Niacinamida

NIACINAMIDA REDUZ A PRODUÇÃO DE MELANINA INDUZIDA PELA LUZ UVA

Benefícios da Niacinamida para a Pele

NIACINAMIDA REDUZ A PRODUÇÃO DE MELANINA INDUZIDA PELA LUZ UVA

A niacinamida, ou vitamina B3, tem sido cada vez mais utilizada como agente despigmentante da pele no tratamento do melasma e clareamento de manchas escuras, as chamadas melanodermias. Muitos estudos comprovam o poder antioxidante, antiglicante e protetor do DNA da niacinamida e seus inúmeros benefícios para a pele e para a saúde. Novos estudos tem sido feitos no sentido de se elucidar o mecanismo através do qual a niacinamida é capaz de clarear a pele e também tratar o melasma.

Estudo Comprova que a Niacinamida Protege a Pele da Hiperpigmentação UVA Induzida

Segundo estudo publicado pela Chinese Journal of Industrial Hygiene and Occupation Diseases a niacinamida, ou vitamina B3, protege a pele contra a hiperpigmentação causada por UVA, pois como já se sabe a radiação UVA é capaz de estimular a fortemente a melanogênese.

O estudo foi realizado in vitro aplicando-se niacinamida (10.0 mmol/ml) em melanócitos após a irradiação ao UVA para determinação da concentração de melanina e expressão de mRNA de TYR, TRP-1.

Niacinamida Diminui a Concentração de Melanina e a Expressão da Tirosinase

Após a finalização do estudo foi concluído que a adição de niacinamida em cultura de melanócitos após a irradiação UVA diminuiu a concentração de melanina e a expressão dos mRNAs codificantes de TYR, TRP-1 (Tyrosinase related protein 1). Sendo assim os cientistas concluíram que a niacinamida diminuiu a concentração de melanina nos melanócitos e a expressão de mRNA codificantes de enzimas relacionadas à síntese de melanina como a Tirosinase e a Proteína Relacionada à Tirosina.

Matéria revisada em 20/06/2020

Comentários

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *