• Blog
  • Pele oleosa: Mitos e Verdades

Pele oleosa: Mitos e Verdades

Pele oleosa: Mitos e Verdades

A pele oleosa é, com certeza, cercada de muitos mitos sobre seus cuidados. Para ajudar você a manter sua pele sempre saudável e bonita, conversamos com o farmacêutico e especialista em cosmetologia, Maurizio Pupo, para desvendar alguns dos mitos e verdades sobre a pele oleosa. Confira!

1. Quem tem pele oleosa tem mais tendência a ter cravos e espinhas?

Verdade! As pessoas com pele oleosa têm mais tendência a ter acne e cravos já que a oleosidade causa a obstrução dos poros. Dessa maneira, todo o sebo produzido fica retido dentro dos poros, proporcionando a proliferação de bactérias e causando inflamação. Como consequência, nasce a acne.

2. A alimentação não influencia a pele oleosa?

Mito!O consumo das gorduras de má qualidade, em especial a gordura originada da carne, da manteiga e do leite, exerce uma grande influência sobre a oleosidade da pele. “Quando você ingere muita gordura de má qualidade, ela é eliminada pela pele, através do sebo, aumentando sua oleosidade e também a sua tendência a ter acne”, explica Maurizio Pupo.

3. Alterações hormonais podem influenciar a oleosidade da pele?

Verdade! As alterações hormonais são mais frequentes nas mulheres e têm sim uma grande influência na oleosidade da pele. Um aumento dos níveis de testosterona, causados pelo ovário policístico, ou mesmo um aumento nos níveis do hormônio progesterona, causam um aumento na quantidade de secreção sebácea e, assim, deixam a pele ainda mais oleosa.

4. Apenas pessoas jovens tem pele oleosa?

Mito! As pessoas mais maduras podem sim ter pele oleosa. “O clima quente do Brasil aumenta a oleosidade da pele, assim como a grande quantidade de raios ultravioleta aumentam a secreção sebácea”, esclarece Maurizio Pupo. Segundo o farmacêutico, os fatores externos, somados à má alimentação e problemas hormonais, fazem com que o adulto brasileiro tenha a pele mais oleosa.

5. Usar protetor solar diariamente aumenta a oleosidade da pele?

Mito! Usar protetor solar todos os dias não afeta, necessariamente, a oleosidade da pele. Os produtos, que antigamente tinham textura gordurosa, ganharam versões matificantes, ou seja, ajudam a controlar a oleosidade da pele absorvendo o sebo produzido. Estes produtos atuam diminuindo o tamanho dos poros, enquanto protegem a pele dos raios do sol e reduzem a oleosidade da pele.

6. A pele oleosa não precisa de produtos hidratantes?

Mito! A pele oleosa é, geralmente, mais desidratada, devido ao uso de sabonetes e limpeza mais frequente. Por isso, a hidratação não pode ser deixada de lado! Maurizio Pupo indica investir em produtos hidratantes para a pele oleosa, com consistência gel ou gel-creme, que possuem formulações mais suaves e matificantes – cuidam da oleosidade e mantem a hidratação da pele normalizada

Colunistas

Dr. Maurizio Pupo é Farmacêutico Pesquisador e Professor Especialista em Cosmetologia. Nascido em Calci (PI) Italia, é autor de vários livros na área cosmética como: Tratado de Fotoproteção, Luz Azul | Luz Visível e Impactos na Dermatologia, Difendiox® OPP's Antioxidantes Biologicamente Ativos e Estabilizados em Sistema Hydromicelar, entre outros. Além disso, é CEO e responsável pelo desenvolvimento dos produtos da renomada marca de dermocosméticos ADA TINA Italy.