ADA TINAClareadoresManchas na PeleMaurizio PupoMelasmaPeleProteção SolarProtetor SolarRecuperar a PeleRostouv

Melasma – Tire suas dúvidas!

Rate this post

Muitas são as dúvidas sobre o melasma, muitas pessoas não sabem quais são suas causas, se as manchas ocasionadas por ele amenizam ou desaparecem, quais produtos usar, se existe mais de um tipo de melasma. 

Aqui vamos esclarecer todas essas questões e indicar produtos Ada Tina que vão entregar ótimos resultados no seu processo de tratamento contra o melasma e na sua prevenção. Confira!

O que é melasma e o que pode causá-lo?

Como já vimos por aqui, e é bom relembrar, o melasma é uma condição comum que afeta principalmente mulheres. O melasma é a superprodução de melanina que ocorre devido a hipertrofia das células responsáveis por sua produção, o Dr. Maurizio Pupo acha importante frisar sempre que:

O melasma é majoritariamente causado pelas radiações UVA e UVB do sol.”

E por isso devemos sempre fazer uso de um bom protetor solar de qualidade e adequado.

Entretanto, apesar de o melasma ocorrer por conta da exposição às radiações ultravioletas, alguns outros fatores associados a essa exposição podem agravar a superprodução de melanina causando o melasma e suas manchas escuras que aparecem na pele.

Alguns desses fatores são:

  1. Uso de pílulas anticoncepcionais/condições hormonais/gravidez
  2. Predisposição genética
  3. Alimentação pobre em antioxidantes
  4. Doenças diagnosticadas da tireoide e do fígado

No caso específico das doenças da tireóide, elas contribuem com com o aparecimento do melasma por conta do desequilíbrio hormonal, já as doenças do fígado podem afetar a produção dos hormônios, o que influencia na formação das manchas do melasma.

Com essas informações então podemos compreender que o cuidado com nosso corpo e nossa saúde é tão importante quanto o uso de protetor solar para prevenção e ajuda no tratamento contra o esse problema.

O melasma pode desaparecer?

O melasma é uma condição crônica da pele causada pela exposição solar sem proteção e pode ser prevenido e controlado.

O tratamento irá controlar essa condição, controlar a hiperpigmentação da pele fazendo assim com que as manchas escuras causadas pelo melasma desapareçam e se mantenham ocultas desde que o tratamento seja seguido e a pele protegida.

Mantendo a prevenção anti melasma com o uso de proteção solar adequada associada ao uso constante de produtos anti melasma na rotina de skincare essas manchas não tornarão a aparecer e o melasma permanecerá controlado.

Classificação: os graus do melasma

Existem diferentes tipos de melasma, e esses são classificados por graus.

Através desta classificação é que se indica o tratamento adequado para cada caso. 

Quanto antes o grau do melasma for diagnosticado e os cuidados forem iniciados, os resultados alcançados pelo tratamento serão mais assertivos, rápidos e eficazes. 

Segundo o Dr. Maurizio Pupo, o melasma pode ser classificado através dos seguintes graus:

  • Melasma Grau 1 – considerado um melasma superficial e recente, ou seja, visível há menos de 1 ano, apresentando manchas pequenas, tonalidade média clara e que principalmente responde bem ao tratamento.
  • Melasma Grau 2 – caracterizado como um melasma profundo e antigo, o que quer dizer que é visível há mais de 1 ano, apresentando manchas grandes, tonalidade média escura e que consegue responder ao tratamento.
  • Melasma Grau 3 – tem como característica ser um melasma profundo e muito antigo, o que significa que ele é visível há mais de 5 anos, percebido por manchas de diversos tamanhos e muito escuras, e que fica fácil de ser identificado pois é resistente ao tratamento, ou seja, já tentou ser tratado mas não clareou ou retornou quando o tratamento foi finalizado.
  • Melasma Grau 4 – é o pior e mais grave grau de melasma, sendo caracterizado como um melasma muito antigo e muito profundo, existente há mais de 10 anos, que apresenta manchas muito escuras e muito profundas, além de ser altamente resistente ao tratamento.

Com o diagnóstico do grau especificado é possível dar início ao tratamento adequado.

Entenda mais sobre o assunto na sequência!

Qual o tratamento adequado para melasma?

O tratamento será indicado de acordo com o grau, com a pigmentação da mancha, com o quanto ela está intensa ou não, mas, falando de um modo geral, proteger-se dos raios solares e da luz visível é o primeiro passo para evitar o surgimento ou o aumento das manchas do melasma.

Falando em produtos, os clareadores são indicados para o tratamento. A Ada Tina possui diversas opções para a prevenção e tratamento contra todos os graus do melasma.

O protetor solar ideal para melasma é o com cor?

protetor solar com cor

Já falamos especificamente sobre esse assunto por aqui, mas é sempre muito importante enfatizar a necessidade do uso da proteção solar para peles com melasma ou para a prevenção do mesmo.

O protetor solar é o principal aliado contra as manchas do melasma, usá – lo é uma orientação que vem inclusive de médicos dermatologistas que recomendam o uso de fator de proteção com FPS 50 ou mais e, de preferência com cor, uma vez que, o pigmento oferece barreira física além da proteção.

O pigmento existente no protetor solar com cor irá criar uma barreira física contra a luz visível, ou seja, sua pele estará mais protegida com uma camada a mais além da proteção FPS. A indicação fica no Biosole BB Ada Tina, um protetor solar com cor que possui toque seco, alta cobertura, protege e disfarça as imperfeições da pele, além de combater manchas escuras e melasma, protegendo 155% mais contra a Luz Azul e Visível com 12 horas de proteção solar e 12 horas de fotoestabilidade.

Além de proteção, o protetor solar com cor traz o benefício da camuflagem da mancha de maneira suave. 

O  uso de maquiagem também é liberado por cima do protetor, tudo vai depender do resultado esperado, se a maquiagem tiver fator de proteção, esse se somará ainda mais e a pele estará mais vezes protegida da radiação solar.

Todos os tipos de pele precisam de cuidados, até mesmo as que aparentemente não apresentem nenhuma mancha visível, a prevenção é o grande segredo de uma pele bonita, rejuvenescida, livre de manchas e saudável.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *