Câncer de Pele

POLIFENÓIS PROTEGEM A PELE CONTRA A RADIAÇÃO SOLAR

Rate this post

A exposição da pele à radiação ultravioleta leva a uma série de efeitos deletérios incluindo fotoenvelhecimento, fotoimunosupressão e dano ao DNA fotoinduzido – formação de dímeros de timina –  que podem levar ao processo de formação de câncer de pele.

Um estudo publicado no Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences, 2015, revelou que flavonoides, uma importante classe de polifenóis, protegem a pele contra o dano induzido pela radiação ultravioleta com mais de um mecanismo de ação.

Polifenóis protegem a pele contra o dano induzido pela radiação

Segundo este estudo a quercetina, um polifenol presente na maçã,que pertence a classe dos flavonoides, foi capaz de reduzir significativamente a expressão de MMP-1 – metaloproteinases de matriz tipo 1 – induzidas pela radiação UVA. Além disso, a secreção de TNF-alfa, uma citocina pró-inflamatória,  foi reduzida após exposição da pele tanto à radiação UVA como UVB.

Outra descoberta interessante é que a quercetina, uma das diversas substâncias benéficas presentes na maçã, foi capaz de reduzir a formação de dímeros de timina quando a pele foi irradiada com raios UVB, não havendo, porém, proteção significativa contra a formação de dímeros de timina frente à radiação UVA.

Polifenóis protegem a pele por ação antioxidante e absorção direta dos raios

O estudo concluiu ainda que polifenóis da classe dos flavonoides, como a quercetina, são capazes de proteger a pele contra os danos induzidos pela radiação solar tanto devido ao seu elevado poder antioxidante como por absorção direta da radiação ultravioleta. Quando levamos em consideração que a proteção efetiva se deu também ao nível da formação de dímeros de timina, fica claro que estas substâncias contribuem não apenas para a prevenção do fotoenvelhecimento, como também para a prevenção do câncer de pele.

Conclusão: Polifenóis são potentes fotoprotetores biológicos

Desta forma podemos dizer que os polifenóis constituem uma nova classe de substâncias naturais capazes de exercer um interessante efeito fotoprotetor tanto por efeito indireto – ação antioxidante – como por ação direta –  absorção direta.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *