12 Horas de Proteção SolarCâncer de PeleDoença de PeleManchas na PeleMelasmaPeleProteção SolarProtetor SolarProtetor Solar com CoruvVerão

Câncer de pele: O auto exame pode mudar a sua vida!

Câncer de pele o que é?

O autoexame da pele é uma etapa essencial na detecção precoce do câncer. Conhecer os sinais e estar ciente de quaisquer alterações na aparência da pele é fundamental para manter a pele saudável. 

O câncer de pele é um dos tipos mais comuns de câncer no mundo. É um mito pensar que apenas pessoas de pele clara ou que já tem histórico de câncer de pele na família podem ter câncer de pele, a verdade é que com a incidência maior dos raios solares, torna-se necessário ter mais cuidado e observar.

Tipos de câncer de pele

Existem três principais tipos de câncer de pele: carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma. O carcinoma basocelular é o tipo mais comum e geralmente aparece como uma lesão ou ferida que não cicatriza. O carcinoma espinocelular é o segundo tipo mais comum e pode se desenvolver em áreas expostas ao sol, como o rosto e as mãos. O melanoma é o tipo mais perigoso de câncer de pele e pode se espalhar rapidamente para outras partes do corpo.

Causas e fatores de risco para o câncer de pele

A exposição ao sol é a principal causa do câncer de pele. A radiação ultravioleta (UV) do sol danifica o DNA das células da pele, levando ao crescimento anormal e descontrolado das mesmas. Além da exposição ao sol, outros fatores de risco para o câncer de pele incluem o uso de camas de bronzeamento, histórico familiar da doença, pele clara, sardas, queimaduras solares frequentes e sistema imunológico enfraquecido.

A importância do usar Protetor Solar

Certamente, compreendemos a indispensabilidade do filtro solar na rotina diária de cuidados com a pele, visto que sua proteção visa resguardar a primeira camada da pele. Portanto, é crucial optar por um protetor solar que assegure uma aderência duradoura, seja adequado ao seu tipo de pele, com um FPS apropriado e que ofereça uma proteção contínua de 12 horas, como os protetores solares da Ada Tina. Essa escolha não apenas contribui para prevenir manchas e o envelhecimento precoce, mas também otimiza a eficácia do cuidado dermatológico diário, proporcionando uma defesa robusta e duradoura contra os danos causados pelo sol.

A importância do autoexame

A detecção precoce do câncer de pele é crucial para o sucesso do tratamento e a cura da doença. O autoexame da pele permite que você se torne seu próprio defensor na luta contra o câncer. Ao realizar regularmente autoexames da pele, você pode identificar quaisquer alterações suspeitas, como manchas, pintas ou lesões, que possam indicar a presença de câncer de pele.

Como realizar o autoexame para o câncer de pele?

O autoexame da pele pode ser realizado em casa, com um espelho de corpo inteiro e um espelho de mão. Siga estes passos para realizar um autoexame eficaz:

  1. Comece examinando o rosto, incluindo o nariz, lábios, bochechas e orelhas. Use o espelho de mão para verificar áreas difíceis de visualizar.
  2. Em seguida, examine o couro cabeludo, usando um espelho de mão e separando o cabelo em pequenas seções.
  3. Continue verificando o pescoço, peito e parte superior das costas. Use o espelho de corpo inteiro para visualizar essas áreas.
  4. Em seguida, examine os braços, incluindo as palmas das mãos, dedos e unhas.
  5. Verifique a parte inferior das costas, nádegas e pernas, incluindo a planta dos pés.

O dermatologista e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Seção RS (SBD-RS), Fabiano Siviero Pacheco, alerta que existem algumas dicas, chamadas de “ABCDE”, que ajudam a identificar um possível melanoma durante o autoexame em casa.

– A letra “A” é Assimetria. O paciente pode observar se a pinta, ao ser dividida em duas metades, tem estas metades simétricas.

– A letra “B” é para cuidar as Bordas da lesão, pois toda pinta deve ter suas bordas lisas.

– A letra “C” refere-se às Cores da pinta, quanto mais cores diferentes (vermelho, branco, preto, tons de cinza), mais suspeita é a pinta.

– O “D” é o Diâmetro dos sinais, considerados com maior risco quando estão maiores de 0,6cm.

– A última orientação é a letra “E”, de Evolução. Uma pinta que progressivamente tem algum crescimento ou modificação deve ser investigada.

Como é realizado o diagnóstico 

O diagnóstico para o Câncer de pele é feito pelo médico dermatologista , através de dois exames: o “Dermatoscopia” ou a biópsia 

O Primeiro é um aparelho que permite ser vista as camadas de peles não vista a olho nu, já em situações mais específicas a biópsia é necessária para ter um diagnóstico preciso.

Tome controle da saúde da sua pele

O autoexame da pele é uma ferramenta simples e eficaz na detecção precoce do câncer de pele. Ao realizar regularmente autoexames e estar atento aos sinais e sintomas, você pode salvar sua vida ou a de alguém que você ama. Não subestime o poder do autoexame da pele e faça dele um hábito em sua rotina de cuidados com a saúde. Lembre-se de que um simples autoexame pode fazer toda a diferença para sua saúde e bem-estar.

Não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares para que todos possam estar cientes da importância do autoexame da pele na prevenção e detecção precoce do câncer de pele.

fontes das imagens utilizadas: https://elizaminami.com.br/tratamentos-clinica-eliza-minami/cancer-da-pele/

Comentários

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *