Radiação solar

QUAIS OS PERIGOS DA RADIAÇÃO INFRAVERMELHA PARA A PELE?

Com certeza você já ouviu falar da radiação infravermelha não é mesmo? Essa radiação está presente em nossas vidas mais do que você pensa e estamos sendo expostos a ela diariamente. Mas afinal, de onde a radiação infravermelha surge e quais são os perigos que essa ela pode causar em nossa pele?

Quais os perigos da radiação infravermelha para a pele?

O que é radiação infravermelha?

É um tipo de radiação eletromagnética que faz parte do espectro da radiação solar, como os raios UVA , UVB e luz visível, e que possui uma frequência maior que a da luz vermelha, não sendo encontrado dentro do espectro eletromagnético visível. Por conta disso, a radiação infravermelha não pode ser observada pelo olho humano. 

Porém, por mais que não consigamos vê-la, podemos percebê-la através de suas propriedades de aquecimento. Essa radiação se origina na vibração das moléculas, gerando oscilações nas cargas elétricas dos átomos, que provocam a projeção da radiação e podem ser percebidas através do calor.

Quais os malefícios que a radiação infravermelha causa na pele?

Segundos estudos científicos, a radiação infravermelha por si só possui um baixo poder de causar dano e malefícios em nossa pele. Isso significa que a radiação infravermelha, quando isolada, não provocaria males à nossa pele. Porém, quando nos expomos ao sol, ela potencializa e agrava os malefícios da radiação UVA e UVB, sendo a infravermelha tipo A (IVA), a mais perigosa de todas. 

Os raios infravermelhos são de natureza inflamatória, ou seja, quando nos expomos ao sol, as radiações penetram profundamente em nossa pele, gerando grandes quantidades de radicais livres, que levam a um processo inflamatório. Se esse processo for visível a olho nu, é considerado uma inflamação clinicamente visível, porém, na maioria das vezes, essa inflamação não pode ser vista apesar de existir, a chamada inflamação subclínica.

O que a inflamação subclínica pode causar em nossa pele? Devido a abundante quantidade de radiação solar presente no Brasil, todos nós estamos sujeitos aos malefícios da radiação solar, a menos que estejamos usando bons protetores solares, que duram 12 horas de proteção e não perdem a eficácia ao longo do dia. O sol produz essa inflamação subclínica agravada pela radiação infravermelha e leva a um processo de degradação e destruição das proteínas e substâncias que preenchem a pele, como o colágeno, a elastina e o ácido hialurônico. Quando estamos com nossa pele mesmo que minimamente inflamada, essas substâncias entram em degradação, acelerando o aparecimento de rugas, linhas de expressão, flacidez, perda de firmeza e envelhecimento precoce da pele.

Como tratar os danos da radiação infravermelha?

Os antioxidantes são ótimos no combate aos males da radiação infravermelha. Eles podem ser encontrados de maneira natural, porém, existem diversos produtos dermocosméticos a base de antioxidantes que podem ser aplicados diretamente em nossa pele e adotados em uma rotina skincare. Esses antioxidantes protegem contra os radicais livres, a inflamação subclínica e envelhecimento precoce da pele.

Os antioxidantes tópicos mais poderosos são a vitamina C, o Resveratrol, os Peptídeos Colagênicos, a Niacinamida e o DIFENDIOX®, um blend de 14 polifenóis altamente oxidantes extraídos das olivas da região da Toscana, na Itália. São antioxidantes que devemos aplicar diretamente em nossa pele todos os dias e podem ser encontrados em séruns e protetores solares, que quando aplicados em nossa pele, formam uma defesa direta contra os danos causados pela radiação infravermelha.

Melhores produtos para o tratamento dos danos causados pela radiação infravermelha

A Ada Tina dispõe dos melhores produtos dermocosméticos do mercado, possuindo protetores solares, séruns e hidratantes, que protegem nossa pele das radiações emitidas pelo sol e radicais livres, garantindo uma pele mais jovem, saudável e bonita.

Biosole Oxy FPS 50

O Biosole Oxy FPS 50 é um protetor solar clareador e antioxidante com vitamina C, Niacinamida e DIFENDIOX®, que combate 15 tipos de manchas e possui textura leve, toque seco, 12 horas de proteção solar, que anulam a necessidade de reaplicação constante e 24 horas de proteção anti-melasma, além de ter testes que comprovam sua eficácia no combate aos danos da radiação infravermelha, protegendo a pele da principal causa das manchas e seus fatores agravantes.

Collagen Peptide

O Collagen Peptide é um sérum rejuvenescedor antirrugas com 7 fatores anti-idade concentrados, capazes de reparar profundamente a pele reduzindo rugas, linhas de expressão e marcas da idade, deixando a pele mais clara, firme, homogênea e rejuvenescida. Esse sérum é fundamental para repor o colágeno destruído pela radiação infravermelha.

HYALO 90

E para a hidratação da pele danificada pela radiação infravermelha, temos o HYALO 90, um sérum de ácido hialurônico ultra preenchedor, rico em micropartículas de ácido hialurônico puríssimo, que penetram mais de 90% na pele, associado a Earth Water remineralizante superior a água termal e aos minerais azuis da pedra preciosa malaquita, com 21 minerais antioxidantes para a pele.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.