CeluliteCorpoGordura Localizada

CELULITE: VOCÊ SABE TUDO SOBRE ELA?

celulite é um desconforto cutâneo bastante comum em mulheres adultas, desenvolvido por múltiplos fatores como hereditariedade, problemas circulatórios, alterações hormonais, má alimentação, sedentarismo e outros.

Até 98% das mulheres estão preocupadas com as alterações da pele devido à celulite e essas mudanças diminuem sua autoestima, afinal, cerca 95% das mulheres brasileiras sofrem com celulite. A aparência da pele com celulite muda e torna-se como uma “casca de laranja”, ou seja, com áreas onduladas e irregulares, sendo muito comum nas coxas e nádegas.

O que ocorre na pele com celulite?

Na medicina, os termos para definir a celulite é Hidro Lipodistrofia Ginóide. Analisando esse termo, podemos ter uma ideia das alterações que ocorrem na pele com celulite: acúmulo na hipoderme de água, toxinas, aumento da gordura no tecido adiposo (gorduroso) e inchaço (edema).

A celulite leva ao aspecto “ondulado” ou “casca de laranja” da pele em áreas como nádegas, coxas e até braços. O acúmulo de água e toxinas leva ao envelhecimento da pele e enrijecimento das fibras de colágeno, que repuxam a superfície da pele e, somado ao aumento dos adipócitos, causa o “aspecto casca de laranja”

O acúmulo de gordura também reduz a circulação sanguínea e linfática para a pele, o que contribui ainda mais para o envelhecimento cutâneo, acumulo de toxinas e enrijecimento das fibras de colágeno.

Processo de formação das celulites
Processo de formação das celulites

Celulite não é a mesma coisa que gordura localizada

A celulite pode ocorrer em qualquer área do corpo da mulher que tenha tecido subcutâneo adiposo, mas as áreas mais comuns de se encontrar a celulite são as regiões superior e posterior das coxas e nádegas.

Mas atenção: a gordura subcutânea difere da celulite. Conforme mencionado anteriormente, a celulite é definida por mudanças estruturais na pele e tecido adiposo que formam um aspecto de casca de laranja. A gordura subcutânea localizada é um indicador da massa gordurosa periférica, que pode ser avaliada pela circunferência e medidas da dobra da pele, e pode estar associada à celulite. Um dos parâmetros avaliados na pele com celulite é a presença de adiposidade, mas este não é um fator que causa a celulite. A obesidade e o excesso de gordura localizada não são fatores determinantes para o surgimento da celulite, pois ela pode ocorrer até em mulheres bem magras.

Classificação da celulite

A escala de Nürenberger e Müller é a escala de classificação da celulite mais usada até hoje. De acordo com ela, podemos ter quatro graus (I, II, III e IV) de celulite, sendo:

Grau I: Aspecto casca de laranja visto após compressão local ou contração da musculatura;

Grau II: Aspecto casca de laranja é evidente sem manipulação e surgem os primeiros nódulos;

Grau III: Aspecto casca de laranja é evidente, há nódulos e há também a compressão de terminais nervosos com dor ao toque;

Grau IV: Aspecto casca de laranja é evidente, há nódulos maiores, relevo cutâneo totalmente irregular, além do comprometimento da circulação profunda com equimoses e hematomas na região da celulite). Classificações recentes incluem algumas variáveis, como número de depressões, aspecto das áreas elevadas da celulite, profundidade de depressões,  presença de flacidez e graus da antiga classificação

Tratando a celulite de forma segura e eficaz

A melhor forma de prevenir e tratar a celulite é atuar energicamente nos depósitos de gordura, reduzindo o acúmulo gorduroso e melhorando consequentemente a circulação sanguínea e linfática. Isto só pode ser obtido com produtos específicos com forte ação lipolítica.

Existem diversas opções de tratamentos para celulite disponíveis hoje, uma delas é o uso de dermocosméticos à base de ativos específicos como a cafeína. O estímulo da microcirculação cutânea, a promoção da lipólise promovem uma boa melhora na aparência da pele com celulite.

O Gel Creme Anti-Celulite da ADA TINA é formulado com a tecnologia Claffeise 80mg/g concentrated. Micro partículas de cafeína ultra solúvel, que penetram profundamente na pele, combatendo a celulite resistente e reduzindo medidas por estimular fortemente a lipólise.

Comentários

Tags: