Tag: benefícios para a pele

A NIACINAMIDA E SEUS MÚLTIPLOS BENEFÍCIOS PARA A PELE

niacinamida é um ativo muito utilizado em produtos para o cuidado com a pele, podendo trazer inúmeros benefícios, como efeitos fotoprotetores contra alguns dos mecanismos biológicos importantes na indução de melanoma, incluindo danos ao DNA e imunossupressão induzida por UV.

Para que serve a Niacinamida?

O que é a Niacinamida?

A niacinamida, conhecida também como vitamina B3, é uma vitamina muito estável que oferece diversos benefícios para a pele. Ela é um componente de coenzimas essenciais na produção de energia para as células, além de ter grande importância na reparação do DNA e na homeostase da pele.

Quais são os benefícios e para que serve a niacinamida?

A niacinamida oferece diversos benefícios para a pele. Vários estudos relatam que ela ajuda a eliminar espinhas e problemas de acne, agindo como um agente anti-inflamatório. Pode atuar também como agente antioxidante, prevenir a imunossupressão e a fotocarcinogênese além de ser um ingrediente amplamente utilizado em tratamentos voltados para o clareamento da pele. Em adição, a niacinamida serve para aumentar a eficácia de produtos destinados à pele com manchas, pele seca e sensível ou atuar no tratamento contra as rugas.

Niacinamida atua na redução de manchas escuras

Um estudo publicado pelo British Journal of Dermatology, avaliou os efeitos da niacinamida na redução da pigmentação cutânea. Melanócitos e queratinócitos tratados com niacinamida durante 7 dias foram avaliados quanto à toxicidade (viabilidade celular) e ao clareamento de manchas (via tirosinase).

Além disso, foram feitos estudos clínicos em humanos, onde estiveram presentes 18 participantes do sexo feminino com idades entre 25 e 60 anos, com diversos tipos de manchas marrons. Foram instruídas a aplicar um hidratante com niacinamida 5% em um lado do rosto e um veículo (sem niacinamida) no outro lado do rosto duas vezes ao dia (manhã e noite) durante 8 semanas.

Após avaliação dos resultados, foi constatado que a niacinamida inibiu a transferência dos melanossoma em 35-68% reduzindo a hiperpigmentação e aumentando a luminosidade da pele. Deste modo, os cientistas chegaram a conclusão que a niacinamida é um efetivo clareador de pele que age inibindo a transferência de melanossomos dos melanócitos para os queratinócitos.

Niacinamida promove reparação de danos ao DNA induzidos pela radiação ultravioleta

O câncer de pele não considerado melanoma (carcinomas de células basais e de células escamosas), são as doenças malignas mais comuns em populações de pele clara, tendo sua incidência aumentada com o envelhecimento. A radiação ultravioleta (UV) é a causa primária do câncer de pele. Um estudo publicado em 2013 pela Oxford University Press, avaliou os efeitos da niacinamida no reparo de danos ao DNA induzidos pela radiação ultravioleta. O estudo foi realizado com uma linha celular de queratinócitos humanos com niacinamida em concentração final de 50 µM adicionada ao meio incubado por 24 h em a 37°C contendo 5% de CO2.

Após a irradiação, foram realizados três experimentos separados: radiação UV; radiação UV + Niacinamida; Sem radiação UV; sem radiação UV + Niacinamida. Após avaliação dos resultados, foi constatado que o tratamento das células com niacinamida 50 μM durante 24 horas antes da irradiação estimulou um aumento de 23% no número de células sugerindo uma proteção do DNA celular.Deste modo, os cientistas concluíram que a niacinamida aumenta o reparo do DNA após a radiação UV. Este ativo é atóxico e amplamente disponível, sendo um agente promissor para a prevenção também do câncer de pele.

Niacinamida: combate ao envelhecimento da pele

A aplicação de niacinamida tópica pode apresentar efeitos benéficos na prevenção da perda de colágeno da pele, assim serve para combater os sinais do fotoenvelhecimento, como a textura irregular, tamanho dos poros, manchas hiperpigmentadas, eritema facial, além de reduzir a produção do sebo.

Um estudo publicado pela American Society for Dermatologic Surgery, em 2005, avaliou 50 participantes do sexo feminino com idades entre 35 a 60 anos com sinais clínicos de fotoenvelhecimento (linhas finas e rugas, textura flácida e manchas hiperpigmentadas), com aplicação tópica de niacinamida 5% de um lado do rosto e um produto placebo no outro lado do rosto, duas vezes ao dia durante 12 semanas. Após avaliação dos resultados, constatou-se que houve uma redução em vários fatores, como as manchas hiperpigmentadas, eritema facial, além da redução de rugas pelo aumento da produção de colágeno pela niacinamida.

O aumento do colágeno também gera uma melhoria na elasticidade da pele, que também foi constatada no estudo. A melhora da elasticidade também pode ter ocorrido pela prevenção da glicação da matriz dérmica, impedindo que moléculas de glicose se ligassem as fibras de colágeno e elastina, outra ação da niacinamida.

Tratamento de acne com a niacinamida para a pele

acne é causada pelo aumento da atividade da glândula sebácea, que aumenta a quantidade de sebo na pele e contribui para a proliferação de uma bactéria chamada Propionibacterium acnes, que consome este sebo produzido levando lesões não inflamatórias (comedões abertos ou fechados) e/ou lesões inflamatórias (pápulas, pústulas, nódulos e cistos).

De acordo com um estudo publicado pelo International Journal of Dermatology e pelo Journal of The Turkish Academy of Dermatology, a niacinamida pode agir na inflamação ou na produção de sebo, fator que pode reduzir a oleosidade da pele e consequentemente a acne, sua gravidade e também suas lesões (número de pápulas, pústulas).

Luz azul: efeitos na pele e como se proteger

A luz azul é uma das responsáveis por gerar um estresse oxidativo intenso na pele, por isso, recentes estudos vêm afirmando que a niacinamida tópica pode ser um componente adicional e essencial para combater os radicais livres produzidos pela radiação solar e prevenir também os danos causados pela luz azul.

Um estudo publicado em 2018 pela DSM, comparou os efeitos do uso de protetores solares contendo duas concentrações de betacarotenos de tipos diferentes e o uso de vitaminas, como a niacinamida (Vitamina B3) e o DL-alfa-Tocoferol (Vitamina E) na proteção contra o estresse oxidativo. Para comparar a proteção contra as espécies reativas de oxigênio, foi utilizado um protetor FPS 30 como controle. Assim, a niacinamida foi avaliada sozinha em concentração 3% e em conjunto com 0,5 % de vitamina E na mesma concentração.

Após avaliação dos resultados, foi constatado uma alta e significativa proteção antioxidante da niacinamida e da vitamina E, em comparação com o protetor solar que já exercia relevantes efeitos contra a luz azul.

5 Motivos para Usar Vitamina C na Pele

Benefícios da Vitamina C para a Pele

5 Motivos para Usar Vitamina C na Pele

A vitamina C, ou ácido ascórbico, é um dos ingredientes mais utilizados nos tratamentos dermocosméticos para redução de rugas, rejuvenescimento da pele, tratamento do melasma, dentre outros, sendo amplamente difundida e utilizada nestes produtos com esta finalidade: clareadores de pele, antirrugas, antissinais e anti-idades em geral.

Além de possuir diversos mecanismos de ação a Vitamina C também possui múltiplas ações contribuindo para a homeostase e regeneração dos tecidos do nosso corpo, em particular dos tecidos ricos em colágenos, como a pele e as cartilagens desempenhando um papel essencial para formação e estabilização adequadas das proteínas de colágeno da pele, que são as proteínas mais abundantes no corpo humano tendo um forte impacto na composição, estrutura e características biomecânicas da matriz extracelular da pele.

A seguir estão 5 motivos para inserir a Vitamina C na rotina de cuidados com a pele para mantê-la jovem e saudável e também para prevenir e remediar danos associados ao envelhecimento cutâneo.

VITAMINA C PURA PROTEGE A PELE DOS DANOS DAS RADIAÇÕES UVA E UVB

Segundo um estudo publicado pelo British Journal of Dermatology, a vitamina C, ou ácido ascórbico, protege a pele contra os danos da radiação UVB e UVA e contra o eritrema induzido pelos raios solares, comprovando e embasando o aconselhamento profissional para o uso da vitamina C de dia também, além das tradicionais aplicações noturnas recomendadas durante os tratamentos da pele envelhecida e tratamento das manchas escurecidas.

O estudo foi realizado a partir da aplicação de uma solução de 10% de ácido ascórbico, vitamina C pura, na pele da região dorsal antes da exposição a uma fonte mimética de radiação UV.

Para a detecção da proteção contra a radiação UVB, a exposição foi feita por 30 minutos após aplicação diária da solução de vitamina C pura por 1 semana.

Para a detecção da ação antieritema, antivermelhidão, a exposição ao UVB foi feita após aplicação diária por uma semana e uma aplicação 30 minutos antes da solução de vitamina C.

Já para a detecção da proteção UVA a exposição foi feita após três dias de aplicação diária da solução de vitamina C pura, uma aplicação uma hora antes da exposição e outra aplicação 30 minutos após a exposição.

ESTUDO COMPROVA QUE A VITAMINA C PROTEGE A PELE DOS DANOS SOLARES

Os cientistas observaram que na região tratada com vitamina C pura, após a irradiação, houve uma diminuição de 38% de sunburn cells – células marcadoras do dano UV – (células basais disceratolíticas – células com nível de queratinização anormal presentes em peles com danos resultantes da exposição ao UVB), diminuição no marcador de eritrema (fluxo sanguíneo cutâneo) em 51,89% e diminuição 57,72% das sunburn cells após irradiação UVA.

Sendo assim os cientistas concluíram que a vitamina C pura, ou ácido ascórbico, a 10% protege a pele contra os danos causados pela radiação UVB e UVA incluindo danos celulares e eritrema.

Isso nos dá total embasamento para recomendar o uso da vitamina C dia e de noite, não apenas como tratamento anti-idade, antissinais e tratamento do melasma, mas também por sua ação protetora solar antienvelhecimento e antioxidante para a pele do rosto.

VITAMINA C AUMENTA A PRODUÇÃO DE COLÁGENOS TIPO 1 E TIPO 3 NA PELE

A vitamina C, ou ácido ascórbico, já é amplamente utilizada em dermatologia para tratamento da pele envelhecida e foto envelhecida, tratamento do melasma, por suas propriedades clareadoras da pele e também de rugas devido à sua capacidade de estimular a produção de colágeno da pele facilitando a hidroxilação dos aminoácidos lisina e prolina em suas formas hidroxiladas.

Uma pesquisa publicada no Journal of Dermatological Science revela, no entanto, que o ácido ascórbico aumenta a produção de colágeno tipo 1 e 3 na pele também via modificação da expressão genética de genes relacionados à síntese de colágenos dérmicos, aqueles encontrados na pele humana.

Vitamina C Aumenta a Produção de Colágeno Via Estimulação Genética

O estudo foi realizado in vitro com a aplicação de 100 microgramas de vitamina C pura, ácido ascórbico, em fibroblastos dérmicos humanos por 3 dias para avaliação da máxima indução de produção de diferentes tipos de colágenos da pele, em especial os colágenos tipo 1 e tipo 3, principais tipos de colágeno encontrados na pele humana.

Ao final do período de estudo os cientistas constataram que a adição de 100 microgramas de ácido ascórbico, vitamina c pura, aumentou significativamente a atividade transcricional dos genes Pro alfa 1 e Pro alfa 3 responsáveis pela síntese dos colágenos tipo 1 e 3, respectivamente.

Vitamina C para a Pele Aumenta a Produção e o Teor de Colágeno Dérmico

Sendo assim, os cientistas concluíram que ácido ascórbico aumenta a produção de colágenos do tipo 1 e 3 em fibroblastos humanos após mínima exposição. Isso justifica a utilização da vitamina C para a pele do rosto e comprova sua eficácia nos tratamentos antissinais e tratamentos antirrugas além dos já conhecidos efeitos da vitamina C no tratamento do melasma, ação antioxidante, antipoluição e protetor solar, dentre outros.

Vitamina C Protege a Pele dos Malefícios da Luz Azul e Luz Visível

O estudo foi realizado com 31 voluntários, homens e mulheres, com idades entre 18 e 50 anos que receberam irradiação solar artificial simulando as radiações UVB, UVA e luz visível (maior que 460 nm), sendo que a luz azul é parte da luz visível, durante os dias 8 a 11, após a aplicação de um produto com vitamina C (em concentrações de 10%, 7%, 5% e 3%) e um placebo durante 7 semanas, 5 dias por semana, para avaliar a eficácia da vitamina C como protetora dos danos causados pelas respectivas radiações.

Segundo os resultados obtidos na região tratada com 10% de vitamina C, após a irradiação, 85% dos voluntários apresentou uma redução significativa na relação entre a coloração da pele antes e depois da exposição às radiações, apresentando menores diminuições quanto menores as concentrações de vitamina C (dose-dependente).

Protetores Solares com Vitamina C Previnem Manchas no Rosto

Sendo assim, tomando-se por base os resultados obtidos no estudo acima podemos concluir que a Vitamina C a 10% pode realmente ajudar a prevenir e tratar a pigmentaçãomanchas escuras na pele – induzida pelas radiações UVA, UVB e Luz Azul e Luz Visível quando aplicada antes da exposição ao sol fazendo com que os protetores solares com vitamina C sejam os produtos de escolha para as peles com melasma e prevenção de manchas escuras no rosto.

A Vitamina C pode beneficiar as peles oleosas e com Acne

Uma grande novidade no uso da Vitamina C e sua aplicação em produtos cosméticos está na sua aplicação em peles oleosas, não apenas pelo sensorial do produto acabado, mas pelo seu potencial em reduzir a secreção sebácea e consequentemente reduzir a oleosidade cutânea.

Um recente estudo publicado no Drug Research revelou que a Vitamina C além de ser um excelente antioxidante capaz de trazer inúmeros benefícios para a pele pode também beneficiar os indivíduos com peles mais oleosas.

No estudo um grupo de vinte voluntários foi instruído a aplicar durante um período de noventa dias e em cada lado da face um produto contendo diferentes tipos de Vitamina C para pele – hidrofílica ou lipofílica. Ao final do período de tratamento e utilizando-se uma técnica não invasiva de sebumetria foram medidas as secreções sebáceas de ambos os lados da face.

A Vitamina C reduz a oleosidade, o sebo da pele e a acne

Segundo cientistas além de boa atividade antioxidante os produtos com Vitamina C foram capazes de reduzir a produção de sebo e reduzir a oleosidade da pele quando comparado a um grupo controle que utilizou formulações placebo. Ainda segundo os cientistas a Vitamina C pode, portanto, ser utilizada como suplementação tópica para peles oleosas e com hipersecreção sebácea reduzindo a oleosidade cutânea, o número de lesões acneicas e melhorando a aparência da pele.

Vitamina C: Poderoso anti-idade com ação nas células-tronco da pele

Pesquisas mostram que a vitamina C atua em muitos outros benefícios para a pele. Os fatores de transcrição e as moléculas de sinalização são reguladores bem conhecidos da identidade e do comportamento das células-tronco, mas o que ainda não se sabia era que a vitamina C contribui para esta complexa rede de estímulos das células-tronco da pele.

Estudo comprova que vitamina C ativa células-tronco da pele

Pesquisadores do Instituto de Genética e Biofísica ‘A. Buzzati-Traverso’ de Nápoles, Itália, revisaram as principais funções da vitamina C e seus efeitos nas células-tronco. Eles avaliaram a atividade da vitamina C como cofator de enzimas dioxigenases Fe+2/αKG (enzimas catalisam a hidroxilação de diferentes substratos biológicos localizados em compartimentos celulares específicos), que regulam os sinais epigenéticos, o estado redox e a composição da matriz extracelular.

Os pesquisadores demonstraram que, atuando como cofator de enzimas colágeno prolilhidroxilases no retículo endoplasmático, a vitamina C regula a composição da matriz extracelular e a homeostase de colágeno da pele e de outros tecidos, e desempenha um papel fundamental na diferenciação de células-tronco mesenquimais para células funcionais de tecidos ricos em colágeno.

Além disso, no núcleo, a vitamina C aumenta a atividade das enzimas DNA e histonadesmetilase, melhorando a reprogramação de células somáticas e conduzindo células-tronco embrionárias para um estado pluripotente. Portanto, a vitamina C se mostrou capaz de modificar simultaneamente o perfil de expressão de genes/epigenética quanto a matriz extracelular (microambiente) das células-tronco da pele.

Vitamina C estimula síntese de colágeno da pele estabilizando mRNA

A vitamina C promove a transcrição de genes de colágeno e aumenta a estabilidade do mRNA (RNA mensageiro) de colágeno em muitas linhas celulares diferentes, incluindo os fibroblastos a pele. Pesquisas mostram que a vitamina C pode contribuir para manter uma pele saudável alterando o perfil de expressão demais de 250 genes em fibroblastos da pele.

Matéria Publicada em 29/06/2020
Por Dr. Maurizio Pupo

Sugestões de produtos Ada Tina com Vitamina C para o Rosto:

Vitamina C Clareadora C 20 Serum – 30ml

Vitamina C Clareadora C 20 Serum – 15ml e 30 ml: C 20 Serum é um sérum clareador concentrado com Vitamina C estabilizada 20% e ácido hialurônico de baixíssimo peso molecular com máxima eficácia anti-manchas, anti-idade e antirrugas com efeito clareador e rejuvenescedor que deixa a pele mais clara, iluminada, com menos rugas e até 10 anos mais jovem.

Vitamina C Para o Rosto com Ácido Hialurônico Pure C 20 Hyal – 30 ml

Vitamina C Para o Rosto com Ácido Hialurônico Pure C 20 Hyal – 30 ml: Pure C 20 Hyal é uma mousse de Vitamina C Pura para o rosto e Ácido Hialurônico preenchedor com vitamina C antioxidante a 20% e alta eficácia clareadora, rejuvenescedora e anti-idade que promove o clareamento da pele além de reduzir rugas, inclusive as rugas mais profundas, marcas de expressão e sinais do envelhecimento deixando a pele mais clara, jovem e uniforme com uma textura extrasseca e muito aveludada indicada para todos os tipos de pele, até as peles oleosas.

Protetor Solar Clareador Biosole Oxy FPS 50 Vitamina C e Niacinamida – 40ml

Protetor Solar Clareador Biosole Oxy FPS 50 Vitamina C e Niacinamida – 40ml: Protetor Solar Clareador e Anti-Manchas com Vitamina C e Niacinamida capaz de combater 15 tipos de manchas com textura leve, 12 Horas de Proteção Solar e 24 Horas de Proteção Anti-Melasma.

Protetor Solar com Vitamina C e Niacinamida Clareador Pure C FPS 50 – 50ml

Protetor Solar com Vitamina C e Niacinamida Clareador Pure C FPS 50 – 50ml: Pure C FPS 50 é um protetor solar com Vitamina C para o rosto e Niacinamida que clareia as manchas na pele, trata o melasma e ainda possui eficácia anti-idade, antissinais e rejuvenescedora. Pure C FPS 50 contém também Difendiox Antioxidante e Anti Melasma e Vitamina E que reduzem os sinais do envelhecimento da pele como as manchas escuras, rugas e flacidez deixando a pele mais clara, iluminada e uniforme com 12 Horas de Alta Proteção Solar.