• Blog
  • O Inverno chegou!

O Inverno chegou!

O Inverno chegou!

Com a queda da temperatura, é impossível não perceber como o inverno – estação de clima seco e ameno – é capaz de castigar e ressecar a pele. O farmacêutico e especialista em cosmetologia, Maurizio Pupo, explica que nesta época do ano há uma diminuição tanto na produção de oleosidade natural da pele quanto na transpiração. Dessa maneira, sua camada de hidratação natural também diminui, deixando a pele ressecada, sensível e ainda mais exposta aos efeitos do clima frio e seco. Pensando nisso, separamos cinco conselhos para você manter a pele saudável o ano todo. Confira!

 

1. Evite banhos quentes e longos. Engana-se quem pensa que o banho quente traz benefícios para a pele durante o inverno – o calor da água, na verdade, contribui para a remoção da oleosidade natural da pele, deixando-a ainda mais ressecada. “Costumo dizer que o maior inimigo da nossa pele é o sol, enquanto o segundo maior inimigo é o banho”, comenta Maurizio. Por isso, atenção à temperatura: a dica é o banho morno e rápido durante o ano todo.

 

2. Cuidado com o sabonete! Com banhos mais demorados, o ideal é não exagerar no uso do sabonete, pois o produto remove ainda mais a camada de hidratação natural da pele. Ainda mais ressecada, a pele ganha rachaduras, inflamações e até mesmo coceiras. Segundo Maurizio Pupo, o ideal é usar pouco sabonete durante os banhos de inverno e reserva-lo principalmente para as partes íntimas, além de optar pelos sabonetes neutros ou naturalmente suaves.

 

3. Hidrate-se. Muito sábias são as mulheres que não deixam de hidratar a pele no pós-banho. “A hidratação é muito inteligente, a gente pode falar que o banho remove a oleosidade suja, enquanto os cremes hidratantes repõem a oleosidade limpa”, explica. Para o cosmetologista, hidratantes com manteiga de karité ou glicosqualano na formulação são ótimas opções. O ideal é não deixar de caprichar na aplicação do produto – que pode ser reaplicado ao longo do dia sempre que sentir a pele seca.

 

4. Não esqueça o filtro solar. Engana-se quem pensa que dias nublados não pedem um bom filtro solar. Os raios UVA – fortes e contínuos o ano todo – são extremamente traiçoeiros, já que além de atravessar as janelas, não percebemos sua incidência enquanto eles penetram profundamente na pele. Estes raios são responsáveis pela destruição do colágeno e da elasticidade, causando envelhecimento da pele. Por isso, não se esqueça do protetor solar porque, mesmo sem sol tão forte, ainda existe exposição principalmente aos raios UVA.

 

5. O terror da caspa. É fato que a caspa, estes pontinhos brancos que incomodam muitas pessoas, tende a aumentar com o clima frio. Com a queda de temperatura, nossa imunidade cai e os micro-organismos que habitam nosso couro cabeludo ganham força e crescem, causando irritação no couro cabeludo e resultando em vermelhidão e descamação – características da caspa. A melhor solução é investir no uso de shampoos especiais para caspa, além da atenção a saúde e a boa alimentação.

 

DICA EXTRA: O inverno também é uma boa estação para procurar o Médico Dermatologista e realizar os procedimentos dermatológicos e estéticos dos seus sonhos, como peelings, lasers, preenchimentos e aplicações, com o objetivo de rejuvenescer a pele e reparar os danos do último verão.

Colunistas

Dr. Maurizio Pupo é Farmacêutico Pesquisador e Professor Especialista em Cosmetologia. Nascido em Calci (PI) Italia, é autor de vários livros na área cosmética como: Tratado de Fotoproteção, Luz Azul | Luz Visível e Impactos na Dermatologia, Difendiox® OPP's Antioxidantes Biologicamente Ativos e Estabilizados em Sistema Hydromicelar, entre outros. Além disso, é CEO e responsável pelo desenvolvimento dos produtos da renomada marca de dermocosméticos ADA TINA Italy.