais e até em protetores solares associada à vitamina C, a Niacinamida é tão poderosa que consegue até mesmo reparar o DNA das células da pele e prevenir o câncer de pele. No entanto, é no tratamento do melasma que a Niacinamida mais se destaca. Para você ter uma ideia do poder clareador da Niacinamida, um estudo realizado no Japão mostrou que seu poder de clarear manchas escuras na pele é o mesmo da famosa e perigosa hidroquinona, porém sem os efeitos adversos desta substância que já está proibida em produtos cosméticos em quase todos os países do mundo.

Niacinamida e Vitamina C Associadas Funcionam Mais?

Se a Niacinamida já é tudo de bom, imagine quando associamos a Niacinamida com a Vitamina C. O resultado é duas vezes maior poder de clarear a pele e duas vezes mais poder antioxidante para a pele que no dia a dia é continuamente exposta aos perigos do sol, poluição, ozônio, luz azul, luz azul do celular, luz artificial e até luz vermelha que danificam, escurecem e envelhecem a pele dia após dia. Juntas a Niacinamida e a Vitamina C protegem profundamente a pele e podem até clarear o melasma mais grave e resistente, além de rejuvenescer a pele e mantê-la protegida contra o envelhecimento precoce, rugas, flacidez e até do câncer de pele.

PRODUTOS ADA TINA COM NIACINAMIDA E VITAMINA C JUNTAS

Pure C FPS 50:

Protetor Solar com Vitamina C e Niacinamida Clareador Pure C FPS 50 – 50ml

Pure C FPS 50 Protetor Solar Clareador com Vitamina C e Niacinamida rico em antioxidantes naturais e 12 horas de proteção solar que clareia a pele e trata os sinais do envelhecimento deixando a pele mais clara e rejuvenescida a cada dia de uso. Pure C FPS 50 possui 12 horas de proteção solar e está indicado para proteger a pele do sol e clarear as peles com manchas e sinais avançados de envelhecimento como rugas e marcas de expressão pois possui Niacinamida e Vitamina C em mais alta concentração.

Bioosle Oxy FPS 50:

Protetor Solar Clareador Biosole Oxy FPS 50 Vitamina C e Niacinamida – 40ml

Biosole OXY FPS 50 Protetor Solar Antioxidante com Vitamina C e Niacinamida que combate 15 tipos de manchas e ainda é capaz de proteger a pele por 12 horas seguidas contra os malefícios do sol, mantendo a pele mais clara e muito mais protegida. Biosole OXY FPS 50 ainda é rico em antioxidantes naturais que protegem a pele dos malefícios da poluição e do ozônio ajudando a deixar a pele livre de manchas e a prevenir o envelhecimento e o fotoenvelhecimento.

RAIOS UVA E UVB PODEM CAUSAR CÂNCER DE PELE?

Ao contrário do que se imagina, tanto a radiação UVA quanto a radiação UVB emitidas pelo sol podem causar câncer de pele.

Essa informação é encontrada no conceituado Jornal Química Nova vol. 30, que disserta sobre a diferença de cada tipo de radiação e o papel dos protetores solares na prevenção do câncer de pele e dos demais malefícios causados pelo sol. Sabemos que 95% da radiação ultravioleta emitida pelo sol é do tipo UVA e somente 5% é do tipo UVB. Confira abaixo o estudo publicado sobre as categorias de radiação ultravioleta emitidas pelo sol:

Radiação UVA

A radiação UVA compreende a faixa entre 320 e 400nm e que, embora não cause eritema com frequência, causa danos ao sistema vascular periférico e induz o câncer de pele, dependendo do tipo de pele e do tempo, frequência e intensidade da exposição. Além disso, a radiação UVA pode proporcionar de maneira indireta a geração de radicais livres, que promovem o envelhecimento e estão relacionados com o aparecimento do câncer de pele.

Radiação UVB

A radiação UVB compreende a faixa entre 290 e 320nm e que, por possuir alta energia, causa eritema, queimaduras solares, induz o bronzeamento da pele e ocasiona o envelhecimento precoce das células. A exposição frequente e intensa à radiação UVB pode causar lesões no DNA, diminuindo a resposta imunológica da pele. Além de aumentar o risco de mutações fatais que levam ao câncer de pele, a radiação UVB ainda reduz a probabilidade de uma célula maligna ser reconhecida e destruída pelo sistema imunológico cutâneo.

Qual é a diferença entre FPS e FPUVA

Enquanto o Fator de Proteção Solar (FPS) é a medida que um determinado filtro solar protege contra a radiação UVB emitida pelo sol, o Fator de Proteção UVA (FPUVA), antigamente denominado “Persistant Pigment Darkening” (PPD), fornece a medida que um filtro solar protege a pele contra a radiação UVA. O importante é que o FPUVA seja sempre igual ou maior a um terço do valor do FPS, proporcionando a garantia de que o filtro solar está protegendo a pele adequadamente.

A Importância dos Protetores Solares

Protetores solares são, portanto, uma maneira segura e eficiente de proteger a pele contra os malefícios do sol, necessitando de aplicação diária sobre a pele de modo a absorver ou refletir as radiações UVA e UVB, promovendo a prevenção do câncer de pele e o envelhecimento precoce, como rugas, manchas, flacidez e marcas de expressão.
Os melhores protetores solares, ou filtros solares, são aqueles com FPS igual ou maior que 30, podendo ainda ser adaptados à pele de cada consumidor possuindo toque seco, ser formulados com cor e conter grandes quantidades de antioxidantes que protejam a pele dos radicais livres gerados pela radiação ultravioleta, em especial a radiação UVA.

PROTETORES SOLARES REDUZEM O RISCO DE MELANOMA

A cada 100 mil habitantes, 2,24 morrem de melanoma, um tipo de câncer de pele considerado maligno. Segundo o INCA, Instituto Nacional do Câncer, o número de mortes por melanoma aumentou mais de 55% no Brasil nos últimos dez anos, isso significa uma morte a cada 3 horas.

O uso de protetores solares protege contra o melanoma

Um estudo publicado no Jornal de Oncologia Clínica, uma publicação oficial da Sociedade Americana de Oncologia, registrou uma população de 143.844 mulheres com idades entre 40 a 75 anos com 722 casos de melanoma, a fim de avaliar se o uso de fotoprotetores com FPS igual a 15 ou maior poderia efetivamente reduzir a incidência deste tipo de câncer de pele.

Os resultados deste estudo mostraram que o uso de protetores solares com FPS igual a 15 ou maior estava associado a uma diminuição no risco de se desenvolver câncer de pele do tipo melanoma maligno quando comparado ao uso de protetores solares com FPS menor do que 15. Este estudo revelou ainda que a diminuição no risco de melanoma, nesta população estudada foi reduzido em 18%.

Protetores solares com FPS 15 ou maior reduzem o risco de melanoma

Desta forma, os cientistas concluíram que medidas extremamente práticas e econômicas como o simples uso de um protetor solar com FPS 15 ou maior já é suficiente para reduzir e prevenir o câncer de pele do tipo melanoma maligno em no mínimo 18%, uma medida que deveria ser adotada por todas as pessoas desde a infância, ainda mais em países altamente ensolarados como o Brasil.

Vale ressaltar que em países da zona tropical, parece ser correto supor que o uso de protetores solares com FPS 30 seria até mais adequado em função do maior índice ultravioleta incidente nesta região do globo terrestre. Cabe ainda ressaltar a necessidade de se educar a população destas áreas mais suscetíveis, não apenas em relação ao uso do protetor solar adequado, como também a necessidade de reaplicação do mesmo a cada duas horas ou do uso de produtos solares com 12 horas de proteção, o que simplificaria a rotina diária e aumentaria a adesão às medidas protetoras adequadas.