• Blog
  • Protetor solar clareia a pele

Protetor solar clareia a pele

O Protetor solar clareia a pele

O melasma, ou simplesmente manchas escuras da pele, está se tornando um dos problemas mais comuns entre a população brasileira e constantemente presente nos consultórios médico dermatológicos. Múltiplas abordagens para o seu tratamento tem sido estudadas incluindo o uso de protetores solares de amplo espectro que inclui a proteção da pele contra os raios UVA e UVB emitidos pelo sol.

Luz Azul e Luz Visível podem manchar a pele

A Luz Visível e a Luz Azul, que é parte da visível, podem levar a formação de manchas escuras na pele de maneira semelhante à radiação ultravioleta, ou seja, os já conhecidos raios UVA e UVB, principalmente em pacientes com pele mais morena. Recentemente, um estudo publicado no Jornal de Fotodermatologia, Fotoimunologia e Fotomedicina abordou a exposição de pacientes com melasma a luz solar intensa concomitante ao uso de fotoprotetores comuns, fotoprotetores que também protegiam contra a luz visível e o uso de cremes clareadores. O objetivo dos cientistas foi determinar se o uso concomitante de protetores solares que também protegem a pele contra a luz visível pode aumentar a eficácia de cremes clareadores acelerando o processo de tratamento do melasma e clareando a pele mais rapidamente.

O Protetor Solar Anti Luz visível clareia a pele

Neste estudo participaram 61 pacientes portadores de melasma ou manchas escuras da pele. Após dois meses de uso concomitante de um creme clareador associado a um fotoprotetor que também protegia contra a luz visível obteve-se resultados superiores no clareamento da pele a seguir:

– 15% de resultados superiores na escala MASI,

– 28% de resultados superiores nos valores colorimétricos,

– 4% menos deposição de melanina tecidual.

Desta forma, a conclusão dos cientistas foi que o uso associado de cremes clareadores com fotoprotetores que protejam contra a luz visível levou a resultados superiores quando comparado ao uso associado de cremes clareadores com fotoprotetores comuns e que a luz visível possui um papel importante na patogênese do melasma.

Colunistas

Dr. Maurizio Pupo é Farmacêutico Pesquisador e Professor Especialista em Cosmetologia. Nascido em Calci (PI) Italia, é autor de vários livros na área cosmética como: Tratado de Fotoproteção, Luz Azul | Luz Visível e Impactos na Dermatologia, Difendiox® OPP's Antioxidantes Biologicamente Ativos e Estabilizados em Sistema Hydromicelar, entre outros. Além disso, é CEO e responsável pelo desenvolvimento dos produtos da renomada marca de dermocosméticos ADA TINA Italy.