ADA TINAManchas na PelePele

Manchas vermelhas na pele

Rate this post

Manchas vermelhas na pele.

As manchas vermelhas ou avermelhadas na pele podem ser derivadas de lesões dermatológicas, dermatite atópica, psoríase e até mesmo rosácea.

Vamos entender melhor sobre esse tipo de mancha vermelha na pele no texto a seguir e como tratá-las.

Confira!

O que podem ser manchas vermelhas na pele?

Logo se pensa em doenças crônicas quando falamos em manchas vermelhas ou avermelhadas na pele, como rosácea e psoríase. 

Mas, na verdade, as manchas vermelhas podem ser derivadas de procedimentos dermatológicos superficiais, por exemplo.

Vamos falar mais sobre os principais tipos de manchas vermelhas na pele a seguir, confira!

Principais tipos de manchas vermelhas na pele

Rosácea

A rosácea é uma inflamação crônica que se dá na pele do rosto, atingindo principalmente o centro da face, mas podendo se expandir para as bochechas, nariz, testa e até no queixo. Essa doença tem como característica uma vermelhidão nas áreas afetadas, pequenas bolinhas vermelhas, vasodilatação e lesões semelhantes à acne.

Ela se manifesta inicialmente como uma pré-rosácea, aparentando vermelhidão leve e passageira. Essa etapa pode evoluir progressivamente para a rosácea comum, apresentando ardência e irritação ao contato com a água ou produtos para a pele. É mais comum na pele feminina, porém, quando acometida por homens ela é muito mais grave.

Dermatite atópica

Dermatite atópica (ou eczema atópico) é um processo inflamatório crônico que se caracteriza por lesões avermelhadas na pele. Essas manchas geralmente coçam muito e, às vezes, chegam até a descamação. 

As manchas que surgem através da dermatite atópica geralmente se localizam na face. A dermatite atópica pode estar associada a outras atopias, como bronquite, asma e rinite, por exemplo. 

“Ainda não se conhecem as possíveis causas da dermatite atópica, mas há evidências de que predisposição genética e histórico familiar de atopias influenciam o aparecimento da enfermidade.”

Psoríase

A psoríase se caracteriza pela presença de lesões arredondadas, avermelhadas e descamativas na pele. 

É uma doença inflamatória, crônica, autoimune e não contagiosa em que os sintomas aparecem e reaparecem periodicamente durante a vida.

Não se conhece as causas reais da psoríase, o pouco que se sabe é que ela tem caráter hereditário e pode ter alguma relação com o sistema imunológico. 

Além disso, fatores externos como o estresse, podem causar o surgimento e piora das manchas na pele.

A psoríase não tem cura, mas tem tratamento, que deve ser feito através do acompanhamento de um dermatologista e cada caso deve ser averiguado individualmente. 

O tratamento não pode ser generalizado, pois tudo dependerá do tipo, local afetado, extensão e do organismo de uma forma geral.

Manchas pós procedimentos dermatológicos superficiais

Alguns procedimentos dermatológicos superficiais como peeling, microagulhamento, lasers e depilação podem deixar a pele com manchas avermelhadas, além de irritada e fragilizada com sensação de desconforto.

Exposição solar sem proteção solar

Expor a pele aos raios do sol sem proteção solar pode, além de causar manchas escuras como as manchas do melasma, momentaneamente causar vermelhidão e desconforto.

Como auxiliar o tratamento das manchas vermelhas na pele?

Sérum B12 Ultra Reparador

Sérum B2 Ultra Reparador, o novo lançamento da Ada Tina é o 1º sérum com Vitamina B12 Pura de uso diário.

Ele acima de tudo acalma a pele e reduz a vermelhidão já na 1ª aplicação, indicado para todos os tipos de pele, pois repara, hidrata e protege contra os danos do cotidiano, e além disso melhora a aparência de cicatrizes e imperfeições.

Pensando nas peles sensíveis, Sérum B12 Ultra Reparador pode ser usado também na pele com rosácea e psoríase, além de também em pós procedimentos dermatológicos superficiais.

1º Reparador intensivo ultra B12 – Pele mais calma já na 1ª aplicação

Sérum B12

Novíssimo sérum calmante, hidratante e ultra-reparador que acalma intensamente a pele e os sinais de vermelhidão já na 1ª aplicação. Tudo isso graças à alta concentração de vitamina B12 Puríssima que reforça a barreira cutânea da pele reduzindo os sinais de inflamação, acalmando a pele e hidratando profundamente dia após dia, já que é um sérum de uso diário. 

Indicado para todos os tipos de pele, pois as peles secas, desidratadas, fragilizadas, ressecadas, estressadas pós procedimentos dermatológicos superficiais também podem usá-lo. 

Indicado para peles mais sensíveis, pois possui eficácia reparadora e intensiva contra as agressões sofridas pela pele no cotidiano, por exemplo:

  • ressecamento;
  • radiação solar;
  • poluição;
  • calor intenso;
  • frio;
  • luzes artificiais, etc. 

Além disso, Sérum B12 Ultra Reparador age na redução dos sinais de ardência e marcas pós sol ou queimaduras superficiais na pele, e também na prevenção e no clareamento de manchas causadas pelo sol, manchas avermelhadas e manchas decorrentes de procedimentos dermatológicos como peelings, lasers e outros.

Tecnologia Exclusiva e Inovadora Rosavix

Exclusiva e Inovadora Tecnologia Rosavix é a combinação ideal de ingredientes fortemente calmantes e reparadores.

Esses ingredientes proporcionam à pele nutrição, hidratação e reparação diárias proporcionando profunda sensação de conforto percebido por 93% das mulheres que usaram o produto.

Sérum B12 Ultra Reparador age protegendo a pele de forma eficaz e intensiva contra as agressões sofridas diariamente. 

Mantendo-a desta forma, muito mais protegida do ressecamento, vermelhidão e desconforto durante o dia, ao mesmo tempo que reduz o estresse cutâneo e acelera a regeneração natural da pele.

Além disso, Sérum B12 Ultra Reparador auxilia no tratamento de peles com rosácea, psoríase e dermatite atópica.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *