Colágeno

PEPTÍDEOS COLAGÊNICOS FAZEM BEM PARA A PELE?

O colágeno é uma proteína mundialmente conhecida presente em diversos alimentos e cosméticos, capaz de garantir firmeza e sustentação para a pele. Mas você já ouviu falar dos peptídeos colagênicos? Continue lendo este post e saiba tudo sobre esse ativo 100% vegano.

O que é o colágeno?

O colágeno é a proteína mais abundante no corpo humano, produzida pelo nosso próprio organismo. Essa proteína é responsável pela firmeza e elasticidade da pele, garantir a saúde para as unhas e cabelos, além de construir as fibras que sustentam os tecidos do corpo, como os ossos, as articulações e os músculos.

Ela pode ser encontrada em alimentos de origem animal, contudo também fazem parte de produtos dermocosméticos, como cremes, mousses para pele e séruns. Graças a sua característica de manter a firmeza da pele, seu uso evita e combate as rugas, linhas de expressão, flacidez e estrias.

O que são peptídeos colagênicos?

Os peptídeos são aminoácidos que se transformam em proteínas passando a gerir a função das mesmas, e consequentemente, aumentando a produção dessas proteínas em nosso organismo. Sendo assim, os peptídeos colagênicos possuem a mesma função do colágeno em si, aumentando a velocidade de produção e a quantidade de fibras de colágeno bem organizadas.

O colágeno usado em cosméticos, assim como em suplementos e alimentos, tem origem animal, indo contra o life concept da Ada Tina, uma marca vegana e cruelty free. Pensando nisso, a utilização dos peptídeos colagênicos supre a necessidade de produtos pró-colágeno rejuvenescedores que combatem rugas e a flacidez, sem qualquer utilização de obra-prima ou testes em animais.

Diferença entre peptídeos colagênicos e peptídeos de colágeno

A grande diferença entre eles é a origem de cada um. Os peptídeos colagênicos usados nos produtos da Ada Tina não possuem origem animal, pois são aminoácidos criados em laboratório capazes de estimular a produção do colágeno pelo nosso organismo, excluindo a necessidade de sofrimento animal para a formulação de dermocosméticos.

Já os peptídeos de colágeno, também conhecidos como colágeno hidrolisado, são obtidos pelo colágeno in natura, ou seja, não vegano e de origem animal. Esse colágeno passa pelo processo de hidrólise (daí o nome hidrolisado) na qual reduz o seu tamanho molecular, padronizando como peptídeos, para então ser melhor absorvido.

Como usar os peptídeos colagênicos na pele? 

O uso desses peptídeos é ideal para quem busca tratar e combater o envelhecimento da pele, como rugas, linhas de expressão e flacidez cutânea. Incluir produtos dermocosméticos pró-colágeno em sua rotina skincare é uma ótima aquisição, pois assim você garantirá uma pele mais jovem, saudável e radiante.

Por conta desses benefícios, a Ada Tina criou o Collagen Peptide, um potente sérum anti-idade e clareador, concentrado em Ultra Peptídeos Pró-Colágeno e Ácido Hialurônico de baixíssimo peso molecular, que juntos aumentam a firmeza e sustentação da pele, combatendo até 10 tipos de rugas, inclusive as rugas mais profundas, promovendo também um alto efeito lifting perceptível. Além disso, o Collagen Peptides clareia manchas escuras na pele, inclusive manchas de melasma grau 1, sendo 100% vegano e livre de colágeno animal.

Aplique de 4 a 5 gotas de Collagen Peptide sobre a pele do rosto pela manhã e a noite, todos os dias. Com isso, sua rotina skincare se tornará ainda mais rica e sua pele mais jovem. Para um tratamento completo, aplique em seguida pela manhã um protetor solar da marca Ada Tina, que protege a pele da radiação solar por 12 horas, evitando também o envelhecimento precoce da pele.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.