Tag: Fator de Proteção Solar

O que é PPD e para que ele serve no protetor solar?

No universo em constante evolução dos cuidados com a pele, compreender os detalhes técnicos dos produtos é essencial para fazer escolhas informadas. Entre os termos que merecem atenção, o PPD, ou FP-UVA, destaca-se como um elemento crucial nos protetores solares. Neste guia, exploraremos o significado do PPD, sua importância na proteção solar e como escolher o protetor ideal para manter sua pele saudável e radiante.

O que são as siglas UVA, UVB e UVC?

Antes de adentrarmos nos detalhes sobre o PPD, é essencial compreender o significado das siglas UVA, UVB e UVC. Esses termos desempenham papéis fundamentais na proteção solar e na compreensão da necessidade do PPD. O UVA, ou ultravioleta A, representa uma parte substancial da luz solar que alcança a Terra, mantendo uma intensidade constante durante todo o ano, independentemente da estação. Sua capacidade de penetrar profundamente na pele destaca-se como um fator influente no envelhecimento precoce, formação de rugas e aumento do risco de câncer de pele.

Por outro lado, os raios UVB, mais proeminentes nos meses de verão, concentram-se na camada superficial da epiderme, causando danos imediatos, como as conhecidas queimaduras solares, que resultam em vermelhidão, coceira e descamação. A compreensão desses efeitos tanto dos raios UVA quanto dos UVB é crucial para entender os conceitos fundamentais da proteção solar na pele.

Quanto aos raios UVC, apesar de fazerem parte da luz ultravioleta, sua completa absorção pela camada de ozônio impede que atinjam a pele humana, eliminando assim quaisquer riscos para a saúde cutânea. Este entendimento abrangente das diferentes formas de radiação ultravioleta estabelece a base para explorar como o PPD desempenha um papel vital na escolha de um protetor solar eficaz.

O que é PPD?

A sigla PPD, que representa Persistent Pigment Darkening, não é mais amplamente utilizada no mercado, sendo substituída pelo termo FP-UVA, uma abreviação crucial a ser compreendida ao selecionar um protetor solar eficaz. Enquanto o FPS (Fator de Proteção Solar) concentra-se principalmente na prevenção de queimaduras solares, o FP-UVA (Fator de Proteção UVA) destaca a porcentagem de absorção dos raios UVA, que possuem a capacidade de penetrar mais profundamente na pele. Em um protetor solar com FPS 30, é de suma importância que o FP-UVA seja de pelo menos 10, representando pelo menos 1/3 do valor do FPS. Essa proporção é essencial para garantir uma defesa abrangente contra os danos provocados pelos raios UVA. Dessa forma, priorizar o entendimento e a consideração do FP-UVA, anteriormente conhecido como PPD, é fundamental para uma proteção completa e eficaz contra os efeitos adversos da exposição solar prolongada, assegurando uma pele saudável e protegida.

Qual a diferença entre FPS e FP-UVA/PPD?

Compreender a distinção entre o FPS e o FP-UVA/PPD é uma peça fundamental na busca pela proteção solar adequada. O FPS, que mensura a eficácia contra os raios UVB, é frequentemente associado à prevenção de queimaduras solares. No entanto, o FP-UVA/PPD assume um papel igualmente significativo, concentrando-se na absorção dos raios UVA, que penetram mais profundamente na pele. Enquanto o FPS calcula a multiplicação do tempo de exposição sem causar queimaduras, ele não aborda completamente os riscos associados aos raios UVA.

Ao escolher um protetor solar, é importante considerar ambos os fatores para garantir uma defesa robusta contra os efeitos adversos da exposição solar prolongada. O FPS, embora vital para prevenir queimaduras, pode não oferecer uma cobertura completa contra os danos dos raios UVA, que estão relacionados a questões estéticas, como rugas e manchas, e questões de saúde mais sérias, como o risco de câncer de pele. Portanto, ao procurar uma proteção abrangente, a atenção ao FP-UVA/PPD é essencial, permitindo uma defesa robusta contra os efeitos prejudiciais da radiação solar em todas as suas formas.

Qual é o valor ideal de um PPD em um protetor solar?

O valor ideal de PPD ou Fator de Proteção UVA (FP-UVA) em um protetor solar pode variar dependendo das necessidades individuais da pele e do ambiente em que a exposição solar ocorre. Contudo, uma tabela de referência pode oferecer orientação na escolha do protetor solar mais apropriado, de acordo com o FPS.

Tabela FP-UVA

Recomenda-se que o PPD seja proporcional ao FPS, com uma proporção de pelo menos 1/3 do valor do FPS. Por exemplo, em um protetor solar com FPS 30, o PPD ideal seria de aproximadamente 10. Vale ressaltar que valores mais elevados de PPD indicam uma maior capacidade de proteção contra os raios UVA, oferecendo uma defesa mais robusta contra os efeitos a longo prazo, como o envelhecimento precoce da pele. Ao consultar a tabela fornecida, é possível tomar decisões informadas para garantir uma proteção eficaz e personalizada.

Melhores protetores solares com alto FPS e FP-UVA/PPD

Conheça os três destaques da linha Biosole, da Ada Tina, cada um projetado para atender às necessidades específicas da sua pele. Descubra como esses protetores solares vão além da simples proteção, oferecendo um alto FPS e FP-UVA e benefícios adicionais para uma pele saudável, radiante e protegida contra os danos do sol.

Biosole Extreme FPS 99

biosole extreme fps99

Biosole Extreme FPS 99 oferece uma defesa incomparável contra os raios solares, com um altíssimo fator de proteção (FPS 99) e um máximo bloqueio anti-melasma. Sua fórmula avançada inclui Tinosorb® M Anti-UVA1 Longo, garantindo uma proteção duradoura de 12 horas da tecnologia Solent®. Além disso, é enriquecido com antioxidantes naturais, como DIFENDIOX®, uma tecnologia exclusiva da Ada Tina. Esses antioxidantes não apenas protegem contra os efeitos nocivos da luz azul, mas também combatem manchas escuras, melasma e outros sinais de danos causados pelo sol. Com um toque seco e sem efeito branco, é perfeito para todos os tons de pele, proporcionando proteção eficaz com conforto.

Biosole Oxy FPS 85

Biosole Oxy FPS 85

Biosole Oxy FPS 85 é mais do que um protetor solar comum; é um aliado poderoso na busca por uma pele radiante. Indicado para peles com manchas escuras e melasma, este protetor oferece resultados visíveis de clareamento em apenas 7 dias de uso. Sua fórmula é uma sinergia de Vitamina C, Niacinamida Concentrada e DIFENDIOX® Antioxidante, proporcionando não apenas alta proteção contra raios UVB e UVA, mas também uma ação intensiva no clareamento e rejuvenescimento da pele.

Biosole Fluid Sun Color Defense FPS 98

Se você procura uma experiência completa de cuidados com a pele e proteção solar, o Biosole Fluid Sun Color Defense FPS 98 é a escolha perfeita. Com um FPS elevado e cor para uniformizar instantaneamente a pele, este protetor solar vai além, oferecendo uma defesa eficaz contra a luz azul e visível. Sua textura fluida proporciona cobertura natural, disfarçando imperfeições e protegendo contra manchas e melasma. Com DIFENDIOX® Antioxidante e anti-melasma, este protetor solar é um passo essencial para uma pele mais jovem, uniforme e protegida contra os danos do sol.

COMO ESCOLHER O PROTETOR SOLAR: SAIBA O IDEAL PARA O SEU TIPO DE PELE 

O número de categorias de protetores solares no mercado pode assustar as pessoas que demonstram interesse pela saúde da pele. Afinal, como escolher o protetor solar ideal para nosso tipo de pele? Sabendo dessas dúvidas, a Ada Tina desenvolveu um blog post com todas as informações e dicas necessárias para você descobrir o protetor solar perfeito para a sua pele. Confira!

O que o protetor solar precisa ter?

Existem algumas informações e características que um protetor solar precisa dispor para os usuários, para facilitar a identificação dos produtos. Tais como:

FPS

A sigla FPS significa Fator de Proteção Solar, que indica a porcentagem de raios ultravioleta B (UVB) que um produto absorve. Quanto maior o número do FPS, melhor será a capacidade desse produto de proteger sua pele dos raios UVB, que podem causar queimaduras e danificar o DNA cutâneo.

FP-UVA/PPD

Há também o FP-UVA, o Fator de Proteção contra os raios UVA, anteriormente conhecido como PPD. Ele representa a porcentagem de raios UVA absorvidos pelo filtro solar. Um protetor solar com FPS 30 deve ter um FP-UVA de pelo menos 10, o que significa que deve ser, obrigatoriamente, no mínimo 1/3 do FPS. Sem a proteção adequada de FP-UVA, sua pele fica exposta a radicais livres, danos ao DNA e até câncer de pele.

Proteção contra radiação UVA e UVB

Evitar os malefícios causados pela radiação solar é a principal função de um protetor solar. Os raios UVA e UVB fazem parte dessa radiação, também chamada de radiação ultravioleta, que faz parte do espectro eletromagnético emitido pelo sol. Independentemente do clima, os raios UVA são os mais prejudiciais à pele humana, representando 95% da radiação do sol que atinge a superfície da Terra. Eles penetram profundamente em nossa pele, atingem a derme e causam danos ao DNA da pele, como envelhecimento precoce, manchas na pele e doenças como câncer de pele.

Já os raios UVB são menos nocivos que os raios UVA porque atingem nossa pele de forma mais superficial, penetrando apenas na epiderme. Os raios UVB representam 5% da radiação solar que atinge a superfície da Terra, causam vermelhidão na pele e as famosas queimaduras solares. Existe também outro tipo de radiação ultravioleta, os chamados raios UVC. Esta radiação é 100% absorvida pela camada de ozônio, não atinge a pele e não coloca em risco a saúde cutânea.

Como escolher protetor solar para cada tipo de pele?

O primeiro passo para decidir qual protetor solar usar é saber identificar o seu tipo de pele, pois cada protetor executará funções específicas para cada característica de pele, como matificar as oleosas e hidratar as secas, por exemplo. Confira abaixo o protetor para cada tipo:

 Pele Oleosa

A pele oleosa apresenta excesso de brilho e oleosidade, contendo poros abertos e podendo surgir a formação de lesões de acne. Os protetores solares recomendados para este tipo de pele possuem ações matificantes e antioleosidade com toque extrasseco, reduzindo o sebo e o brilho intenso.

Pele Seca

As características das peles secas são uma textura áspera, um rosto mais sensível e avermelhado, e um grande volume de ressecamento, podendo haver descamação. O protetor solar hidratante e não oleoso é ideal para este tipo de pele, pois contém toque suave e textura não oleosa, hidratando e revitalizando a pele.

Pele Mista

A pele mista se caracteriza por ser uma pele oleosa, ao mesmo tempo em que apresenta aspectos de pele normal. Sua maior característica é o excesso de oleosidade na zona T do rosto, que corresponde a testa, o nariz e o queixo, com dilatação dos poros e formação de acne nessa área, e também a normalidade ou ressecamento nas demais partes do rosto. Os protetores solares voltados para pele mista possuem efeito matificante, que controla o brilho e a oleosidade excessiva nessas zonas da pele o dia todo.

Afinal, como fazer uma boa escolha do protetor?

Após identificar seu tipo de pele e saber qual categoria de protetor usar, chegamos a última pergunta: mas afinal, como fazer uma boa escolha de protetor solar? Tenha sempre em mente que a saúde vem em primeiro lugar, por isso, escolha produtos que não possuam substâncias tóxicas para a pele, como os parabenos, avobenzonas e entre outros ativos que trazem malefícios para a saúde cutânea, e são amplamente encontrados em protetores solares. Os produtos da Ada Tina não possuem substâncias tóxicas, podendo ser usados por todas as pessoas, inclusive gestantes. Além disso, a Ada Tina é Cruelty Free, ou seja, não utiliza testes em animais, respeitando todo tipo de vida.

Protetor Solar Clareador Biosole Oxy FPS 50

Outra boa dica é decidir por produtos que contenham 12 horas de proteção solar, pois não necessitam de reaplicações constantes ao longo do dia, ajudando não só em sua rotina de cuidados com a pele, mas também na economia na hora de investir em protetores solares. A Ada Tina possui a exclusiva tecnologia Solent, que assegura uma proteção da pele muito mais eficaz contra as radiações UVA e UVB, em virtude de uma combinação sinérgica de filtros solares intensamente fotoestáveis, que garantem proteção solar contínua de 12 horas.

Entenda seu tipo de pele

Como dito anteriormente, a identificação de nosso tipo de pele é fundamental para a escolha do protetor solar certo, pois suas características ajudarão a proteger ainda mais sua pele, não só dos raios solares, mas de outras adversidades inerentes dos tipos cutâneos, como oleosidade excessiva ou ressecamento. Com isso, sua pele poderá se adaptar melhor às adversidades do dia-a-dia, ao mesmo tempo em que fica protegida da radiação solar.

Observe o FPS

O FPS, como já foi citado, também possui uma grande importância na hora de decidirmos qual protetor comprar, afinal é o FPS que define a capacidade de proteção solar de um produto. A imagem a seguir esclarece quais fatores de proteção solar são ideais para cada fototipo cutâneo:

Tabela fototipos cutâneos

Escolha a textura certa

A escolha das texturas é muito importante para os cuidados com a pele, pois ela define muitos dos efeitos e do conforto do produto na cútis. A identificação do seu tipo de pele também faz parte da escolha pela textura do protetor, pois elas podem ter diferentes efeitos na pele, como os protetores com toque matificante e extra seco, indicado para todos os tipos de pele, especialmente as peles mais oleosas e acneicas. Já os produtos com toque hidratante e extra leve são sugeridos para peles secas e mais sensíveis, fazendo uma hidratação não oleosa e de fácil aplicação.

PROTETOR SOLAR: QUAL FPS USAR EM MINHA PELE?

Você já deve ter percebido que existem diversos níveis de FPS em protetores solares disponíveis no mercado. Mas na hora de comprar, sempre surge aquela dúvida: qual FPS devo utilizar na minha pele? Para a resposta dessa e de outras perguntas, continue lendo esta matéria e saiba tudo sobre proteção solar!

Protetor Solar: Qual FPS usar em minha pele?

Radiação Solar: Diferença entre UVB E UVA

Os raios UVA e UVB fazem parte da luz ultravioleta, um segmento do espectro eletromagnético de luz emitida pelo sol. Os raios UVA são os mais nocivos para a pele humana, representando 95% da radiação emitida pelo sol que chega a superfície terrestre, independente do clima. Eles atingem mais profundamente a nossa pele chegando até a derme, causando danos ao DNA cutâneo como o envelhecimento precoce, manchas na pele e doenças como o câncer de pele.

Já os raios UVB são menos prejudiciais que os UVA, pois atingem mais superficialmente nossa pele, penetrando apenas a epiderme. Representando 5% da radiação emitida pelo sol que chega a superfície terrestre, os raios UVB causam vermelhidão e as famosas queimaduras solares na pele.

Existe outro tipo de radiação emitida na luz ultravioleta, os chamados raios UVC. Essa radiação é 100% absorvida pela camada de ozônio e não chega a pele, não colocando a saúde da pele em risco.

Benefícios da Proteção Solar

Um dos fatores essenciais para nossa rotina de cuidados com a pele são os protetores solares, pois além de nos proteger das queimaduras solares, também protegem contra outros perigos que a radiação solar pode representar para nosso corpo, como melasma, manchas escuras e lentigo senil, envelhecimento precoce, danos ao DNA, diminuição da imunidade cutânea, degradação do colágeno, elastina e ácido hialurônico, e o temido câncer de pele.

O que é o FPS e FP-UVA/PPD

A sigla FPS significa Fator de Proteção Solar, e indica a porcentagem de raios ultravioleta B (UVB) que são absorvidos por um produto. Quanto maior o número, melhor será a capacidade desse produto de proteger sua pele dos raios UVB, que causam queimaduras e danificam o DNA da pele.

Entretanto, existe um mito sobre a numeração do FPS ser equivalente ao tempo que o produto aguenta ficar exposto ao sol até uma reaplicação. Isso não é verdade, afinal, os fatores de proteção não indicam o tempo que você pode passar com segurança ao sol, mas sim a porcentagem de absorção da radiação UVB, como mostra a tabela a seguir:

Tabela FPS

Existe também o FP-UVA, Fator de Proteção contra os raios UVA, antigamente chamados de PPD. O FP-UVA indica a porcentagem de absorção dos raios UVA por um protetor solar. Um protetor solar com um valor de FPS 30 deve ter um FP-UVA de pelo menos 10, isso significa que ele, obrigatoriamente, precisar ser ao menos 1/3 do valor do FPS. Sem proteção adequada de FP-UVA, sua pele é vulnerável a radicais livres, danos ao DNA e até mesmo câncer de pele.

Tabela FP-UVA

O tempo médio de duração da eficácia de protetores solares comuns é de 1 hora, independente do valor do FPS. Contudo, a exclusiva tecnologia Solent da Ada Tina é formulada com filtros solares que possuem altíssima fotoestabilidade, portanto, esses filtros solares não se degradam ao absorver as radiações solares UV, garantindo assim uma proteção muito mais eficaz por 12 horas, sem a necessidade de reaplicação. Além disso, a tecnologia Solent é livre de diversas substâncias que apresentam risco para a saúde do corpo, tais como 3,4 MBC, octocrileno e oxibenzona, garantindo mais segurança e proteção solar o dia todo.

A melanina e os tipos de pele

A melanina é um pigmento produzido a partir da tirosina (aminoácido essencial) produzido pelos melanócitos, que confere cor à pele. Esse pigmento garante uma proteção natural da pele com um forte estímulo contra a radiação UVA e também UVB. Dependendo do tom de cor de nossa pele, produzimos uma determinada quantidade de melanina, e consequentemente, um nível de proteção natural próprio da pele.

Qual FPS usar em minha pele?

A imagem a seguir esclarece quais fatores de proteção solar são ideais para cada fototipo cutâneo:

Tabela fototipos cutâneos

Entretanto, segundo o farmacêutico especialista em cosmetologia Dr. Maurizio Pupo, todas as pessoas devem utilizar, no mínimo, um protetor solar com FPS 30: “O que acontece é que, uma pele clara possui maior sensibilidade à radiação solar, por conta da menor quantidade de melanina (que atua como uma proteção natural para a pele). Já as pessoas com tom de pele mais escuro possuem melanina em maior quantidade, o que as torna mais resistentes à radiação solar, não se fazendo necessário o uso de fator de proteção tão alto quanto o utilizado por pessoas com tom de peles mais claros, ou seja, quanto mais clara a pele, maior deve ser o FPS”, afirma o Dr. Pupo.

Mesmo que pessoas com fototipo IV, V e VI não precisem utilizar um FPS alto devido a sua proteção natural da pele (melanina), a Ada Tina, sempre pensando no bem-estar dos usuários, já formula filtros solares com FPS 50+, garantindo assim que o todos os consumidores tenham uma pele mais protegida e livre danos no DNA causados pela radiação solar.

Melhores protetores solares para cada FPS

Listamos aqui os melhores produtos da Ada Tina para cada fator de proteção solar:

FPS 50

O Biosole Oxy FPS 50 é um protetor solar clareador e antioxidante, com vitamina C, niacinamida e DIFENDIOX®, que combate 15 tipos de manchas e possui textura leve, toque seco, e 24 horas de proteção anti-melasma

Biosole Oxy FPS 50
Protetor Solar Clareador Biosole Oxy Fps 50 Vitamina C E Niacinamida – 40ml

O Sunsec Gel Fluid FPS 50 é um protetor solar que confere alta proteção solar anti-melasma, com exclusiva textura gel fluida extra leve e toque extra seco, indicado para todos os tipos pele, especialmente as peles mais oleosas, acne e poros dilatados.

Sunsec Gel Fluid FPS 50
Protetor Solar Pele Oleosa Toque Extra Seco Sunsec Gel Fps 50-40ml

FPS 60

O Biosole BB Cream FPS 60 é um protetor solar com cor, que além de possuir toque seco e alta cobertura, ele também protege e disfarça as imperfeições da pele, combatendo manchas escuras e melasma e protegendo 155% mais contra a luz azul e visível. Possui 4 cores para determinados tons de pele: Bianco, Vaniglia, Mielle e Noce.

FPS 66

Soleize Mineral FPS 66 com cor é um protetor solar físico, anti-melasma, com efeito matte e toque seco, formulado com filtros minerais e alta proteção anti UVA e UVB, luz azul e visível, prevenindo manchas escuras e melasma.

Soleize Mineral Fps 66
Protetor Solar Físico Soleize Mineral Fps 66 Com Cor – 30ml

FPS 90

Biosole FPS 90 é um protetor solar anti-melasma e anti-manchas, com dupla ação antioxidante de DIFENDIOX® e vitamina E, toque seco, não oleoso e textura leve alta proteção contra as radiações UVA e UVB.

Já o Biosole Fluid FPS 90 é um protetor solar fluido, anti-melasma e anti-manchas com ação antioxidante, muito resistente à água e ao suor, toque seco, não oleoso e oil free.

FPS 98

Biosole Fluid Sun Color Defense FPS 98 é um protetor solar fluido com cor, que uniformiza e tonifica instantaneamente a pele. Possui cobertura leve e natural, corrigindo imperfeições com toque seco não oleoso, rico em DIFENDIOX®, que combate os malefícios da luz azul e visível e clareia manchas da pele, deixando-a mais jovem e muito mais protegida. Possui duas cores: médio claro e médio escuro.

Biosole Fluid FPS 90
Protetor Solar Fluido Com Cor Biosole Fluid Sun Color Defense Fps 98 – Médio Claro

PROTETOR SOLAR: POR QUE USAR TODOS OS DIAS?

A importância de escolher os melhores protetores solares para fazerem parte da sua rotina de cuidados com a pele está, de longe, intimamente ligada aos investimentos na sua saúde dermatológica. Por isso, se você deseja oferecer maior proteção para a sua tez com produtos de qualidade, acaba de chegar o blog post ideal.

Venha com a ADA TINA descobrir os segredos de uma pele saudável e jovial: surpreenda-se com a praticidade dos hábitos necessários para esta conquista. No conteúdo de hoje, você irá desvendar a diferença entre protetor e filtro solar, como escolher os melhores itens dermatológicos e muito mais!

Continue a leitura para conferir tudo isso, mas antes, veja para que serve uma proteção solar devida!

Qual é a função do protetor solar?

Imagem ilustrativa contendo os diferentes tipos de fatores de proteção solar

A principal função do protetor solar nas rotinas de cuidado é evitar que as fontes luminosas compostas pelos raios UVA e UVB provoquem danos, tanto nas camadas superficiais, como também nas mais profundas da pele. Para entender quais são as fontes luminosas as quais os melhores protetores solares te protegem, veja os próximos tópicos.

O que são fontes luminosas?

Raios UVA

  • São responsáveis pela formação de melasma, outras manchas e rugas na pele;
  • Responsáveis pelo desenvolvimento de câncer na pele;
  • Responsável pelo envelhecimento precoce;
  • Penetram até a derme (Camada Intermediária da Pele);
  • Causam alterações no DNA;
  • Estão presentes em dias nublados e atravessam a janela mesmo com insulfilm;
  • Responsável por 95% da Radiação UV que chega até a superfície terrestre.

Raios UVB

  • Auxilia na produção de vitamina D;
  • Penetram somente até a epiderme (camada Intermediária da Pele);
  • Causam eritema (vermelhidão) na epiderme;
  • Responsável por 5% da Radiação UV que chega até a superfície terrestre.

Infravermelho

  • Causa a sensação de calor sobre a pele;
  • Intensifica o envelhecimento precoce;
  • Penetram até a hipoderme (camada mais Profunda da Pele);

Gostou de conhecer essas informações? Aproveite e veja também como a radiação Infravermelha induz ao envelhecimento prematuro da pele. Preparamos um conteúdo específico sobre o assunto, confira logo após finalizar a leitura deste post.

Agora, caso você ainda se pergunte como esses produtos oferecem proteção contra as fontes luminosas, a ADA TINA conta os segredos das fórmulas utilizadas na sua fabricação. Confira na sequência a diferença entre protetor e filtro solar, depois disso, confira as características físicas e químicas dos melhores protetores.

Qual a diferença entre protetor e filtro solar: conheça!

Compreender a diferença entre termos como filtros solares e protetores é essencial na escolha do melhor produto para uso. Em geral, os filtros solares são a matéria-prima para a proteção da pele contra raios ultravioletas. Já o protetor solar é o produto resultante das fórmulas que associam os filtros solares aprovados em testes, para confirmação do FPS – Fator de Proteção Solar.

O tema aparenta ser bastante complexo, mas acredite, entender sobre a composição dos melhores protetores solares é possível e, ainda, muito necessário para quem deseja garantir os cuidados adequados. Nós da ADA TINA ressaltamos, antes de tudo, que a importância do protetor solar é precedida pela descoberta do seu padrão de pele, assim como da adoção de um estilo de vida saudável, que contribua com o estado da pele.

Apesar da pele, como todo órgão humano, estar condicionada a fatores internos hereditários, bons hábitos como a escolha do melhor protetor solar ideal é essencial. Portanto, vale a pena identificar com um profissional, o seu tipo de pele e, assim, escolher os produtos destinados para ela. Acredite, os resultados são divisores de água! Conheça abaixo os aspectos fundamentais na escolha do seu protetor solar.

Diferença entre filtros físicos e filtros químicos

Os filtros físicos para proteção da pele são bloqueadores das radiações provindas de fontes luminosas visíveis, como a solar e artificial. Já os filtros químicos possuem a capacidade de receber toda a luz, mas ainda conseguem evitar o contato agressivo da radiação sobre a pele, ou seja, transforma a agressão da luz em calor.

Poucas pessoas sabem, mas patologias como melasma e câncer podem ser desenvolvidos pela exposição da pele, não apenas no verão, mas também no conforto do lar ou no contato diário com fontes de luz.

Deseja entender mais sobre os tipos de melasma existentes? Preparamos um guia completo com o especialista Dr. Maurizio Pupo em relação às manchas de aspecto castanho que atingem a pele. Confira os detalhes!

Começamos a entender a importância de bons fatores de proteção solar, não é mesmo? Siga a leitura e descubra mais conteúdos relevantes sobre o assunto.

Como escolher o melhor protetor solar para minha pele?

Antes de escolher a proteção facial ideal para o seu tipo de pele, identifique se o produto possui fórmula de qualidade e que seja capaz de cumprir sua função. Para te auxiliar na escolha do melhor item, observe o próximo tópico e conheça as tecnologias DIFENDIOX® dos protetores da ADA TINA:

DIFENDIOX®: antioxidantes no tratamento de melasma

Se você ainda não conhece os concentrados DIFENDIOX® em produtos para proteção solar com cor, essa é a oportunidade perfeita para proporcionar à sua pele o tratamento adequado contra manchas e melasma, além da prevenção do envelhecimento precoce da tez. Estes concentrados da oleuroprotéina hidroxitirosol conta com 14 polifenóis totais à sua proteção e autocuidado.

Despeça-se das manchas acastanhadas na derme e aspectos advindos com as radiações UVA e UVB com o uso destes produtos desenvolvidos em parceria com a Università di Pisa, na Itália. Comprove e nos conte os resultados!

Comprove e nos conte os resultados!

Proteja a sua tez adequadamente

Imagem aproximada do rosto de uma mulher usando protetor solar

O tipo de pele influencia na escolha do melhor protetor solar facial e os resultados dos tratamentos. A pele acneica, por exemplo, possui protetores solares para padrões oleosos com poros dilatados. Já peles normais e secas exigem outras proteções solares que atendam esses tipos epidérmicos.

Quer evitar o envelhecimento precoce da pele e o depósito excessivo de melanina que causa manchas e melasma em grau 1, grau 2 e melasma em grau 3? Utilize os fatores de proteção adequados no seu dia-a-dia!

Cuidados necessários para uma cútis saudável

Além da importância do uso diário e com reaplicações dos protetores solares, informação endossada pelo especialista em dermatologia Dr. Maurizio Pupo, outros hábitos são essenciais para a promoção da saúde.

Confira abaixo alguns deles:

  • mantenha a hidratação da pele em dia: consuma água e entenda a importância da hidratação correta da epiderme;
  • lembre-se que a nossa alimentação influencia nos aspectos da tez, portanto, garanta uma dieta balanceada e rica em vitaminas;
  • evite rotinas estressantes, este é um dos principais inimigos de quem deseja prevenção de manchas e envelhecimento precoce da pele;
  • remova a maquiagem e o protetor solar de maneira efetiva, partículas de sujeira na pele estimulam a formação de acne e aceleram processos de afecção já presentes.

Confira na sequência os itens essenciais para rotina de cuidados de quem já usa o protetor solar.

Vitamina C e séruns para proteção diária

Além de utilizar o melhor protetor solar para a sua epiderme, produtos com vitamina C auxiliam na redução dos efeitos nocivos das fontes luminosas visíveis.

Enquanto os protetores solares protegem contra os raios solares e artificiais, a vitamina C tem como ação o tratamento profundo de peles já atingidas, contribuindo também com o clareamento de melasma e rugas na face. Deseja maior saúde dermatológica aos seus dias? Adicione proteção solar, séruns e vitamina C aos seus cuidados diários.

Pronto para manter padrões dermatológicos mais saudáveis? Saiba como montar o seu cronograma facial com produtos essenciais! Siga acompanhando nossos conteúdos e proporcionando ao seu rosto os melhores produtos no mercado: nós da ADA TINA Italy auxiliamos no processo.

Até a próxima!

OS 3 MELHORES PROTETORES SOLARES ADA TINA FPS 90+

Protetor Solar Rosto FPS 90 +

Os 3 melhores Protetores Solares ADA TINA FPS 90+

É fato que devemos proteger a pele do rosto em todas as estações do ano e para isso, o uso do protetor solar é fundamental na rotina de cuidados com a pele. Dessa forma, evitamos o envelhecimento precoce da pele, o aparecimento de manchas como o melasma, câncer de pele e diversos outros problemas relacionados a saúde da pele. Para facilitar sua vida, trouxemos os 3 melhores protetores solares da ADA TINA com FPS 90+ junto com as melhores dicas para o uso em cada tipo de pele. Saiba tudo sobre FPS alto, radiação solar, luz visível e como proteger a pele correta e adequadamente!

Como escolher o protetor solar ideal

Para escolher um protetor solar facial adequado é importante atentar-se a vários detalhes como o seu tipo de pele, os ingredientes que o produto possui, o seu fator de proteção solar (FPS), entre outros detalhes. Conversamos com o Farmacêutico Especialista em Cosmetologia Dr. Maurizio Pupo e separamos dicas infalíveis para te ajudar na escolha do protetor solar ideal para a sua pele.

Verifique sempre o FPS e o PPD

Você com certeza já ouviu falar em FPS, certo? Mas você sabe o que, de fato, isso significa? E a sigla FP-UVA (PPD), você conhece? Não? Então vamos lá.

Conforme esclarece o Farmacêutico Especialista em Cosmetologia Dr. Maurizio Pupo, FPS é a sigla utilizada para Fator de Proteção Solar, que representa a proteção contra a radiação UVB.

Já o UVA de um protetor solar corresponde a um terço da proteção UVB, nas escalas logarítmicas eles são equivalentes dessa forma.

Os raios solares que qualquer protetor solar se dispõe a proteger são os raios UVA e UVB, o raio UVB é capaz de queimar a pele, causar o câncer de pele, rugas, melasma e envelhecimento precoce.

Já a sigla PPD (Persistent Pigment Darkening), utilizada antigamente, é um valor numérico que hoje é representada pelo FP-UVA (Fator de Proteção contra a radiação UVA), e como seu próprio nome atual já diz, ela protege contra os raios UVA que são tão prejudiciais quanto os raios UVB. Os raios UVA, apesar de não queimar, penetram profundamente na pele, gerando ainda maior quantidade de radicais livres, que levam ao câncer, rugas e envelhecimento da pele.

Protetores com PPD acima de 10 contra o envelhecimento precoce

O antigo PPD, hoje chamado de FP-UVA, protege contra os raios UVA e a sua quantidade dever ser igual ou maior que 1/3 do seu FPS, ou seja, um protetor solar com FPS 30 já possui um PPD 10, sendo suficiente para proteger contra os raios UVA, prevenindo o envelhecimento precoce da pele, surgimento de melasma, câncer de pele e destruição do colágeno, entre outros fatores.

No caso do protetor solar com FPS 90, essa proteção é altíssima, sendo o seu PPD 30, potencializando ainda mais essa proteção para pessoas com pele muito clara, em tratamento de peeling ou melasma, e profissionais que se expõe excessivamente ao sol diariamente, por exemplo.

Produtos com Vitamina E para deixar a pele mais bonita

A vitamina E, presente no Normalize Hydra Comfort FPS 90, é uma poderosa aliada na proteção solar, pois é um dos principais antioxidantes que protegem o corpo e a pele, pois ela atua na membrana que envolve as nossas células, ou seja, ao utilizar um produto com vitamina E você está protegendo a camada de proteção natural da sua pele. Ela é muito nutritiva, anti-vermelhidão, anti-inflamatória e potencializa a proteção solar, o que é fundamental para não desenvolvermos as principais complicações causadas pelo excesso do sol, como o câncer de pele, melasma, rugas e flacidez.

Protetor solar com cor: proteção contra Luz Visível e substituição da base

O protetor solar com cor, além de proteger contra os raios UVA e UVB protege contra a ação da luz azul e luz visível, e isso é muito importante pois a luz azul (componente da luz visível) está diretamente ligada ao aparecimento de manchas na pele e também ao aparecimento do melasma. Essa luz está presente no Smartphone, televisão, lâmpadas fluorescentes e também em grande quantidade no sol.

O Biosole Fluid Sun Color Defense FPS 98, lançamento da ADA TINA, além de um FPS alto que bloqueia o UVB, FP-UVA alto que bloqueia o UVA e as já características 12 horas de proteção solar que todos os produtos da marca possuem, ele ainda contém os pigmentos coloridos, que protegem a pele contra a luz azul e luz visível, prevenindo o aparecimento ou piora de manchas escuras na pele. Além disso, ele é um protetor solar fluido que tem fácil espalhabilidade e uniformiza a pele imediatamente na aplicação, disfarçando as imperfeições e substituindo com facilidade a base na maquiagem em sua rotina de cuidados com a pele.

Produtos a prova d’água para o verão

No Brasil nós temos verão praticamente o ano todo pois a intensidade do sol é bem alta e, por isso, jamais devemos esquecer de aplicar o protetor solar. No caso de produtos adequados para a água, a ADA TINA possui o Biosole Fluid FPS 90, que confere 12 horas de proteção solar e é muito resistente a água e ao suor, sendo um ótimo protetor solar para os atletas. O Biosole Fluid FPS 90 possui FP-UVA igual a 42,3, sendo um dos maiores do mercado. Além disso, ele tem em sua formulação os antioxidantes da oliva, DIFENDIOX® Antioxidante e Anti-manchas para Pele. Esse é um produto ideal para pessoas que praticam esportes ou se expõem muito ao sol, possui textura leve, de fácil aplicação e espalhabilidade. Biosole Fluid FPS 90 também permite a aplicação de séruns antes, ou até mesmo um pó matificante ou corretivo depois, sem perder a textura super agradável.

Os 3 Melhores Protetores Solares ADA TINA FPS 90+

01 – NORMALIZE HYDRA COMFORT FPS 90

O nosso primeiro da lista é o Normalize Hydra Comfort FPS 90, com ótima espalhabilidade e ideal até mesmo para as peles mais sensíveis ou com rosácea. Ele confere proteção antimanchas e antienvelhecimento, prevenindo contra as linhas de expressão, flacidez e câncer de pele. Sua pele muito mais segura com 12 Horas consecutivas de alta proteção solar, alta proteção contra as radiações UVA e UVB e sem a necessidade de reaplicações ao longo do dia, sendo um protetor solar prático e econômico.

02 – BIOSOLE FLUID FPS 90

O segundo, mas, com certeza, não menos importante, é o Biosole Fluid FPS 90, um protetor solar FPS 90, fluido, com 12 Horas de altíssima proteção solar UVA e UVB, muito resistente à água e ao suor e que deixa sua pele muito mais protegida, mais clara e iluminada a cada dia de uso. Além disso, ele possui DIFENDIOX®, potente antioxidante para pele exclusivo e patenteado pela ADA TINA, com uma combinação sinérgica de 14 polifenóis antioxidantes das Olivas Italianas, que tratam e previnem manchas na pele, principalmente o melasma, além de proteger o DNA e reduzir os sinais do envelhecimento causados pela Luz Azul e Luz Visível, deixando a pele mais clara, com maior firmeza e elasticidade, mantendo-a muito mais protegida contra manchas escuras do rosto.

03 – BIOSOLE FLUID SUN COLOR FPS 98

E para finalizar a nossa lista de queridinhos com FPS 90+, o mais novo lançamento da ADA TINA, Biosole Fluid Sun Color Defense FPS 98 é um ultra protetor solar fluido com cor que uniformiza instantaneamente a pele proporcionando cobertura natural das manchas e das imperfeições com toque seco. Ele é rico em DIFENDIOX®, potente antioxidante para pele, exclusivo e patenteado pela ADA TINA, com uma combinação sinérgica de 14 polifenóis antioxidantes das Olivas, que tratam e previnem manchas na pele, principalmente o melasma. Além disso, combate fortemente os malefícios da luz azul e luz visível ajudando a prevenir e clarear o melasma e as manchas escuras da pele, deixando-a mais jovem, iluminada e muito mais protegida com 12 Horas de altíssima proteção solar (FPS Alto) contra as radiações UVA e UVB.

Como Aplicar Corretamente o protetor solar no rosto

O Farmacêutico Especialista em Cosmetologia Dr. Maurizio Pupo, orienta que o protetor solar deve ser aplicado em uma quantidade suficiente para cobrir o rosto todo, sem esquecer do pescoço, nuca, orelhas e parte inferior dos olhos. No caso das mulheres, é muito importante aplicar o protetor solar também no colo, pois muitas sofrem com o envelhecimento dessa área justamente por não darem a devida atenção ao uso adequado do protetor solar nessa região. Além disso, para pessoas que trabalham expostas o tempo todo ao sol, é muito importante aplicar o protetor solar nos braços e mãos, assim evita-se manchas nessas regiões do corpo também.

O protetor solar deve ser aplicado sempre com a pele bem limpa e o ideal é que ele possua 12 Horas de Proteção Solar, assim não é necessário reaplicá-lo, sendo que muitas vezes não é possível lavar o rosto adequadamente para a reaplicação no dia a dia e a limpeza da pele é fundamental para a boa espalhabilidade e efetividade do protetor solar.

E lembre-se!

O protetor solar é o produto principal em seu Skin Care para manter a pele sempre protegida, jovem, livre de manchas e saudável!