ADA TINABarbaHomemQueda de Cabelo

A alopecia areata na barba pode ser revertida?

Rate this post

A alopecia areata na barba pode ser revertida?

De modo geral a queda de cabelo pode se manifestar em qualquer pessoa. Mas, é uma condição mais comum entre os homens, e sim, essa condição de queda pode acontecer na barba.

Ainda existem muitos tabus que cercam esse assunto. Por isso, vamos entender melhor neste texto algumas informações importantes que podem melhorar o bem-estar de quem convive com a alopecia e entender mais sobre o tipo específico areata..

Confira!

O que causa a queda de cabelo em geral?

As causas principais da queda de cabelo são: genética através de herança familiar, hipotireoidismo, transtornos emocionais, alterações de hormônios, anemia e outras condições de saúde que podem acelerar a queda de cabelo.

Além dessas causas, existe um grande gerador para o processo da queda de cabelo, a testosterona que é convertido em DHT – di-hidrotestosterona. Esse hormônio altera os folículos pilosos, que é onde fica a raiz do fio de cabelo, isso faz com que os fios fiquem mais finos, o que pode levar à perda definitiva dos fios.

Mas, essa condição como já citamos acima não é uma condição exclusiva dos homens, a testosterona pode também levar a queda de cabelo feminina, uma vez que as mulheres também produzem esse hormônio em seu organismo.

Alguns fatores externos também podem estar relacionados aos tipos de alopecia, esses são:

  • Oleosidade em excesso no couro cabeludo;
  • Dermatite ou caspa;
  • Uso de cosméticos inadequados ou procedimentos químicos;
  • Falta de vitaminas no organismo;
  • Alimentação desequilibrada com ausência de sais minerais, vitaminas e proteínas prejudicam a estrutura do cabelo;
  • Má qualidade do sono.
  • Essas condições externas contribuem para a queda de cabelo, mas não são determinantes para essa condição. Por isso, é muito importante conseguir diferenciar a alopecia da queda natural dos cabelos.

É natural que se perca cerca de 100 a 150 fios por dia durante o processo de renovação capilar, e isso é absolutamente normal.

Então, quando se notar que o cabelo está caindo mais do que o considerado normal, o ideal é entender as causas procurando um profissional de saúde especialista, como o dermatologista.

Quais os principais tipos de queda de cabelo?

A queda de cabelo pode se manifestar de diversas maneiras e através de diferentes modos, é preciso entender cada um para encontrar os tratamentos mais adequados para cada um.

Os tipos de calvície mais conhecidos são: alopecia androgenética, alopecia areata, alopecia difusa, alopecia total e alopecia cicatricial.

Vamos entender neste texto mais sobre a alopecia areata, como ela se caracteriza e como identificá-la.

Alopecia Areata, o que é?

Alopecia areata é uma doença inflamatória que provoca a queda de cabelo e pelos.

Esse tipo específico de queda está associado a transtornos emocionais e provoca queda capilar em círculos pequenos e médios no couro cabeludo.

A alopecia areata também pode acontecer em outras partes do corpo como braços, pernas e barbas. Esta condição pode levar à queda total do cabelo, porém sua natureza é instável e permite que os fios voltem a crescer.

A alopecia areata não possui nenhum outro sintoma além da perda brusca de cabelos.

Embora essa condição não seja considerada clinicamente grave, pode afetar o estado emocional.

Não há formas de prevenir esse tipo de queda de cabelo, uma vez que suas causas são desconhecidas, mas há alguns tratamentos para que a pessoa que sofre com essa condição se sinta melhor.

Alopecia na barba, entenda!

A alopecia areata é uma doença caracterizada pela perda de cabelos e pelos em formatos arredondados, em áreas espalhadas e bem delimitadas, mas que podem evoluir para uma queda total dos cabelos e pelos, como já vimos anteriormente.

Um dos principais fatores que pode interagir com genes mais suscetíveis à alopecia, é o estresse.

O estresse, ou transtornos emocionais podem gerar uma resposta imunológica que lesa os folículos pilosos, fazendo assim com que os fios caiam bruscamente.

A alopecia areata também pode estar ligada a questões imunológicas onde doenças como a diabetes, lúpus e tireoidites podem também causar esse tipo de queda de cabelo e pelos.

Deve-se tratar a alopecia através de um profissional da saúde (dermatologista), pois ele quem vai identificar a verdadeira causa. Porém, é importante informar que essa condição lesa, mas não destrói os folículos pilosos, mantendo-os apenas inativos, e assim se tornando uma condição reversível.

Tratamentos para alopecia

Apesar da alopecia não possuir cura efetiva, existem formas de tratamento.

Dependendo do diagnóstico, pode ser necessário o uso de medicamentos diretamente na raiz dos fios, em outros casos, pode-se indicar tratamentos clínicos como o microagulhamento por exemplo.

O objetivo de qualquer tratamento contra a calvície será conter o avanço da queda.

O mais importante é consultar um profissional da saúde (dermatologista) em casos de queda não natural antes de tomar qualquer ação.

Alopecia na barba nunca mais – Amplexe Loção Antiqueda para resultados surpreendentes

loção contra alopecia na barba

Loção Antiqueda da linha Amplexe da Ada Tina, é uma potente solução contra a alopecia,  muito eficaz contra as principais causas da queda de cabelo e pelos masculina e também feminina, Amplexe Loção Antiqueda promove o fortalecimento da raiz dos cabelos e o crescimento de novos fios.

loção contra alopecia na barba
Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *