• Blog
  • Protetor Solar no Inverno

Protetor Solar no Inverno

Protetor solar no Inverno, por que usar?

O fim do verão não é motivo para deixar de proteger sua pele. Ainda que seja um pouco mais amena, a radiação solar continua firme e forte no inverno. Até mesmo a luz que passa pela janela de seu escritório contribui para o surgimento de manchas escuras no rosto.

Na estação mais fria do ano, a intensidade do sol muda, mas os raios ultravioleta (UVA) continuam com a mesma incidência e causam os exatos danos que acontecem em qualquer outra época do ano. Portanto, é fundamental aplicar protetor solar com a mesma disciplina, de preferência um que tenha em sua composição a famosa vitamina C.

Assim, além de combater rugas, manchas e flacidez devido à ação antioxidante da substância, você ainda evita o envelhecimento precoce da pele. Quer mais motivos para nunca interromper o uso desse produto tão importante? Então continue a leitura!

Faz diferença passar protetor solar no inverno?

Sim, e muita! A incidência de raios UVA e UVB no inverno e em dias nublados ou chuvosos não se altera: permanece praticamente do mesmo jeito que em um dia de muito sol. E, se você tem planos de viajar para fora do Brasil, não ache que você pode escapar do cuidado. Na neve, a potência de raios UVA também é grande.

“Em muitas regiões do país, como Centro-Oeste, Norte e Nordeste, é quente durante todo o ano e não há distinção de estações”, comenta o especialista em cosmetologia Dr. Maurizio Pupo. “Nosso país é tropical, e por isso não se pode imaginar nem por um segundo descontinuar o uso do protetor solar“.

O especialista ainda explica sobre a diferença entre os dois tipos de radiação: “A radiação UVB é aquela que provoca queimaduras na pele e deixa sinais de vermelhidão, mas ela realmente diminui um pouco neste período. Porém, a radiação UVA, responsável por envelhecer a pele e causar danos no DNA de nossas células jamais diminui no inverno brasileiro, mesmo se o indivíduo passar muito tempo dentro de casa”.

O protetor solar com vitamina C deve, então, ser reaplicado aplicado diariamente. Assim, ele atua na prevenção de manchas e evita o ressecamento da pele do rosto, que permanece hidratada e saudável por muito mais tempo. No futuro, você vai agradecer ao perceber que sua pele se mantém bonita com essa simples medida.

Mas não é somente a questão estética que está em jogo. Os raios ultravioleta também causam lesões, queimaduras, marcas permanentes e, em casos de maior gravidade, câncer de pele. Ou seja, usar protetor solar no inverno é uma ação que está diretamente relacionada com a sua saúde de forma geral, e não se pode brincar com isso.

Que tipo de atenção é preciso ter nesse procedimento?

Passar protetor solar diariamente no inverno parece um procedimento simples. Mas ele precisa ser feito com bastante atenção, para respeitar as condições de sua pele. Por exemplo, pessoas com a pele seca ou a pele oleosa precisam escolher um produto com a textura adequada.

Dr. Maurizio Pupo comenta que, como as pessoas saem do verão com a pele bastante danificada, é natural que procurem tratamento dermatológico no outono e no inverno. Isso significa que ela precisa, além da proteção contra o sol, de bastante hidratação – a vitamina C ajudará nessa parte, por ser um poderoso antioxidante que ajuda na prevenção do melasma, na prevenção de flacidez e na prevenção de rugas.

Por isso tudo é extremamente necessário utilizar protetor solar a todo o momento. E não precisa se preocupar. A tecnologia está avançada o suficiente para que a textura dos protetores solares não seja mais aquela brilhante e escorregadia. Agora, eles são muito mais fluidos, leves e atuam realmente como uma nova camada imperceptível sobre a pele.

Então, se você quer contar com um ótimo produto para proteger a pele no inverno, aposte no Biosole Oxy FPS 50, ele previne 15 tipos de manchas e é o primeiro protetor solar antipoluição do Brasil. Composto por vitamina C concentrada e Difendiox, dois potentes antioxidantes, o produto age para impedir o trabalho dos radicais livres e combater o aparecimento de rugas e flacidez. Clique aqui e saiba mais!

Colunistas

Dr. Maurizio Pupo é Farmacêutico Pesquisador e Professor Especialista em Cosmetologia. Nascido em Calci (PI) Italia, é autor de vários livros na área cosmética como: Tratado de Fotoproteção, Luz Azul | Luz Visível e Impactos na Dermatologia, Difendiox® OPP's Antioxidantes Biologicamente Ativos e Estabilizados em Sistema Hydromicelar, entre outros. Além disso, é CEO e responsável pelo desenvolvimento dos produtos da renomada marca de dermocosméticos ADA TINA Italy.