Melasma

MELASMA TEM CURA?

O melasma é uma mancha muito comum na pele da população brasileira, aparecendo principalmente em mulheres. Essa mancha escura na pele do rosto pode ser um grande desconforto, afetando diretamente nossa estética e autoestima. Mas você sabia que o melasma tem cura? Hoje você entendera os diferentes tipos de melasma e quais são os melhores tratamentos para cada um deles!

Melasma tem cura?

O que é melasma?

É um distúrbio da pele causado pela superprodução de melanina (pigmento que confere cor à pele), caracterizada por manchas escuras na pele nas áreas mais expostas à luz solar ou à atividade hormonal, como o rosto. Essa condição é o resultado de muitos anos de superexposição à luz solar, mas também está ligada à atividade hormonal.

“O Brasil é um país tropical. Ele recebe uma quantidade de sol muitas vezes maior do que os países de clima temperado, é o chamado índice ultra violeta. Quem vive no Brasil é diariamente exposto a essa grande quantidade de radiação, causando danos acumulativos na pele. Esses problemas cutâneos são causados, ou pela falta de uso do protetor solar, ou porque usam produtos de má qualidade”, disse o Dr. Maurizio Pupo, farmacêutico e especialista em cosmetologia.

Quais os tipos de melasma?

É importante entender os diferentes tipos de melasma, classificados por graus. Com essa classificação, podemos determinar os passos mais corretos a serem tomados no tratamento, aumentando as chances de amenizar e clarear as manchas, pois quanto mais cedo for determinada a extensão do melasma e iniciados os cuidados, mais eficaz será o tratamento.

Aqui está a classificação dos graus de melasma pelo farmacêutico especialista em cosmetologia Dr. Maurizio Pupo

Melasma Grau 1 – É o melasma mais recente, com menos de 1 ano, e com manchas ainda claras e menos profundas e que necessita de tratamento rápido para não evoluir para os graus mais graves. Também chamado de melasma epidérmico, pois as manchas estão localizadas nas camadas mais superficiais da pele.

Melasma Grau 2 – Esse grau de melasma possui mais de 1 ano, com manchas bem visíveis e mais escurecidas e que já não responde bem aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma misto, pois as manchas se localizam nas camadas superficial e médias da pele.

Melasma Grau 3 – É o tipo de melasma com mais de 5 anos, antigo, persistente e com manchas profundas e resistentes aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma dérmico, pois as manchas escuras já se localizam na camada mais profunda da pele.

Melasma Grau 4 É o mais grave grau de melasma, com mais de 10 anos, muito antigo, muito persistente e com manchas muito profundas e muito resistentes aos tratamentos comuns. Também chamado de melasma dérmico grave pois as manchas escuras já se encontram nas camadas mais profundas da pele com grandes depósitos de melanina.

Dessa maneira, podemos entender os vários estágios em que o melasma pode surgir e se desenvolver, para que todos possam identificar quais estão presentes na pele e tratá-los de maneira eficaz.

Melasma tem cura?

Sim, o melasma tem cura! Existem dois princípios fundamentais no tratamento do melasma: clarear a mancha já existente e inibir os danos da luz solar na pele. Para isso, existem séruns anti-melasma, poderosos clareadores essenciais contra esse tipo de mancha, devido ao seu efeito inibidor na síntese de melanina. Os séruns da Ada Tina clareiam manchas escuras no rosto, incluindo todos os graus de melasma, além de manchas de acne e manchas de sol.

Outra recomendação é o uso regular de protetores solares com ação clareadora, que além de proteger a pele dos danos causados ​​pela radiação solar e prevenir futuras manchas, eles também ajudam a clarear manchas, incluindo o melasma. Além do efeito clareador vital no combate ao melasma, a combinação de séruns e protetores solares é uma potente solução no tratamento, conferindo também uma poderosa proteção contra a radiação UV.

Uma ótima dica é usar dermocosméticos que contenham vitamina C, pois possuem grande efeito no clareamento de manchas devido à sua capacidade de inibir a síntese de melanina. Ada Tina é a única marca do mercado que contém vitamina C pura sem oxidação, como Pure C 20 Hyal e Pure C 40 Ultra, que possuem textura em mousse e atingem as camadas mais profundas da pele.

+ Confira o antes e depois do tratamento do melasma!

Melhores produtos para o tratamento do melasma

A Ada Tina possui vários produtos para o tratamento do melasma. O uso do sérum combinado com o protetor solar é uma ótima forma de clarear manchas escuras e proteger nossa pele contra a radiação UV, prevenindo futuros melasmas.

Clarivis TX

Clarivis TX é um sérum ultra clareador com tripla ação clareadora, formulado com ácido tranexâmico, niacinamida e alfa-arbutin, indicado para clarear manchas escuras da pele inclusive melasma grau 2 e grau 3, além de manchas de acne e manchas de sol.

Biosole Oxy FPS 50

Para garantir a proteção solar e clarear a pele, o Biosole Oxy FPS 50 combate 15 tipos de manchas e possui textura leve, toque seco, além de conter 12 horas de proteção solar e 24 horas de proteção anti-melasma, desenvolvido especialmente para proteger e tratar peles com melasma, deixando a pele mais clara e rejuvenescida.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.